Últimos assuntos
» Os cinco pastores mais rico do Brasil
Ter Ago 21, 2018 11:45 pm por Leite de Oliveira

» 666
Seg Ago 20, 2018 8:48 pm por Leite de Oliveira

» Pena de morte para bandidos
Seg Jun 19, 2017 6:50 am por Isaque palazon

» Os 7 (sete) Espíritos de YHWH
Qua Fev 22, 2017 12:16 am por azzi

» Apresente-se aqui
Qua Nov 23, 2016 2:40 pm por Paulo Henrique Gasparino

» Viver em Israel - Imigração
Dom Nov 20, 2016 1:43 pm por Oziel rodrigues

» Judeus Messiânicos e suas heresias.
Sex Out 21, 2016 6:59 am por EderTe

» A "Fé Evangélica" é genuinamente bíblica?
Ter Out 18, 2016 9:35 pm por Roberto Gavazza

» 2 samuel 24:1 x 1 cronicas 21:1
Ter Out 18, 2016 7:17 pm por Roberto Gavazza

» Bnei Noach
Ter Out 18, 2016 3:27 pm por Roberto Gavazza

Menu
  Add a Favoritos

  Home Page

  Regras do fórum

  Portal

  Fórum

  Registre-se

  Quem somos

  Normas e Dicas

  Estudos biblico

  Mapa de Israel

  História de Israel

  Aula de Hebraico

  Dicionário biblico

  Biblia em Hebraico


Calendário biblico
Estatísticas
Temos 4255 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Gibassan

Os nossos membros postaram um total de 16985 mensagens em 1199 assuntos

O fim da Lei é o Messias

Página 5 de 16 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 16  Seguinte

Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 3:51 pm

para todos!

Mais uma vez a gente escreve, escreve, e aparece aqueles que não fazem o mínimo esforço para tentarem entender o que escrevemos, e ainda citam coisas que nunca dissemos:

Quem disse que a circuncisão foi abolida?
Quem disse que a circuncisão é "legalismo"?

A circuncisão é a evidência da Aliança Eterna que YHWH estabeleceu com Abraão, e que foi ratificada na Torah. É algo exclusivo para do povo judeu.
O uso incorreto da circuncisão, assim como do Shabat, das Festas Bíblicas, etc., é o que corresponde a legalismo, assim como também o uso incorreto da Tevilah (batismo), e de outras coisas no meio cristão.

É só ler Atos 15:1-31, que entendemos o motivo que suscitou o 1°Concílio da Igreja em Jerusalém.
Isto está muito claro nos textos, não sei por que ao invés destes irmãos lerem antes e depois tentarem entender, eles dizem o que nunca afirmamos.

Agora, o problema é que, nem o que a gente escreve eles tentam entender (mesmo com várias explicações), quanto mais o que está escrito na Bíblia!


Última edição por Randfal em Sex Nov 18, 2011 12:57 am, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Qui Nov 17, 2011 6:44 pm

Irmão Randfal,

Você escreveu: "A circuncisão é a evidência da Aliança Eterna que YHWH estabeleceu com Abraão, e que foi ratificada na Torah. É algo exclusivo para do povo judeu."

A circuncisão não era algo exclusivo para o povo judeu. O Estrangeiro também recebia a circuncisão (Gênesis 17:12) e ainda mais, se o hospede estrangeiro quisesse celebrar a páscoa, era obrigado a circuncidar-se (Êxodo 12:48)

É por isso que muitos "lutam" contra os textos de Paulo. Afinal, se Paulo diz "não se circuncide" é porque ele não segue a "Torah de Moisés" ao pé da letra. Mas foi revelado a ele o sentido real da circuncisão:

"Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão a que é do coração, no espírito, não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus." (Romanos 2:28-29)

Veja, o gentio que cumpre a lei é reputado como circunciso, mesmo não sendo na carne...

"Se, pois, a incircuncisão guardar os preceitos da lei, porventura a incircuncisão não será reputada como circuncisão? E a incircuncisão que por natureza o é, se cumpre a lei, não te julgará porventura a ti, que pela letra e circuncisão és transgressor da lei?" (Romanos 2 : 26-27)

Então, como é que o gentio consegue cumprir a Lei?

Quem ama o próximo como a si mesmo cumpre toda a lei:

"Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo." (Gálatas 5 : 14)


Última edição por Sharing em Sex Jan 25, 2013 3:27 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 11:31 pm

para todos!

Irmão Sharing, muito bom falar com você!

Veja bem, eu disse "É algo exclusivo para do povo judeu", e não "Sempre foi algo exclusivo do povo judeu".
Sei que na Antiga Aliança o estrangeiro para servir ao Eterno, teria que ser circuncidado.

Como já dissemos várias vezes, e repetimos de novo, o Concílio de Jerusalém existiu para definir a posição do gentio diante da Congregação, pois um grupo de judeus crentes queria obrigá-los a praticarem a circuncisão para serem salvos (leia em Atos 15).
E também sei que muitos "lutam" contra as palavras de Sha'ul, por não conhecerem ou ignorarem o contexto correto.
Veja o seu comentário, como ele está sem fundamento nenhum:
"É por isso que muitos "lutam" contra os textos de Paulo. Afinal, se Paulo diz "não se circuncide" é porque ele não segue a "Torah de Moisés" ao pé da letra. Mas foi revelado a ele o sentido real da circuncisão."

Você sabe mesmo por que Sha'ul disse "não se cirucncide"?
E para quem ele disse isto?
Preste bem atenção no texto de Sha'ul, para que você entenda bem e não se confunda de novo:
"É alguém chamado, estando circuncidado? Fique circuncidado. É alguém chamado, estando incircuncidado? Não se circuncide."
Quem pertence ao grupo daqueles que estão circuncidados?
Os judeus. E o que significa para os judeus o "estar circuncidado"?
Significa fazer parte da Aliança que o Eterno fez com Abraão, uma Aliança Perpétua (Bereshit 17:9-14).
Então, Sha'ul disse neste contexto: "É alguém chamado sendo judeu e estando na Aliança de YHWH com Abraão pela circuncisão? Permaneça nesta Aliança."

E quem era considerado pelos judeus como sendo "incircuncidado"?
Os gentios. E o que significa para os judeus o "estar incircuncidado"?
Significa estar fora da Aliança que o Eterno fez com Abraão, uma Aliança Perpétua (Bereshit 17:9-14).
Então, Sha'ul disse também neste contexto: "É alguém chamado sendo gentio e estando fora da Aliança de YHWH com Abraão pela circuncisão? Permaneça assim, sem a necessidade da circuncisão."

Como já explicamos inúmeras vezes, a Brit Hadashah (Nova Aliança), é superior e mais excelente do que a Antiga Aliança.
Yeshua veio trazer o Verdadeiro sentido da Torah, tanto para judeus como para gentios.
Sha'ul nunca foi contra a circuncisão, porém ele combateu a imposição dela para quem fosse gentio, e também reprovava a atitude de um gentio que quisesse se circuncidar para se converter a YHWH (Gálatas 5:2,3), e entrar na Aliança que o Eterno fez com Abraão, isto porque o Sangue de Yeshua é poderoso para trazer o gentio para dentro desta Aliança, que não se limita apenas á circuncisão.

A Verdadeira circuncisão para YHWH sempre foi a do coração (Devarim 10:16), pois o que adianta um judeu estar circuncidado e viver no pecado, como muitos insistiram e ainda insistem em viver?
Leia as palavras de Sha'ul: "Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se guardares a Torah; mas se tu és transgressor da Torah, a tua circuncisão tem-se tornado em incircuncisão." (Romanos 2:25).

Mas na Brit Hadashah, este conceito antigo foi plenificado, isto é, anunciado de forma mais excelente, mais espiritual.
Porém infelizmente muitos dos judeus persistiam em viver como se a circuncisão deles na carne fosse algo superior.

Você perguntou: "Então, como é que o gentil (correção = gentio) consegue cumprir a Lei?"
Um gentio não deve ter a obrigação de cumprir a Torah da mesma forma como tem o judeu, mesmo ambos sendo crentes em Yeshua = Concílio de Jerusalém.
Repetindo irmão Sharing:
"Acreditamos que todos os gentios que aceitam o testemunho de Yeshua precisam obedecer as “leis noéticas” que estão registradas no livro de Atos 15:20,21, sem a necessidade de passarem pela circuncisão, segundo o conselho dado pelos líderes da Igreja do primeiro século.
Porém, os gentios crentes precisam respeitar a Torah do Eterno, e ter os preceitos como referencial do que é certo e do que é errado.
Mesmo as leis que não se aplicam diretamente a eles, mas apenas ao povo judeu, devem ser respeitadas pelos gentios, pois foram estabelecidas pelo Eterno e o próprio Messias Yeshua disse que jamais seriam revogadas ou destruídas (Mateus 5:17-19).
Acreditamos também que os gentios podem aplicar às suas vidas mais 4“mitsvot”, além das leis noéticas, sem contudo serem impostas como obrigação, a fim de terem uma vida espiritual mais consistente e substancial. Porém, para que não haja dúvida, algumas “mitsvot” são aplicáveis apenas ao nosso povo, como é o caso da circuncisão."








Última edição por Randfal em Sab Nov 19, 2011 5:35 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Sex Nov 18, 2011 12:11 am

para todos!

Irmão Sharing:

Preste bem atenção neste texto:

"Chegou também a Derbe e Listra. E eis que estava ali certo talmid (discípulo) por nome Timóteo, filho de uma judia que cria, mas de pai arameu (grego); do qual davam bom testemunho os irmãos em Listra e Icônio.
Sha'ul quis que este fosse com ele e, tomando-o, o circuncidou por causa dos judeus que estavam naqueles lugares; porque todos sabiam que seu pai era arameu.
Quando iam passando pelas cidades, entregavam aos irmãos, para serem observadas, as decisões que haviam sido tomadas pelos sh'lichim (apóstolos) e anciãos em Yerushalayim (Jerusalém) = Atos 15.
Assim as kehilot (Igrejas) eram confirmadas na fé, e dia a dia cresciam em número."

Atos 16:1-5.

Você sabe por que Sha'ul, por causa dos judeus, teve que circuncidar a Timóteo?

É evidente que Timóteo tinha "sangue israelita", por causa de sua mãe. Mas, por ser filho de um pai grego, com certeza esta informação já adiantava que ele não era circuncidado.
Os judeus que estavam nos lugares onde Sha'ul queria levá-lo sabiam disto, e também sabiam que Timóteo, por ter "sangue hebreu", deveria ter sido circuncidado.
Sha'ul então decidiu tomá-lo como seu companheiro de viagem, circuncidando-o antes, para garantir sua aceitação pelos judeus convertidos.

Isto mostra que Sha'ul não desprezou, nem ignorou a circuncisão, ele sempre combateu a sua má prática.

Leia outra passagem:
"Que vantagem, pois, tem o judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão?
Muita, em todo sentido; primeiramente, porque lhe foram confiadas as Palavras de Elohim.
Pois quê? Se alguns foram infiéis, por acaso a infidelidade deles anulará a fidelidade de Elohim?
De modo nenhum! Antes seja Elohim Verdadeiro, e todo homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, e venças quando fores julgado."

(Romanos 3:1-4).

É desta forma que Sha'ul crê na circuncisão.
Quem afirma que Sha'ul ensinou contra a circuncisão, se utilizando de textos que ele reprova a sua má utilização, está "lutando contra" e contradizendo as palavras dele, as quais foram inspiradas por YHWH.


Última edição por Randfal em Sex Nov 18, 2011 12:18 am, editado 1 vez(es)
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Sex Nov 18, 2011 12:17 am

2) 1ª Coríntios 7:18: "Foi chamado alguém, estando circuncidado? Permaneça assim. Foi alguém chamado na incircuncisão? Não se circuncide."
Será que o rabino Sha'ul neste texto estava tratando de Lei, legalismo, circuncisão ou incircuncisão?
Vamos para o contexto correto para que haja uma interpretação correta deste texto, para que ele não seja usado de forma equivocada


Mesmo que Paulo esteja falando do casamento
o que esse texto tem a ver com o casamento?
ele falava sim de circuncisão e dispensou o ato
Yeshua dispensou também a lei e chamou de vossa lei
"o que diz a vossa lei?"
porque Yeshua não disse: O que diz a nossa lei?
ouviste o que a lei diz, olho por olho e dente por dente
mas eu vós digo, se alguém bater na tua face, vira também o outro lado
então a lei permanece de olho por olho e dente por dente
ou mudou?
essa lei "olho por olho também é legalismo?"
e o sacrificio de animais cessou? ou também é legalismo?
sei que não gosta de me responder
mas no fundo todos apredem um pouco
não se irrite tá?
responde mais essa
alias voce citou sim o que tá de vermelho
dizendo que a circuncisão foi abolida
mas tudo bem
só mais uma pergunta
os discipulos podiam realmente tirar aquelas espigas no dia do sabado?
eles podia trabalhar naquele dia?
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Sex Nov 18, 2011 12:55 am

para todos!

Quero deixar claro que tenho um imenso prazer em responder muitas das questões que leio neste fórum, e também em outros.

Mas infelizmente há pessoas que, como eu já disse antes: "não sei por que ao invés destes irmãos lerem antes e depois tentarem entender, eles dizem o que nunca afirmamos.
Agora, o problema é que, nem o que a gente escreve eles tentam entender (mesmo com várias explicações), quanto mais o que está escrito na Bíblia!"
.

Creio que este irmãos não se preocupam em aprender, e sim contrariar os outros, usando artifícios e argumentos ilógicos e incoerentes.
Discordar é um direito nosso, mas com coerência.

Existem certos temas que já foram abordados várias vezes, já foram esclarecidos várias vezes, e mesmo assim alguns insistem em trazer o que já foi explicado inúmeras vezes para outro tipo de tópico.
Como se a resposta que déssemos fosse algo invisível, é como se nunca tivéssemos tratado destes temas outras vezes com as mesmas pessoas.

Repito de novo:
"Mais uma vez a gente escreve, escreve, e aparece aqueles que não fazem o mínimo esforço para tentarem entender o que escrevemos, e ainda citam coisas que nunca dissemos"
E acrescento: por não tentarem entender o que escrevemos, estes interpretam intencionalmente o que citamos para afirmarem o que nunca dissemos, e continuarem em suas investidas para insistirem em contrariar os outros.

Faço minhas as palavras do irmão Xan:
"Existem pessoas que simplismente utilizam este espaço como um passa-tempo e utilizam as Escrituras de forma torcida só para "dar conversa" e se esquecem que um dia terão que prestar contas ao Altíssimo pela confusão que fazem".

avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Sex Nov 18, 2011 12:11 pm

Concordo com isso também
Ran... voce tem copiado explicações do site judeu.org
que são ultra radicais e não aceitam o judaismo messianico
para eles só existem o judaismo
e cola como resposta, fazendo alterações necessarias
e isso posso provar
mas quem discorda fica jogando maldição
"praga alguma chegará a tua tenda"
embora não more numa tenda, sei que posso trocar o nome tenda por apartamento
agora sei que não posso trocar o nome Lei por legalismo
nem a palavra de D'us pela Torah
e que fique bem claro
aqui ninguém nunca falou mal da Torah
voce é que tenta passar isso para os outros
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Sab Nov 19, 2011 3:35 am

Shabat para todos!

Irmãos Jefté e Leite:

Gostaria de reconhecer publicamente e principalmente para vocês que, apesar de discordar da maioria de suas posições e atitudes, confesso que os irmãos me ajudaram muito.
O debate com vocês dois reforçou ainda mais a minha convicção da necessidade urgente de Restauração da qual a Igreja precisa, e que também o conhecimento das Escrituras, que por Misericórdia e Graça recebi do Eterno, Bendito Seja Ele, sendo por meio de muitas oportunidades de aprender, meditar e estudar, este foi aprimorado.
Não posso me esquecer também que reforcei minha defesa de fé para que o YHWH de Israel seja glorificado, para que Yeshua cresça e eu diminua ainda mais.

Vocês colaboraram indiretamente para uma melhoria em minha vida devocional e para o aumento de minha disposição em favor da Restauração.
Vocês fizeram com que eu estudasse mais as Escrituras, orasse mais, santificasse mais e intercedesse mais por vocês e muitos outros.

Resumindo, o debate com vocês muito mais me alegrou do que me aborreceu!
Porém, eu ficaria ainda mais feliz se vocês estivessem firmes na Restauração junto conosco.
Espero que este dia chegará, e infinitamente muito mais do que nos debates, cresceremos juntos através de experiências, testemunhos e prática da Verdade.

Desejo que vocês, Jefté e Leite, sejam muito abençoados e prósperos no Messias!




avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Dom Nov 20, 2011 7:07 pm


Desejo o mesmo Ran
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Qua Nov 23, 2011 6:36 pm

Randfal escreveu:

Veja bem, eu disse "É algo exclusivo para do povo judeu", e não "Sempre foi algo exclusivo do povo judeu".
Sei que na Antiga Aliança o estrangeiro para servir ao Eterno, teria que ser circuncidado.

Abraham é Judeu??

Sha'ul nunca foi contra a circuncisão, porém ele combateu a imposição dela para quem fosse gentio, e também reprovava a atitude de um gentio que quisesse se circuncidar para se converter a YHWH (Gálatas 5:2,3), e entrar na Aliança que o Eterno fez com Abraão, isto porque o Sangue de Yeshua é poderoso para trazer o gentio para dentro desta Aliança, que não se limita apenas á circuncisão.

Erradinho. Sha'ul combateu o legalismo, a imposição da circuncisão com efeito salvífico e nunca que gentio não poderia se circuncidar.
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qua Nov 23, 2011 10:44 pm

para todos!

Amado irmão Diego, tudo bom?:

Olha, sei que existe no Judaísmo Messiânico, os que defendem a decisão voluntária de um gentio para ser circuncidado.
Porém, eu tenho como base doutrinária para minha vida, o Ministério Ensinando de Sião, que crê no fato de que a circuncisão para o gentio já é em si "legalismo" (obras da lei = Gálatas 5:1-6), independente se é voluntariamente ou por imposição, pois não há motivo para um gentio ser circuncidado.

Quanto à sua pergunta "Abraham é Judeu??", também sei que Abraham é conhecido como o "Ivrim" (o Hebreu = aquele que passa, que atravessa).
E sabemos que os judeus são descendentes dele, e também sabemos que a circuncisão começou com ele (um sinal do pacto de YHWH com ele), e foi ratificada na Torah para o povo judeu.

E por fim, concordo plenamente com o que você disse: "Sha'ul combateu o legalismo, a imposição da circuncisão com efeito salvífico", só não citei isto no comentário que você destacou porque já havia tratado outras vezes sobre esta questão do legalismo referente à circuncisão.

Obrigado por mencionar esta parte, ela é importantíssima! Como sempre, estou aprendendo muito com você, com o irmão Xan, e com os demais irmãos que participam deste fórum!

Que o Eterno te ilumine, no Messias!
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Qui Nov 24, 2011 2:20 pm

Amado irmão Diego, tudo bom?:

Tudo bem de mais, Graças ao Eterno por isso.

Olha, sei que existe no Judaísmo Messiânico, os que defendem a decisão voluntária de um gentio para ser circuncidado.
Porém, eu tenho como base doutrinária para minha vida, o Ministério Ensinando de Sião, que crê no fato de que a circuncisão para o gentio já é em si "legalismo" (obras da lei = Gálatas 5:1-6), independente se é voluntariamente ou por imposição, pois não há motivo para um gentio ser circuncidado.

Ran, para vc não precisamos dizer muita coisa, peço desculpa por apenas te perguntar (forçando vc a pensar), ajo assim, justamente porque sei que vou conseguir com meia palavra te alcançar.

Veja só não é o Judaísmo Messiânico que defendo, mas sim as Escrituras, sendo assim ach é Ela mesmo que permite que o gentio se circuncide de livre espontânea vontade para então participar das alianças com Adonay.
Gostaria de ressaltar que admiro muito a Har Tizion, sempre que posso ouço suas parashas, no entanto já vi muitos erros grosseiros da parte dos irmãos (mas reconheço a força que é feita para acertar), de fato não sei qual é a real posição do Rav. Marcelo nesse assunto, mas mesmo assim te oriento que sua fonte doutrinária seja sempre o que está escrito e nunca no que foi dito.

Se alguém passa a ensinar que CUMPRIR o que D'us pede é legalismo, então só poderia considerá-lo como um anômico. Agora tbm sabemos que o OBRIGAR é que é o nocivo.

Vamos ao texto que vc se refere:

1 ​Para a liberdade foi que o Messias nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.
2 ​Eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, o Messias de nada vos aproveitará

(Se a base da circuncisão for a OBRIGAÇÃO imposta pelos legalistas do verso 8, o qual ensinavam que salvação somente mediante o corte do prepúcio, ai sim nada se aproveitará).

3 ​De novo, testifico a todo homem que se deixa circuncidar que está obrigado a guardar toda a lei
(Será que isso serviu para Timóteo, ou somente para aqueles que buscavam sua JUSTIFICAÇÃO na lei?? O verso seguinte responde: ).

4 ​De o Messias vos desligastes, vós que procurais justificar-vos na lei; da graça decaístes.

(Observe bem o teor de Paulo, muita atenção. Paulo combateu os legalistas, tanto os que OBRIGAVAM os gentios a se circuncidarem, como os gentios que o faziam buscando salvação nesse ato, sendo assim há um contexto aqui que fala mais alto, ou seja, Paulo x Legalismo e não Paulo x Lei. Aqueles que tentam se justificar guardando a lei, estão em discordância com a própria Lei)

5 ​Porque nós, pelo Espírito, aguardamos a esperança da justiça que provém da fé.

( A justiça vem da fé, e assim quem se circuncida ou oprime outros a isso, oferecendo ou buscando salvação estão fora dos padrões das alianças, uma vez que em Abraham ou no Messias a circuncisão não é por legalismo, mas por obediência graciosa)

6 ​Porque, em o Messias Yeshua, nem a circuncisão, nem a incircuncisão têm valor algum, mas a fé que atua pelo amor.

(Salvação é por fé, fé essa que gera obediência e faz do salvo um resguardador das vontades divinas, sem força ou violência)

7 ​Vós corríeis bem; quem vos impediu de continuardes a obedecer à verdade?
8 ​Esta persuasão não vem daquele que vos chama.

( Olha só! De fato existiam pessoas que não eram de Adonay, oprimindo os gentios, a se circuncidarem e foi isso o que Sha'ul combateu, o LEGALISMO desse ou de qualquer outro mandamento) (Gl 5 com comentário)


Quanto à sua pergunta "Abraham é Judeu??", também sei que Abraham é conhecido como o "Ivrim" (o Hebreu = aquele que passa, que atravessa).
E sabemos que os judeus são descendentes dele, e também sabemos que a circuncisão começou com ele (um sinal do pacto de YHWH com ele), e foi ratificada na Torah para o povo judeu.

Paralelismos e Espiritualizações a parte ok?! Abraham não fazia parte de Israel e muito menos de Judá (que se quer existiam), portanto quando Abraham fez sua aliança, mediante a fé, com Adonay era um gentio e seguiu TODAS as orientações de Adonay para permanecer nessa aliança, e pra se saber, uma delas foi a circuncisão. Pergunto: Será que houve legalismo por parte de Abraham?? Claro que não!! Será que houve salvação por conta da circuncisão? Claro que não! Abraham mediante a fé de obedecer permaneceu na aliança porque seguiu os mandos de Hashem, e se permaneceu é porque a fé foi o bastante.
Abraham foi tirado dentre muitos povos, para ser o patrono de muitos outros que igualmente foram e são retirados dentre as nações, sendo assim temos um exemplo patriarcal a seguir.

Olha só que interessante: Se formos levar ao pé da letra que se circuncidar é legalismo, então porque Paulo circuncidou Timóteo, e porque Timóteo se deixou circuncidar?? Será que ambos caíram da graça??? E ambos eram legalistas? Claro que não!! E Sabe porque não?? Porque na ocasião NINGUÉM foi CONSTRANGIDO a se cortar (Tm 2:3), portanto nobre irmão, a circuncisão nada é, somente no caso se houver algum tipo de busca de justificação por esse meio.

Agora claro, tenho que deixar bem claro (não por vc) que a circuncisão é um preceito que deve, mediante a fé, ser cumprido como qualquer outro mandamento que um dia saiu da boca de D'us, agora claro que o não efetuar não afetará na salvação de ninguém que está em Yeshua.
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qui Nov 24, 2011 11:34 pm

para todos!

Amado irmão Diego!

Muito obrigado pela sua postagem e pela sua atenção!
Entendi tudo o que você quis dizer, OK?!

Antes de te esclarecer alguns pontos, gostaria de manifestar o meu desejo de não debater com você este tema, pois entendo ser o ideal do Movimento de Restauração muito maior do que diferenças doutrinárias:

1º - não defendo nenhum seguimento religioso em si, salvo se este estiver, segundo a minha fé e o meu entendimento, firmado tão somente nas Escrituras, devidamente traduzidas e interpretadas;

2° - a fonte doutrinária que creio quando se trata deste tema (circuncisão do gentio), tem como base as Escrituras, segundo o que aprendi. Creio que a diferença que existe está no modo de interpretá-la;

3° - afirmei que a circuncisão não é "legalismo", mas segundo o que creio, quando ela é manifesta para um gentio na Brit Hadashah, ela torna-se "legalismo", pois se um gentio deseja se circuncidar, é como se ele entendesse que a circuncisão do coração pelo Sangue do Mashiach, não fosse suficiente;

4º - escrevi isto anteriormente:
"Chegou também a Derbe e Listra. E eis que estava ali certo talmid (discípulo) por nome Timóteo, filho de uma judia que cria, mas de pai arameu (grego); do qual davam bom testemunho os irmãos em Listra e Icônio.
Sha'ul quis que este fosse com ele e, tomando-o, o circuncidou por causa dos judeus que estavam naqueles lugares; porque todos sabiam que seu pai era arameu.
Quando iam passando pelas cidades, entregavam aos irmãos, para serem observadas, as decisões que haviam sido tomadas pelos sh'lichim (apóstolos) e anciãos em Yerushalayim (Jerusalém) = Atos 15.
Assim as kehilot (Igrejas) eram confirmadas na fé, e dia a dia cresciam em número."
Atos 16:1-5.

Você sabe por que Sha'ul, por causa dos judeus, teve que circuncidar a Timóteo?

É evidente que Timóteo tinha "sangue israelita", por causa de sua mãe. Mas, por ser filho de um pai grego, com certeza esta informação já adiantava que ele não era circuncidado.
Os judeus que estavam nos lugares onde Sha'ul queria levá-lo sabiam disto, e também sabiam que Timóteo, por ter "sangue hebreu", deveria ter sido circuncidado.
Sha'ul então decidiu tomá-lo como seu companheiro de viagem, circuncidando-o antes, para garantir sua aceitação pelos judeus convertidos."

Eu entendo o texto desta forma;

5º - também sei que Abraham era gentio quando foi circuncidado por causa do pacto com o Eterno (afinal, não existia a nação judaica para que se fizesse diferenciação entre judeu e gentio, claro!). Não houve "legalismo" nesta circuncisão e nem nas demais realizadas em gentios na Antiga Aliança.

Repito, não quero debater este tema com você, mas termino com um esclarecimento que retive para mim:

"Gentio, que não tem nenhuma ascendência judaica, não deve circuncidar-se fisicamente, sob pena de negar a Yeshua, a eficácia de Seu Sangue e tudo que Ele fez por sua salvação. Somente judeus naturais e os que, realmente possuem descendência, devem circuncidar-se, como compromisso pelo pacto abraâmico, mas nunca para fins de salvação.

"Eis que eu, Sha'ul, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, o Messias de nada vos aproveitará." (Gálatas 5:2)

Sha'ul, obviamente, está se referindo à circuncisão física, na remoção do prepúcio da carne. A Torah, ao exigir a circuncisão do patriarca Avrahram e seus descendentes segundo a carne, o fez no objetivo de identificá-los dos demais povos e de destacá-los, pela obediência à Aliança assumida de obedecer a Lei do Eterno.

Bereshit 17:24: "E era Abraão da idade de noventa e nove anos, quando lhe foi circuncidada a carne do seu prepúcio."

Bereshit 17:11: "E circuncidareis a carne do vosso prepúcio; e isto será por sinal do concerto entre mim e vós."

Bereshit 17:14: "E o macho com prepúcio, cuja carne do prepúcio não estiver circuncidada, aquela alma será extirpada dos seus povos; quebrantou o meu concerto."

Shemot 24:7: "E tomou o livro do concerto e o leu aos ouvidos do povo, e eles disseram: Tudo o que ADONAI tem falado faremos e obedeceremos."

HaShem não esperava que os efeitos da circuncisão, da identificação do povo, ficasse apenas em uma marca física, mas que se refletisse na obediência. Prova disto, é o fato de YHWH cobrar a circuncisão do coração:

Devarim 30:6: "E ADONAI, teu YHWH, circuncidará o teu coração e o coração de tua semente, para amares a ADONAI, teu YHWH, com todo o coração e com toda a tua alma, para que vivas."

Devarim 10:16: "Circuncidai, pois, o prepúcio do vosso coração e não mais endureçais a vossa cerviz."

Vaiicrá 26:41: "...eu também andei com eles contrariamente e os fiz entrar na terra dos seus inimigos; se, então, o seu coração incircunciso se humilhar, e tomarem por bem o castigo da sua iniqüidade,"

Yirmeyahu 4:4: "Circuncidai-vos para ADONAI e tirai os prepúcios do vosso coração, ó homens de Judá e habitantes de Jerusalém, para que a minha indignação não venha a sair como fogo e arda de modo que não haja quem a apague, por causa da malícia das vossas obras."

Na Primeira Aliança, os gentios que desejassem servir ao YHWH de Israel, deveriam tornar-se igualmente israelitas e cumpridores da Torah e sua admissão ocorria mediante a circuncisão dos homens. Eles deixavam de ser gentios. Teria isto mudado na Nova Aliança?

Shemot 12:48: "Porém, se algum estrangeiro se hospedar contigo e quiser celebrar a Páscoa ao ADONAI, seja-lhe circuncidado todo macho, e, então, chegará a celebrá-la, e será como o natural da terra; mas nenhum incircunciso comerá dela."

A profecia fala do tempo do chamamento dos gentios:

Yirmeyahu 9:25: "Eis que vêm dias, diz ADONAI, em que visitarei a todo circuncidado com o incircunciso."

Será que o incircunciso, chamado neste tempo continuaria nesta condição? Como poderia ele participar com o povo? Note que Sha'ul fala da participação dos gentios:

Romanos 15:10: "E outra vez diz: Alegrai-vos, gentios, com o seu povo."

Y'chizki'el 44:9: "Assim diz ADONAI: Nenhum estranho, incircunciso de coração ou incircunciso de carne, entrará no meu santuário, dentre os estranhos que se acharem no meio dos filhos de Israel."

Mas, nesta condição, como o gentio pode participar, se ele não deve ser circuncidado na carne? Não seria ele um incircunciso e não estaria desrespeitando a mitzvah da circuncisão? Não era esta uma condição de admissão ao povo, na Primeira Aliança?

Vamos tentar elucidar isto.
Lembremo-nos que a Torah fala da circuncisão do coração, como prova da obediência esperada por HaShem.
Os escritos da Brit Hadashah fazem menção de um homem que, mesmo sendo gentio, foi admitido na Kehilah de Yeshua. O fato talvez não observado é que ele e os seus, eram justos, tementes a YHWH e tinham bom testemunho, de todos os judeus. O que isto significa: Que Cornélio já vinha sendo um cumpridor da Torah, demonstrando assim seu temor:

Atos 10:22: "E eles disseram: Cornélio, o centurião, varão justo e temente a YHWH e que tem bom testemunho de toda a nação dos judeus, foi avisado por um santo anjo para que te chamasse a sua casa e ouvisse as tuas palavras."

YHWH nunca fechou as portas para os gentios que O temessem e reconhecessem a Israel como Seu único povo:

Atos 10:34: "E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço, por verdade, que YHWH não faz acepção de pessoas; mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o teme e faz o que é justo."

João 9:31: "Ora, nós sabemos que YHWH não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a YHWH e faz a sua vontade, a esse ouve."

O gentio Cornélio foi admitido no segmento judaico da Nova Aliança, mediante a Tevilah (batismo) para remissão de pecados.
Sha'ul fala que a Tevilah é um processo de circuncisão do coração, ou seja: Todos passam pela circuncisão no batismo, inclusive o judeu:

Colossenses 2:11: "Nele, também fostes circuncidados, não por intermédio de mãos, mas no despojamento do corpo da carne, que é a circuncisão do Messias, tendo sido sepultados, juntamente com Ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de YHWH, que o ressuscitou dentre os mortos."

Ou seja, quem passou pela Tevilah, dentro do povo e em nome de Yeshua, recebeu a remissão de pecados e foi circuncidado no coração, deixando, doravante, de ser gentio e se tornando um prosélito e parte do povo de Israel:

1 Coríntios 12:2: "Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados."

Efésios 2:11: "Portanto, lembrai-vos de que vós, noutro tempo, éreis gentios na carne e chamados incircuncisão pelos que, na carne, se chamam circuncisão feita pela mão dos homens;"

Sha'ul fala que estes agora já não são mais gentios, incircuncisos e distantes de D-us e do Seu povo, mas parte da mesma família e herdeiros das mesmas promessas:

Efésios 2:12: "...que, naquele tempo, estáveis sem Messias, separados da comunidade de Israel e estranhos aos concertos da promessa, não tendo esperança e sem YHWH no mundo.
Mas, agora, em Yeshua HaMashiach, vós, que antes estáveis longe, já pelo Sangue do Messias chegastes perto.
Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derribando a parede de separação que estava no meio... porque, por ele, ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito.
Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos Santos e da família de YHWH;"


Portanto, os gentios de origem, convertidos, prosélitos, entre nós, são circuncidados! Circuncidados com a circuncisão do Mashiach. O que prova isto, além da Tevilah? Os frutos de obediência à Torah, os frutos do Espírito:

"Se, pois, a incircuncisão guardar os preceitos da lei, porventura, a incircuncisão não será reputada como circuncisão?" (Romanos 2:26, 27)

"Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão, a que é do coração, no espírito, não na letra, cujo louvor não provém dos homens, mas de YHWH." (Romanos 2:28,29).

Nosso Rabino maior, Yeshua, não só faz a conversão dos gentios que creêm, bem como sua circuncisão, pela ação e concessão de Ruach HaKodesh, o Espírito do Santo, que quebranta seus corações tornando-os sensíveis ao cumprimento da Torah. Como Cordeiro, promove o perdão de seus pecados:

Y'chizki'el 36:26: "Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne."

Y'chizki'el 36:27: "Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis."

Yirmeyahu 31:33 e Hebreus 8:10: "Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz ADONAI: Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas inscreverei; eu serei o Seu YHWH, e eles serão o meu povo."

"E, assim, cada um ande como YHWH lhe repartiu, cada um, como o Senhor o chamou. É o que ordeno em todas as igrejas. É alguém chamado, estando circuncidado? Fique circuncidado. É alguém chamado, estando incircuncidado? Não se circuncide. A circuncisão é nada, e a incircuncisão nada é, mas, sim, a observância dos mandamentos de YHWH." (1ª Coríntios. 7:17-19).

"Porque, em Yeshua HaMashiach, nem a circuncisão nem a incircuncisão têm virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura." (Gálatas 6:15)

"Onde não há grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas o Messias é tudo em todos." (Colossenses 3:11).

"Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão, a que é do coração, no espírito, não na letra, cujo louvor não provém dos homens, mas de YHWH." (Romanos 2:28,29).

Sha'ul circuncidou a Timóteo, para evitar conflito com seus irmãos judeus naturais, mas Timóteo tinha origem judaica de sangue (Atos 16:1-5).

Os gentios convertidos devem, portanto, estar tranqüilos, pois além de estarem sim circuncidados, o que lhes assegura o vínculo com o povo, não estão negando a nenhum Mandamento da Torah e não serão discriminados.

Finalizando, reconhecemos a circuncisão, como foi amplamente provado e seu valor para nosso povo judeu, como um elo com nosso pai Avrahram, mas que os gentios estabelecem este mesmo elo por meio do Sangue de Yeshua, sendo circuncidados no coração.

"Qual é, pois, a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão? Muita, sob todos os aspectos. Principalmente porque aos judeus foram confiados os oráculos de YHWH." (Romanos 3:1,2).



Veja bem irmão Diego, não estou com isto afirmando que você esteja errado, ou que estaria defendo uma possível "heresia", até porque eu, pessoalmente, considero este tema muito delicado e complicado por se tratar de um Mandamento de YHWH.
São entendimentos e interpretações diferentes, e nós cremos no que entendemos ser o mais coerente com as Escrituras.

Um abraço, e que o Eterno te abençôe, no Mashiach!




avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Qual o motivo do batismo de Yeshua?

Mensagem por Sharing em Sex Nov 25, 2011 11:16 am

Irmãos,

Qual o motivo do batismo de Yeshua?

Se o Messias não tinha pecado, por que se batizou?

O Messias não poderia ensinar nova doutrina enquanto estivesse “debaixo da Lei”. Afinal, a Lei de Moisés é válida para todos que estão debaixo dela (Rm 3:19) e com Yeshua não foi diferente, pois ele nasceu debaixo da Lei (Gl 4:4).

Para sair debaixo da lei, somente com a morte. O batismo representa a morte. (Rm 6:4)

"Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus." (Gálatas 2 : 19)

Por isso Yeshua se batizou no inicio de seu ministério, para simbolicamente morrer para a Lei, e nascer de novo, recebendo o Espírito de Deus que no mesmo momento desceu sobre ele.

A morte física de Yeshua só aconteceria três anos depois, mas pelo batismo, que representa a morte, o Messias já estava preparado para manifestar o poder de Deus, pelo Espírito Santo, que é o penhor, ou seja, a garantia de já pertencermos ao Reino dos Céus.

"...para que o mortal seja absorvido pela vida. Ora, quem para isto mesmo nos preparou foi Deus, o qual nos deu também o penhor do Espírito.” (II Coríntios 5 :4-5)

Após o batismo, o crente está livre de qualquer maldição (Gálatas 3:13), pois morre para a Lei, morre para o mundo, e está apto para exercer o Reino de Deus em novidade de espírito:

"Mas agora temos sido libertados da lei, tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em novidade de espírito, e não na velhice da letra." (Romanos 7 : 6)

A Lei de Moisés não fala sobre o batismo, então é evidente que o Messias cumpriu uma justiça da Nova Aliança, para receber autoridade acima de Lei de Moisés:

"O batismo de João, de onde era? Do céu, ou dos homens? E pensavam entre si, dizendo: Se dissermos: Do céu, ele nos dirá: Então por que não o crestes? E, se dissermos: Dos homens, tememos o povo, porque todos consideram João como profeta. E, respondendo a Yeshua, disseram: Não sabemos. Ele disse-lhes: Nem eu vos digo com que autoridade faço isto." (Mateus 21:25-27)

Quando Yeshua aboliu o “olho por olho” da Lei de Moisés, estava exercendo esta autoridade.
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Sex Nov 25, 2011 7:45 pm

Ran..

Antes de te esclarecer alguns pontos, gostaria de manifestar o meu desejo de não debater com você este tema, pois entendo ser o ideal do Movimento de Restauração muito maior do que diferenças doutrinárias:

Mas para quem não quer debater, vc escreveu um monte, heim... rsrsrs..
Então, terá que ouvir rsrsrs...

Você sabe por que Sha'ul, por causa dos judeus, teve que circuncidar a Timóteo?

Quem gosta de detonar essa linha de argumentação é o Xan, mas farei as vezes com algumas perguntas:
Paulo era um medroso o qual se fazia uma coisa para uns e outra para outros?? O que Paulo fez com os legalistas de gálatas? Porque não fez o mesmo com os de Derbe, antes segundo esse fraco argumento de sujeição, ele se submeteu as vontades legalistas e acabou decepando Timóteo?

É evidente que Timóteo tinha "sangue israelita", por causa de sua mãe. Mas, por ser filho de um pai grego, com certeza esta informação já adiantava que ele não era circuncidado.
Os judeus que estavam nos lugares onde Sha'ul queria levá-lo sabiam disto, e também sabiam que Timóteo, por ter "sangue hebreu", deveria ter sido circuncidado.
Sha'ul então decidiu tomá-lo como seu companheiro de viagem, circuncidando-o antes, para garantir sua aceitação pelos judeus convertidos."

E porque os judeus convertidos tinham que aceitar alguma coisa??? Não eram eles que tinham que aceitar o que Paulo dizia??

É parece que o MANDAMENTO de Adonay é mesmo pesado heim, a ponto de colocar Paulo a "disposição" daquilo que uns e outros achassem certo, mesmo estando errados (segundo o teu entendimento). O que dizer então quando Paulo fez voto de nazireu e sacrificou um animal?? Estava ele brincando de voltar atrás?
Olha o que está escrito:

1 ​Catorze anos depois, subi outra vez a Jerusalém com Barnabé, levando também a Tito.
2 ​Subi em obediência a uma revelação; e lhes expus o evangelho que prego entre os gentios, mas em particular aos que pareciam de maior influência, para, de algum modo, não correr ou ter corrido em vão.
3 ​Contudo, nem mesmo Tito, que estava comigo, sendo grego, foi constrangido a circuncidar-se
Ou seja, Tito era livre e se quisesse poderia ter se circuncidado, somente Timóteo aceitou na ocasião, contudo Paulo não constrangeu Tito ou qualquer outro a isso, deixando-o livre, para querer ou não, e tudo isso por causa da má conduta de certos gentios enfiados nas congregações (4-5) e nunca por conta de abolições e sanções oriundas no Messias ou no que ele fez.

Veja bem irmão Diego, não estou com isto afirmando que você esteja errado, ou que estaria defendo uma possível "heresia", até porque eu, pessoalmente, considero este tema muito delicado e complicado por se tratar de um Mandamento de YHWH.

Claro que vc não poderia me ter por herege, até porque quem pede ao homem a circuncisão não sou. Os textos que vc postou em nada me contradiz até porque Paulo mesmo em um desses textos afirma que a circuncisão muito o é (Rm 3;1,2). E se Adonay escreve e inscreve a sua TORAH no gentio, então esse deve agora abandonar o que lhe convier e obedecer o que lhe aprazer dessa Torah?

Agora é CLARO, existem transgressões passiveis de condenação e outras de correções e perca de benefícios, e sem dúvidas o corte ou não do prepúcio não condena ninguém, nem mesmo o judeu, pois Timóteo e Abrahan foram chamados ainda na incircuncisão.
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Sab Nov 26, 2011 12:58 pm

3 ​Contudo, nem mesmo Tito, que estava comigo, sendo grego, foi constrangido a circuncidar-se
Ou seja, Tito era livre e se quisesse poderia ter se circuncidado, somente Timóteo aceitou na ocasião, contudo Paulo não constrangeu Tito ou qualquer outro a isso, deixando-o livre, para querer ou não, e tudo isso por causa da má conduta de certos gentios enfiados nas congregações (4-5) e nunca por conta de abolições e sanções oriundas no Messias ou no que ele fez.


Paulo não constrangeu Tito?
Paulo nunca constrangeu nem incentivou ninguém a circuncidar
nem por mal nem por bom habitos
o que é isso irmão?


Diego admiro sua perpiscacia em querer induzir as pessoas

contudo Paulo não constrangeu Tito ou qualquer outro a isso, deixando-o livre, para querer ou não, e tudo isso por causa da má conduta de certos gentios enfiados nas congregações (4-5)

avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Sab Nov 26, 2011 1:19 pm

Shabat para todos!

O irmão Sharing declarou:

"Se o Messias não tinha pecado, por que se batizou?
O Messias não poderia ensinar nova doutrina enquanto estivesse “debaixo da Lei”. Afinal, a Lei de Moisés é válida para todos que estão debaixo dela (Rm 3:19) e com Yeshua não foi diferente, pois ele nasceu debaixo da Lei (Gl 4:4).
Para sair debaixo da lei, somente com a morte. O batismo representa a morte. (Rm 6:4)
Por isso Yeshua se batizou no inicio de seu ministério, para simbolicamente morrer para a Lei, e nascer de novo, recebendo o Espírito de Deus que no mesmo momento desceu sobre ele."




Bom, se nós seguirmos sua linha de interpretação, vamos bater de frente com o texto de Mateus 5:17:

"Não penseis que vim abolir a Torah ou os profetas; não vim para abolir, mas para torná-los plenos.
Amen! Por que vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da Torah um só Yud ou um só traço, até que tudo seja cumprido.
Qualquer, pois, que violar uma destas mitsvot, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que as cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus."


E com Mateus 7:22,23:
"Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não comemos e bebemos em Teu nome? E não profetizamos nós em Teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitos milagres?
Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a transgressão à Torah."


Mateus 13:41,42:
"Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles ajuntarão do seu reino todos os que servem de tropeço, e os que praticam a transgressão à Torah, e lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá choro e ranger de dentes."

Mateus 23:28: "Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de desejo de violar a Torah."

Também iremos nos confrontar com Atos 8:22,23: "Arrepende-te, pois, dessa tua maldade, e pede ao Senhor para que por acaso te seja perdoado o pensamento do teu coração; pois vejo que estás com uma raiva amargurada, e em laços de desobediência à Torah."

Atos 21:20: "Ouvindo eles isto, glorificaram a Elohim, e disseram-lhe: Bem vês, irmãos, quantos milhares há entre os
moradores da região de Yehudá que têm crido, e todos são zelosos da Torah"
;

Atos 21:24: "toma estes contigo, e santifica-te com eles, e faze por eles as despesas para que rapem a cabeça; e saberão todos que é falso aquilo de que têm sido informados a teu respeito, mas que também tu mesmo andas corretamente, guardando a Torah."

Atos 24:14: "Mas confesso-te isto: que, seguindo o caminho a que eles chamam seita, assim sirvo ao Elohim de nossos pais, confiando em tudo quanto está escrito na Torah e nos profetas,..."

Atos 28:23: "Havendo-lhe eles marcado um dia, muitos foram ter com ele à sua morada, aos quais desde a manhã até a noite explicava com bom testemunho o reino de Elohim e procurava convence-los a respeito de Yeshua, tanto pela Torá de Moshe como pelos profetas."

Romanos 2:13: "Pois não são justos diante de Elohim os que só ouvem a Torah; mas serão justificados os que praticam a Torah."

Romanos 3:31: "Anulamos, pois, a Torah pela fé? De modo nenhum; antes apoiamos a Torah."

Romanos 7:12: "De modo que a Torah é santa, e a mitsvá santa, justa e boa."

Romanos 7:14: "Porque bem sabemos que a Torah é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado."

Romanos 7:22: "Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na Torah de Elohim;"

Romanos 7:25: "Graças a Elohim pela mão de Yeshua HaMashiach nosso Senhor! Agora, portanto, em minha mente sirvo à Torah de Elohim. Porém em minha carne sirvo à lei do pecado."

Romanos 8:7: "Porquanto o yetser hará (inclinação da carne) é inimizade contra Elohim, pois não é sujeito à Torah de Elohim, nem em verdade o pode ser;"

Romanos 9:4: "os quais são israelitas, de quem é a adoção, e a Shechiná, e os pactos, e a promulgação da Torah, e o culto, e as promessas;"

Romanos 10:4: "Pois o Mashiach é o objetivo da Torah para justificar a todo aquele que crê."

1ª Coríntios 9:21: "para os que estão sem a Torá, como se estivesse sem a Torá (não estando sem a Torah para com Elohim, mas debaixo da Torah como, apoiado pelo Mashiach), para ganhar os que estão sem a Torah."

2ª Tessalonicenses 2:3: "Ninguém de modo algum vos engane; porque isto não acontecerá sem que venha primeiro a apostasia e seja revelado o homem contrário à Torah, o filho da perdição,..."

2ª Tessalonicenses 2:7: "Pois o mistério da ira contra a Torah já opera; somente há um que agora o detém até que seja posto fora;"

Tito 2:12-14: "ensinando-nos, para que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos no presente mundo sóbria, e justa, e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da Shechinah do nosso grande Elohim e
Salvador o Mashiach Yeshua, que se deu a si mesmo por nós para nos remir de todo ato de violação à Torah, e purificar para si um povo todo seu, zeloso de boas obras."


Hebreus 1:8,9: "Mas ao Filho Ele disse: Eis, Elohim, que o Teu trono é para todo o sempre, e ainda o cetro da justiça é o cetro do Teu reino.
Amaste a justiça e odiaste a transgressão à Torah; por isso Elohim, o teu Elohim, te ungiu com óleo de alegria, mais do que a nossos companheiros;"



Neste mesmo tópico, já foram apresentadas as questões sobre a Torah (Lei de YHWH, Lei de Moisés), as "obras da lei" (sistema religioso farisaico), "justificação pela lei" (legalismo).
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Sab Nov 26, 2011 1:24 pm

Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, o Messias de nada vos aproveitará. Gálatas 5:2

Que legalismo há nisso irmão?

E de novo protesto a todo o homem, que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei. Gálatas 5:3

Que legalismo hánisso irmão?

Porque nem ainda esses mesmos que se circuncidam guardam a lei, mas querem que vos circuncideis, para se gloriarem na vossa carne. Gálatas 6:13

Voce se gloria na carne irmão?

Alguns, porém, da seita dos fariseus, que tinham crido, se levantaram, dizendo que era mister circuncidá-los e mandar-lhes que guardassem a lei de Moisés. Atos 15:5

Voce é da seita dos fariseus irmão?

Porquanto ouvimos que alguns que saíram dentre nós vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento, Atos 15:24

pertubando os irmãos irmão?



avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Dom Nov 27, 2011 3:51 am

Leite de Oliveira escreveu:
Porquanto ouvimos que alguns que saíram dentre nós vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento, Atos 15:24

pertubando os irmãos irmão?

Perfeito, irmão Leite,

Atos 15:
24 Porquanto ouvimos que alguns que saíram dentre nós vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento,
(...)
28 Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:
29 Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá.

Quem prega que o gentio deve "circuncidar-se" e guardar a "Lei de Moisés" está pregando diferente do próprio Espírito de Deus.

Os Mandamentos de Yeshua (caminho, verdade e vida) já são suficientes para nós.
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Dom Nov 27, 2011 2:02 pm

para todos!


Para a maioria do cristianismo romano (católicos e evangélicos), quais seriam Os Mandamentos de Yeshua?
Talvez você diga assim: "eu tenho Yeshua na minha vida, por isso, quem tem Yeshua tem a Verdade!".
Está certo, quem tem o Filho de YHWH, que é o Caminho, a Verdade e a Vida, tem mesmo esta Verdade nele, a Verdade de YHWH.
Mas, cabe uma pergunta: qual seria o Yeshua que você tem em sua vida? O Yeshua do cristianismo romano ou aquele descrito nas Escrituras?
Então, você talvez responda: "Claro que é o das Escrituras, o do cristianismo romano é o da igreja católica!".

Mais outra pergunta: como você tem aprendido as Escrituras? Dependendo do modo que você estaria aprendendo das Escrituras, este Yeshua que você diz que está em sua vida pode ou não ser o Verdadeiro citado nas Escrituras, Aquele que de fato é o Caminho, a Verdade e a Vida, Aquele que realmente leva o homem a YHWH.

Bom, um dos grandes problemas da maioria do cristianismo romano (católicos e evangélicos), é o fato dela não saber verdadeiramente quem é Yeshua, qual a Sua Missão, qual o Seu propósito.
Esta maioria, infelizmente desconhece o Messias. Apenas sabe o que Roma quis que fosse ensinado: um Yeshua descaracterizado de Suas raízes judaicas, um Messias que é muito mais "cristão" do que judeu da tribo de Judá;
Um Filho de "Deus" que violava o Sábado, que aboliu a Torah, que trouxe "novos mandamentos".

Qualquer que, na melhor das intenções possível, interpreta as coisas de YHWH descritas na Antiga e na Nova Aliança sem os contextos da língua original, sem o contexto histórico, cultural e espiritual de Israel, terá conclusões superficiais e efêmeras, que não revelam na sua plenitude a verdadeira vontade de YHWH.
Não que tais interpretações devam ser descartadas, pois muitas delas são de homens e mulheres usados pelo Eterno, mas dentro de um limite que eles próprios seguiram, por isso a profundidade da Revelação muitos não alcançaram.

A doutrina ensinada por Sha'ul, Pedro, Tiago, Judas e a do escritor aos Hebreus nunca se afastaram de Israel e de tudo o que envolve o povo judeu, seja mostrando os erros do legalismo, seja ensinando a Torah conforme o Messias ensinou.
Muitas teologias, dogmas e doutrinas surgiram após o 3º século baseadas nas intenções de Roma, que em sua totalidade colocaram os mestres judeus do Caminho para fora do cerco criado por Constantino.
Os reformadores, pela Graça de YHWH, romperam com os aguilhões de Roma, mas eles deveriam se ligar à Oliveira novamente, da mesma forma que a Igreja que eles chamam de ‘primitiva’ descrita em Atos, era ligada.

Ao invés disso, preservaram uma herança romana, baseada no movimento anti-semita, que criou uma teologia falsa chamada ‘da substituição’ afirmando que a Igreja substituiu Israel, sendo assim, aquilo que os judeus messiânicos lutaram tanto para preservar segundo os mandamentos do Eterno, enfrentando a fúria dos fariseus legalistas, dos romanos impiedosos, dos gentios pagãos que não aceitavam a idéia da existência de um só YHWH, agora seria descartado, esquecido, pois o judeu que não se converte ao cristianismo, não pertence a YHWH e não pode ser salvo.

Quando será que nós, como Igreja, vamos entender isso?
Quando vamos tomar uma posição correta em relação às Escrituras?
Quando vamos admitir que a Igreja se desviou lá atrás e necessita retornar às suas raízes?
Quando será que vamos interceder pelo povo judeu e por Israel?
Quando vamos inserir nos contextos doutrinários o povo judeu, que nunca estiveram fora deles, sejam pelas suas transgressões ou sua obediência e eleição?
Quando vamos deixar de olhar os judeus quase da mesma maneira que os romanos inventores do cristianismo olharam?

A raíz da Igreja do Messias jamais deve estar em Roma, mas em Jerusalém, não na geografia, mas na espiritualidade!

Os ensinos no 1º século do Evangelho de Yeshua eram ministrados por quem?
Pelos romanos ou gregos?
Os gentios aprendiam com quem?
As 12 tribos são de qual nação?
Os 12 apóstolos são descendentes de quem?
Yeshua era de qual nacionalidade, qual tribo?
O Eterno Se fez conhecer pelo YHWH de quem, de qual povo?
Quando o rabino Sha’ul (Apóstolo Paulo) disse "... assim sirvo ao YHWH de nossos pais...", quais eram estes pais?

Por que a igreja evangélica, na sua maioria, ainda rejeita os judeus?
Por que esta mesma igreja, na sua maioria, ainda despreza a cultura bíblica judaica? Por que ela praticamente não ensina sobre o Israel que o Eterno nunca rejeitou, mas ainda ensina somente sobre o "Israel que rejeitou o Messias"?
Enquanto a visão romana, que se ‘camuflou’ no protestantismo, continuar a dar o entendimento das Escrituras para a igreja, ela permanecerá nesta crise, se afastando ainda mais de YHWH.

Esta doutrina romanista tem afastado as pessoas do verdadeiro Yeshua, e aproximando-as de teologias que muito mais contradizem as Escrituras do que as confirmam.

O mais interessante é que quando lemos algumas declarações de irmãos que se incomodam com aqueles que buscam obedecer aos preceitos do Eterno, vemos uma tremenda falta de entendimento das Escrituras, isolando textos bíblicos, discriminando o povo judeu, ignorando os propósitos do Eterno para Israel, substituindo preceitos estabelecidos por YHWH, misturando a Lei com legalismo, substituindo Israel pela Igreja, simplesmente rejeitando o que o Eterno jamais rejeitou.

Muitos destes irmãos ainda desconhecem a origem de coisas que fazem parte de suas igrejas, coisas que tiveram origem no paganismo, e ao invés de buscarem a verdade, se empenham em desmoralizar aqueles que ainda tentam se manter nas verdades de YHWH.
Permanecendo assim, como entenderão as Palavras de Yeshua?
Como saberão do que Ele está falando, ou de quem está falando, ou para quem está falando?

Yeshua declarou em João 7:16: "Respondeu-lhes Yeshua: O meu ensinamento (Torah, doutrina, instrução) não é meu, mas daquele que me enviou".

Depois do estabelecimento do Novo Pacto, o que a Lei representa hoje para os gentios crentes em Yeshua?
Ela é o referencial, baseada na vida e ensino do Messias Yeshua, que veio torná-la plena, isto é, totalmente fora do contexto legalista farisaico que se concentra apenas na letra da Lei e não no espírito da Lei, que são os seus princípios espirituais.
Sabemos que a Lei não se aplica a nós gentios de forma direta, apenas aos judeus, porém temos que respeitar a Torah e ter os princípios como referencial do que é certo ou errado.
A nós está estabelecido o que foi decretado no 1º Concílio da Igreja do 1º século, as chamadas "leis noéticas". (Atos 15:20,21).
Mesmo as leis que não se aplicam diretamente a nós, mas ao povo judeu, devem ser respeitadas por nós, pois foram estabelecidas pelo Eterno e o próprio Messias Yeshua disse que jamais seriam revogadas ou destruídas (Mateus 5:17-19).


Outra coisa importante é o dízimo.
A maioria esmagadora das igrejas evangélicas adotou esta prática como sendo uma das mais relevantes para os membros, muitas vezes ensinada de maneira errada.
O dízimo nestas igrejas é praticamente uma obrigação, e em muitos casos é considerado maior até mesmo do que o Fruto do Ruach (Gálatas 5:22).
Muitos líderes costumam tolerar certos tipos de pecado dentro das igrejas, porém jamais toleram quem não entrega o dízimo.

Agora fica uma pergunta: se hoje muitas pessoas crentes que defendem a abolição da Lei, entregam e ensinam incansavelmente sobre o dízimo, sob o motivo de que este aconteceu antes da Lei, por que estes mesmos crentes condenam a observação do Shabat (Sábado), que também foi santificado antes da Lei?
Se o Eterno, depois de ter criado todas as coisas, descansou e santificou o 7° Dia, sendo um ato direto do próprio YHWH, escrito nas Tábuas dos Dez Mandamentos pelo próprio YHWH, enquanto o dízimo foi um ato direto voluntário antes da Lei realizado pelo homem, por que o Shabat tem menos valor do que o dízimo?
Seria o dinheiro mais importante do que a santificação?
Seria mais fácil tirar 10% do salário e entregar para YHWH (na igreja) do que descansar no 7º dia da semana para honrar a YHWH?

Eles gostam de usar este texto que está nos escritos da Antiga Aliança (Malaquias 3:8-12), e ainda usam o pretexto de que o texto está fora dos escritos da Lei.
E sobre o Shabat?

Isaías 56:2 diz "Bem-aventurado o homem que fizer isso, e o filho do homem que lançar mão disso, que se guarda de profanar o sábado e guarda a sua mão de perpetrar algum mal."

Isaías 56:6 diz "E aos filhos dos estrangeiros que se chegarem ao YHWH (ADONAI, SENHOR), para o servirem e para amarem o nome do YHWH (ADONAI, SENHOR), sendo deste modo servos seus, todos os que guardarem o sábado, não o profanando, e os que abraçarem o meu concerto,..."

Jeremias 17:22 diz "...nem tireis cargas de vossas casas no dia de sábado, nem façais obra alguma; antes, santificai o dia de sábado, como eu ordenei a vossos pais."

Jeremias 17:27 diz "Mas, se não me derdes ouvidos, para santificardes o dia de sábado e para não trazerdes carga alguma, quando entrardes pelas portas de Jerusalém no dia de sábado, então, acenderei fogo nas suas portas, o qual consumirá os palácios de Jerusalém e não se apagará."
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Seg Nov 28, 2011 3:53 pm

Leite de Oliveira escreveu:3 ​Contudo, nem mesmo Tito, que estava comigo, sendo grego, foi constrangido a circuncidar-se
Ou seja, Tito era livre e se quisesse poderia ter se circuncidado, somente Timóteo aceitou na ocasião, contudo Paulo não constrangeu Tito ou qualquer outro a isso, deixando-o livre, para querer ou não, e tudo isso por causa da má conduta de certos gentios enfiados nas congregações (4-5) e nunca por conta de abolições e sanções oriundas no Messias ou no que ele fez.


Paulo não constrangeu Tito?
Paulo nunca constrangeu nem incentivou ninguém a circuncidar
nem por mal nem por bom habitos
o que é isso irmão?


Diego admiro sua perpiscacia em querer induzir as pessoas

contudo Paulo não constrangeu Tito ou qualquer outro a isso, deixando-o livre, para querer ou não, e tudo isso por causa da má conduta de certos gentios enfiados nas congregações (4-5)


Leite, se matricule na sua escola, ou releia com calma o que foi dito.

avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Seg Nov 28, 2011 7:29 pm

Para a maioria do cristianismo romano (católicos e evangélicos), quais seriam Os Mandamentos de Yeshua?

Meu irmão voce mistura o catolicismo com os evangelicos para se sobresair
e chama-os de cristianismo romano
pergunto:
Voce gostaria que eu misturasse o Judeu Messianico com o Judaismo?
se quiser assim
assim trataremos
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Seg Nov 28, 2011 10:10 pm

para todos!


"Voce gostaria que eu misturasse o Judeu Messianico com o Judaismo"?

Primeiro, não fiz "mistura" alguma, mas os expus como sinônimos de uma mesma idéia ou doutrina, pois existem ambas as coisas do catolicismo dentro do protestantismo, afinal, ambos vieram de uma mesma raiz = cristianismo romano de Constantino;

Segundo, o mesmo qualquer um pode fazer em se tratando de Judaísmo Messiânico e Judaísmo Tradicional, agora, depende que tipo de idéia ou doutrina tais compartilham, afinal, ambos vieram de uma mesma raiz = o YHWH de Israel, Bendito Seja Ele!

A mesma idéia ou doutrina que a maioria dos evangélicos compartilham com a maioria dos católicos é o fato de que Yeshua não ensinou a Torah.
Ele simplesmente trouxe "novos mandamentos", pois tanto a maioria dos evangélicos como a maioria dos católicos, crêem que Yeshua aboliu a Torah, isto é, compartilham desta mesma doutrina oriunda do cristianismo romano de Constantino.





avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Seg Nov 28, 2011 10:50 pm

Irmão Randfal,

Pelo que eu entendi, você acredita que não seja necessário que os gentios recebam a circuncisão na carne. Por isso vou te perguntar o seguinte:

Analisando o texto de Atos 15:

24 Porquanto ouvimos que alguns que saíram dentre nós vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento,
(...)
28 Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:
29 Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá.

Pergunta: Já que o Espírito Santo decidiu pela NÃO circuncisão do povo gentio. Quem prega diferente (ou seja, que o gentio precisa circuncidar a carne), estaria pregando algo contra a vontade de Deus?

Por favor, responda com suas palavras, sem copiar textos longos de outros sites.
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Ter Nov 29, 2011 12:29 am

para todos!

Irmão Sharing, tudo bom?!

Bem, antes de responder a sua pergunta, gostaria de esclarecer o seguinte: pela Graça de YHWH, a maioria de minhas respostas são postadas com as minhas próprias palavras, veja bem, me refiro às respostas, pois quanto às postagens referentes a estudos e esclarecimentos, boa parte são copiadas de materiais que tenho comigo.
Eu, pessoalmente, não me importo se alguém responde ou esclarece algo se utilizando de uma cópia. Para mim, o importante é o conteúdo do assunto.

"Pergunta: Já que o Espírito Santo decidiu pela NÃO circuncisão do povo gentio. Quem prega diferente (ou seja, que o gentio precisa circuncidar a carne), estaria pregando algo contra a vontade de Deus?"

Veja bem irmão Sharing, observe o verso que você postou: "Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:..."

Prestou atenção? A questão está na imposição.
Quem impõe a circuncisão para o gentio na Brit Hadashah (Nova Aliança), está contrariando as Escrituras e a vontade de YHWH = legalismo;

Quem ensina que o gentio precisa se circuncidar na Brit Hadashah (Nova Aliança), está contrariando as Escrituras e a vontade de YHWH = legalismo.

Pelo o que sei até agora, existem 2 linhas doutrinárias no Judaísmo Messiânico sobre a circuncisão do gentio:
1ª - aquela que ensina a circuncisão voluntária do gentio = ele decide ser circuncidado;

2ª - aquela que ensina a não circuncisão do gentio, de nenhum modo.

Eu, pessoalmente, creio na 2ª opção como sendo a mais coerente com as Escrituras.







avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 16 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 16  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum