Últimos assuntos
» Os cinco pastores mais rico do Brasil
Ter Ago 21, 2018 11:45 pm por Leite de Oliveira

» 666
Seg Ago 20, 2018 8:48 pm por Leite de Oliveira

» Pena de morte para bandidos
Seg Jun 19, 2017 6:50 am por Isaque palazon

» Os 7 (sete) Espíritos de YHWH
Qua Fev 22, 2017 12:16 am por azzi

» Apresente-se aqui
Qua Nov 23, 2016 2:40 pm por Paulo Henrique Gasparino

» Viver em Israel - Imigração
Dom Nov 20, 2016 1:43 pm por Oziel rodrigues

» Judeus Messiânicos e suas heresias.
Sex Out 21, 2016 6:59 am por EderTe

» A "Fé Evangélica" é genuinamente bíblica?
Ter Out 18, 2016 9:35 pm por Roberto Gavazza

» 2 samuel 24:1 x 1 cronicas 21:1
Ter Out 18, 2016 7:17 pm por Roberto Gavazza

» Bnei Noach
Ter Out 18, 2016 3:27 pm por Roberto Gavazza

Menu
  Add a Favoritos

  Home Page

  Regras do fórum

  Portal

  Fórum

  Registre-se

  Quem somos

  Normas e Dicas

  Estudos biblico

  Mapa de Israel

  História de Israel

  Aula de Hebraico

  Dicionário biblico

  Biblia em Hebraico


Calendário biblico
Estatísticas
Temos 4255 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Gibassan

Os nossos membros postaram um total de 16985 mensagens em 1199 assuntos

O fim da Lei é o Messias

Página 4 de 16 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10 ... 16  Seguinte

Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Qui Nov 10, 2011 1:35 pm

Muito poético seus escritos Leite, mas isso não tira a OBRIGAÇÃO do verdadeiro salvo, obedecer o que o Eterno ordena, evitando assim o pecado que é segundo I Jo 4:3 a violação da Torah.

Abração..

Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Inscrição Inscrição : 13/08/2009


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Qui Nov 10, 2011 10:50 pm

Isso não é poesia Diego
e tá longe de ser bagunça
Contra o amor não há lei
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Qui Nov 10, 2011 10:57 pm

Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Gálatas 5:18

Espero Diego que não baixem mais minha avaliação por debater aqui
estou desistimulado pois não vejo lealdade nos debates
volto a debater quando me derem um ZERO
um abraço também
caso contrario ficará sempre na minha mente
que este forum é tendencioso e parcial
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Sex Nov 11, 2011 9:02 am

Leite de Oliveira escreveu:Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Gálatas 5:18

Espero Diego que não baixem mais minha avaliação por debater aqui
estou desistimulado pois não vejo lealdade nos debates
volto a debater quando me derem um ZERO
um abraço também
caso contrario ficará sempre na minha mente
que este forum é tendencioso e parcial

E porque se somos guiados pelo ruach não estamos DEBAIXO da Lei, vc sabe???
Talvez Jr 31:30-33 te ajude a responder.

Contra o amor não há lei

Claro que não há, a Torah é amor para os piedosos.

Quanto a baixar ou subir sua qualificação, não é culpa da administração ou moderação. Todo e qualquer usuário inscrito aqui, pode votar na sua resposta como boa ou ruim. A pessoa quando gosta, marca que gostou, se não gostou pode marcar tbm. e vc tem ampla liberdade de votar como bem quiser.

Quanto aos Debates serem desonestos eu não concordo com vc. Todos podem dizer o que quiserem desde que não ofendam a D'us ou ao próximo. Vc mesmo de longas datas só entra aqui para discordar de alguma coisa e nem por isso foi punido ou editado, seja lá no que for. Agora não queira tirar o direito de rebatermos suas respostas se não concordamos, ai sim seria deslealdade. Fique a vontade de discordar do que vc quiser (como sempre foi), agora não estranhe se não gostarem da sua resposta e tirarem pontos da sua reputação, pois aqui somos maiorias, e nós geralmente entendemos parecidos entre nós e diferente de vc.

Vc vive acusando em outro fórum que o Adm daqui manipula a reputação dele, tbm discordo, sabe porque? Porque eu mesmo, sempre que leio as respostas dele e aprendo algo de novo eu o qualifico, daí se tem o porque da alta reputação dele. Pode dormir tranquilo, ele não está nem ai pra essa reputação, e é arriscado de depois de ele ler isso, ele retire esse sistema, pela segunda vez e pela segunda vez por sua causa. Na verdade ele já me disse várias vezes que ia retirar.

Quanto ao que vc chama de tendencioso, devo concordar. Nossas ideias sempre serão em prol a causa justa da Torah, isso nunca vai mudar, pelo menos de mim não. Outra coisa, aqui não é um espaço público é uma iniciativa privada de um grupo de pessoas que compactuam o mesmo ideal. O Debate está aberto?? Claro que está!! Mas nos da Adm, sempre estaremos apostos para defender a fé genuína que aprendemos da Torah, isso é de fato um tipo de tendência.

Quanto ao que vc chama de "parcial" tbm devo discordar, uma vez que vc ou qualquer outro tem o direito de escrever as bobagens que quiserem nesse espaço (desde que não infrinja as regras). Aqueles dentre nós que não gostam de receber de uma refutação, sequer deveriam postar, isso sim é parcialidade. Se vc quer colocar aqui o que vc pensa, fique a vontade, agora nos deixe com a mesma liberdade, não seja vc o parcial para depois sair acusando os outros.

Fique em paz amigo e irmão Leite.

avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Ter Nov 15, 2011 3:14 pm

E porque se somos guiados pelo ruach não estamos DEBAIXO da Lei, vc sabe???

sim Diego eu sei

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
Contra estas coisas não há lei
Gálatas 5:22-23
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Ter Nov 15, 2011 4:23 pm

para todos!

Realmente o rabino Sha'ul foi muito claro em Gálatas 5:22,23, contra o Fruto do Ruach não há lei.
E se não existe uma lei que seja contra, existe a que é a favor do Fruto do Ruach: A Lei de YHWH.
E não somente Ela é a favor, como também ensina o homem a verdadeiramente andar em Ruach, não cumprindo a concupiscência da carne (Gálatas 5:16).

"Mas, se sois guiados pelo Ruach, não estais debaixo da lei." (Gálatas 5:18).
Versículo muito mal interpretado pela teologia cristã. "Estar debaixo", no contexto original significa:
Estar oprimido;
Sobrecarregado com peso;
Apertado, comprimido;
Afligido;
Tiranizado, humilhado.

Como alguém que tem a Lei de YHWH no seu interior e escrita em seu coração pela Nova Aliança no Sangue do Messias, através do Ruach HaKodesh, pode estar "oprimido" por ela? (Jeremias 31:33; Hebreus 8:10).
Seria uma incoerência sem fim.

De onde veio o termo "debaixo da lei" (oprimido pela lei)?
A "lei" que oprimia na época de Yeshua e do rabino Sha'ul era o sistema legal judaico, o legalismo farisaico, traduzido pela sua hipocrisia, chamado por Yeshua de "fardos pesados" (Mateus 23:4), e "fermento" (Mateus 16:6,11,12; Marcos 8:15; Lucas 12:1).

Isaías já profetizara sobre isto:
"A quem, pois, se ensinaria a ciência? E a quem se daria a entender o que se ouviu? Ao desmamado e ao arrancado dos seios? Porque é mandamento sobre mandamento, mandamento e mais mandamento, regra sobre regra, regra e mais regra: um pouco aqui, um pouco ali.
Pelo que, por lábios estranhos e por outra língua, falará a este povo, ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; mas não quiseram ouvir.
Assim, pois, a palavra do ADONAI lhes será mandamento sobre mandamento, mandamento e mais mandamento, regra sobre regra, regra e mais regra: um pouco aqui, um pouco ali; para que vão, e caiam para trás, e se quebrantem, e se enlacem, e sejam presos."
(Isaías 28:9-13).






avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Ter Nov 15, 2011 8:55 pm

E se não existe uma lei que seja contra, existe a que é a favor do Fruto do Ruach: A Lei de YHWH.

Essa palavra foi muito evasiva, voce poderia ser mais especifico
qual lei o apostolo Paulo disse que é a favor do fruto do Espirito
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Ter Nov 15, 2011 8:59 pm

"Mas, se sois guiados pelo Ruach, não estais debaixo da lei." (Gálatas 5:18).
Versículo muito mal interpretado pela teologia cristã. "Estar debaixo", no contexto original significa:
Estar oprimido;
Sobrecarregado com peso;
Apertado, comprimido;
Afligido;
Tiranizado, humilhado


Isso mesmo, por isso Yeshua falou: Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, e que o fardo dele é leve e o jugo suave

porque todos os cristão interpretaram errado e voce estar certo?
qual a sua credibilidade?
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Ter Nov 15, 2011 9:41 pm

para todos!

De onde veio o termo "debaixo da lei"?

"Estar debaixo" significa no contexto original:
Sobrecarregado com peso;
Apertado, comprimido;
Afligido;
Tiranizado, humilhado: = "Pois quê? Somos melhores do que eles? De maneira nenhuma, pois já demonstramos que, tanto judeus como arameus, todos estão debaixo do pecado;" (Romanos 3:9);
"E o Elohim de shalom em breve esmagará a satan debaixo dos seus pés. A graça de nosso Adon Yeshua HaMashiach seja convosco." (Romanos 16:20).

Mas, e quando este termo "estar debaixo" se refere à Graça de YHWH?
Por acaso a Graça pode "oprimir" alguém?

Para que o contexto do termo "estar debaixo" possa significar "estar oprimido", irá depender do qual o termo se refere.
Quando ele se refere á "lei", pelo contexto sabemos que não é a Lei de YHWH (Torah, Lei de Moisés).
Qual seria o contexto?
Devarim 30:11: "Porque este mandamento que, hoje, te ordeno não é demasiado difícil, nem está longe de ti.";
Todo o capítulo 119 do livro dos Salmos;
Salmo 1:2: "Antes, tem o seu prazer na Lei de ADONAI, e na sua Lei medita de dia e de noite."
Entendemos pelas Escrituras que a Lei do Eterno jamais oprime alguém.

Quando o termo "estar debaixo" se refere à Graça, o seu contexto significativo seria "estar guardado, protegido, revestido".
Romanos 5:18: "Portanto, assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a Graça sobre todos os homens para justificação e vida.";
2ª Coríntios 12:9: "e Ele me disse: A minha Graça te basta, porque o Meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder do Mashiach."

A Graça não é apenas o favor imereicdo de YHWH, ela é um revestimento para aquele que é fiel.

Quando Yeshua afirmou que o Seu fardo é leve e Seu jugo é suave, antes o que Ele disse? "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei."
O que oprimia o povo naquela época?
O pecado, que é a transgressão da Torah (1ª João 3:4).
A "lei" farisaica.
Yeshua estava oferecendo uma nova opção para os judeus, para que eles saíssem dessa opressão e aprendessem Dele.
Aprendessem o que? A obedecerem a YHWH da forma correta, crendo Nele como o Messias de Israel.

O rabino Sha'ul declara em Romanos 7:14: "Porque bem sabemos que a Torah é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado."
Se a Torah é espiritual, ela é a favor do Fruto do Ruach descrito em Gálatas 5:22, não precisamos que exista um versículo específico para entendermos isso.
A maioria infelizmente aprendeu equivocadamente sobre a Torah, e insiste em seguir o que Roma estabeleceu.

Esta é uma das principais metas do Movimento de Restauração: trazer de volta a interpretação em seu contexto e língua originais das Escrituras.





avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Ter Nov 15, 2011 11:03 pm

E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei. 1 Coríntios 9:20

Paulo apesar de ser Judeu participante de uma diaspora, nascido na Italia mostrou desejo em ser chamado Judeu, por isso diz
fiz-me
pois os judeus estavam debaixo da lei sim
e ele se fez como se estivesse debaixo dessa lei, para ganhar os da lei
mas ele não era seguidor da lei como quer passar
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qua Nov 16, 2011 12:50 am

para todos!

O rabino Sha'ul (apóstolo Paulo) sempre reconheceu que era judeu por descendência, sem manifestar algum "desejo" de ser chamado assim:
"Eu sou judeu, nascido em Tarso da Cilícia, mas criado nesta cidade, instruído aos pés de Gamaliel, conforme a precisão da Torah de nossos pais, sendo zeloso para com Elohim, assim como o sois todos vós no dia de hoje." (Atos 22:3);

"Pergunto, pois: Acaso rejeitou Elohim ao Seu povo? De modo nenhum; por que eu também sou israelita, da descendência de Avraham (Abraão), da tribo de Binyamin (Benjamim)." (Romanos 11:1);

"...circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Binyamin,... (Filipenses 3:5).

Além disto, ele guardava a Lei:
"...e têm sido informados a teu respeito (Sha'ul = Paulo) que ensinas todos os judeus que estão entre os goyim (gentios) a se apartarem de Moshe (Moisés), dizendo que não circuncidem seus filhos, nem andem segundo os requisitos da Torah."
"...toma estes contigo, e santifica-te com eles, e faze por eles as despesas para que rapem a cabeça; e saberão todos que é falso aquilo de que têm sido informados a teu respeito, mas que também tu mesmo andas corretamente, guardando a Torah." (Atos 21:21 e 24).

"Mas confesso-te isto: que, seguindo o caminho a que eles chamam seita, assim sirvo ao Elohim de nossos pais, confiando em tudo quanto está escrito na Torah e nos profetas,..." (Atos 24:14).

Vamos analisar o texto de 1ª Coríntios 9:21,22:

"Para os judeus eu me pus na posição de judeu, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo do legalismo como se estivesse eu debaixo do legalismo (embora debaixo da legalismo não esteja), para ganhar os que estão debaixo do legalismo;
para os que estão sem a Torah, como se estivesse sem a Torah (não estando sem a Torah para com Elohim, mas debaixo da Torah como, apoiado pelo Mashiach), para ganhar os que estão sem a Torah."
(Texto no original).

Bom, se o rabino Sha'ul era judeu, como assim ele se pôs na posição de judeu?
Como ele sendo judeu, se fez como judeu para os judeus?
Segundo o Dicionário Bíblico, o termo "judeu" na Brit Hadashah também é usado para aqueles que seguiam o Judaísmo e que, às vezes, atacavam a fé messiânica, chegando a perseguir os do Caminho.
Então, o rabino Sha'ul na verdade se fez de "judeu deste Judaísmo", a fim de ganhá-los para o Reino de YHWH.

Claro que a maioria dos judeus estavam "debaixo da lei", mas esta "lei" não era a Torah (como já foi explicado várias e várias vezes).






Última edição por Randfal em Sab Nov 19, 2011 8:23 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qua Nov 16, 2011 1:21 am

para todos!

A Epístola do rabino Sha'ul aos Gálatas é muito mal interpretada e mal contextualizada pela teologia cristã.

Quem eram ‘os da circuncisão’ em Gálatas 2:12?
Se alguém ainda não sabe, o rabino Sha’ul (Apóstolo Paulo) fez diferenciação entre ‘judeus crentes’ e ‘os da circuncisão’ nos versos 13 e 14:

“E os outros judeus também dissimulavam com ele (Kefa = apóstolo Pedro), de maneira que até Barnabé se deixou levar pela sua dissimulação.”

O grupo ‘da circuncisão’ era diferente dos ‘outros judeus’ que eram messiânicos.
Este grupo é descrito em Atos 15:1: “Então, alguns que tinham descido da Judéia ensinavam assim os irmãos: Se vos não circuncidardes, conforme o uso de Moisés, não podeis salvar-vos.”
Este ensino é bíblico? Claro que não! Por isso o rabino Sha’ul (Apóstolo Paulo) combateu este tipo de doutrina entre os judeus, porém hoje muitos são aqueles que ensinam também que a Tevilot (batismo) é um requisito para a salvação.

Só palavras não bastam, é necessário a interpretação correta das mesmas.
O apóstolo Kefa (Pedro) nos advertiu sobre isto:
"Pelo que, amados, como estais aguardando estas coisas, procurai cuidadosamente que por ele sejais achados imaculados e irrepreensíveis na ; e tende por salvação a paciência de nosso YHWH; como também o nosso amado irmão Sha'ul vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada;
como faz também em todas as suas epístolas, nelas falando a respeito destas coisas, nas quais há pontos difíceis para a compreensão, que aqueles que não têm conhecimento nem são estáveis torcem, como o fazem também com as outras Escrituras, para sua própria perdição."
(2ª Kefa 3:14-16).
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qua Nov 16, 2011 2:40 am

para todos!

Não tratei da parte que Sha'ul adverte a Kefa, mas somente da questão dos dois grupos de judeus, aos quais ele faz uma diferenciação.

Neste texto de Gálatas 2:14, Sha'ul adverte a Kefa por causa de sua atitude dissimulada, isto é, ele tentou "disfarçar" perante o grupo da circuncisão de que ele não estava em comunhão com os gentios, por isso o termo "comia com os gentios".

O que Sha'ul quis dizer a Kefa foi o seguinte: "Você é judeu, do grupo da circuncisão, mas não está vivendo como judeu deste grupo e sim como não-judeu. Então, como é que você quer obrigar os não-judeus a viverem como os das circuncisão?”
Isto é, Kefa admitia ter uma comunhão com os gentios, mas ele ainda seguia o pensamento do grupo da circuncisão.
Se Sha'ul guardava a Lei, como lemos em Atos 21 e 24, muito mais ainda Kefa, por apoiar o grupo da circuncisão.
E não somente Sha'ul e Kefa, mas todos os judeus que se convertiam a YHWH, aceitando o testemunho do Mashiach:
"Ouvindo eles isto, glorificaram a Elohim, e disseram-lhe: Bem vês, irmãos, quantos milhares há entre os judeus que têm crido, e todos são zelosos da Torah;" (Atos 21:20).

No Concílio de Jerusalém, em Atos 15, não ficou decidido que o judeu deveria deixar de ser judeu por causa do Mashiach, nem muito menos se tornar um "cristão".

Todos nós corremos o risco de interpretar as Escrituras de forma errada, mas existem interpretações ruins que se tornaram a base para diversas doutrinas, e as interpretações dentro dos contextos originais, que nos mostram as coisas realmente como elas são.
Kefa disse: "...que aqueles que não têm conhecimento nem são estáveis torcem..."
Sem o devido conhecimento e sem uma estabilidade espiritual, o nosso risco aumenta ainda mais.




avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qua Nov 16, 2011 3:44 am

para todos!

Por que que o rabino Sha'ul, após ter relatado sua advertência a Kefa em Gálatas 2, disse:
"Nós, judeus por natureza e não como os goyim (gentios) pecadores,...?"

O que ele quis dizer com isso?
Um judeu crente não deixaria de ser judeu por ter comunhão com um gentio crente (talvez este era o pensamento do grupo da circuncisão, por causa da atitude de Kefa temendo-os por isso).
Então, entendemos suas palavras assim: "Nós somos judeus por nascimento, e nunca seremos pecadores estando com os gentios crentes, nem deixaremos de ser judeus por isso."

Um detalhe importante: o grupo da circuncisão cria na justificação pelas obras da lei, por isso eles insistiam que os gentios que se convertiam a YHWH deveriam ser circuncidados e obrigados a guardar toda a Lei para que fossem salvos (Atos 15:1).



avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Qua Nov 16, 2011 4:09 am

Jefté escreveu:
Bom, creio que é isso que as palavras do verso estão dizendo...
a não ser que elas têm significação antônimas (ou seja, inversas)...

Concordo contigo irmão Jefté. Isso é mais ou menos como interpretar que Paulo mandou circuncidar quando disse "não se circuncide".

"É alguém chamado, estando circuncidado? fique circuncidado. É alguém chamado estando incircuncidado? não se circuncide." (I Coríntios 7 : 18)

Pedro confirma:
"Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar?" (Atos 15 : 10)
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Qua Nov 16, 2011 1:03 pm

Nunca vi na Biblia a palavra legalismo
só vi lei
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Qua Nov 16, 2011 1:19 pm

Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado
é a lei
. 1 Coríntios 15:56

não vejo a palavra legalismo
vamos fazer assim
colocamos a palavra legalismo aonde não existe
e a palavra trindade também
só assim satisfaremos a ambos
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 1:30 am

para todos!

A versão da Bíblia que possuo, com os textos em seu contexto original, o termo "lei" quando se refere a legalismo, aparece "legalismo".
Como o contexto original foi expulso da igreja pelo cristianismo romano, substituindo-o por interpretações anti-judaicas, é comum que maioria não conheça a diferença entre a Lei de YHWH e o legalismo.
O termo "legalismo" não aparece nas traduções cristãs, mas o sinônimo aparece: "lei, tradição dos homens, doutrina dos fariseus".
Porém, as palavras que têm sinônimo de trindade, segundo o cristianismo alega, uma parte delas é mal interpretada e a outra parte foi adulterada ou inserida por Roma.

Neste tópico já foram esclarecidas várias vezes sobre o que seria "legalismo" na Bíblia e que o rabino Sha'ul jamais ensinou que não se deve guardar a Torah.
Acreditamos que todos os gentios que aceitam o testemunho de Yeshua precisam obedecer as “leis noéticas” que estão registradas no livro de Atos 15:20,21, sem a necessidade de passarem pela circuncisão, segundo o conselho dado pelos líderes da Igreja do primeiro século.
Porém, os gentios crentes precisam respeitar a Torah do Eterno, e ter os preceitos como referencial do que é certo e do que é errado.
Mesmo as leis que não se aplicam diretamente a eles, mas apenas ao povo judeu, devem ser respeitadas pelos gentios, pois foram estabelecidas pelo Eterno e o próprio Messias Yeshua disse que jamais seriam revogadas ou destruídas (Mateus 5:17-19).
Acreditamos também que os gentios podem aplicar às suas vidas mais 4“mitsvot”, além das leis noéticas, sem contudo serem impostas como obrigação, a fim de terem uma vida espiritual mais consistente e substancial. Porém, para que não haja dúvida, algumas “mitsvot” são aplicáveis apenas ao nosso povo, como é o caso da circuncisão. Na verdade, embora a Lei e a Graça tenham funções distintas, elas interagem, e assim o conceito de que a Graça anulou a Lei é completamente equivocado e contrário ao ensinamento do Messias Yeshua e a própria Bíblia como um todo.

É muito fácil para qualquer pessoa retirar textos das Escrituras e lançá-los para defenderem suas doutrinas, sem o seus devidos contextos:

1) 1ª Coríntios 15:56:
"Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei." (ARC);
"O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei." (ARA).

Duas traduções dos originais:
"O ferrão da morte é o pecado, e a tortura do pecado é a Torah."
"O aguilhão da morte é o pecado: e o pecado deriva seu poder da Torah."


Agora, observem o texto na Tradução "Linguagem de Hoje":
"O que dá à morte o poder de ferir é o pecado, e o que dá ao pecado o poder de ferir é a lei."

Vamos para a interpretação do texto de Sha'ul, segundo o contexto correto:

Romanos 3:20: "Porquanto pelas obras da lei (legalismo) nenhum homem será justificado diante Dele; pois o que vem pela Torah é o pleno conhecimento do pecado."

Romanos 7:7: "Que diremos então? É a Torá pecado? De modo nenhum! Contudo, eu não conheci o pecado senão através da Torah; porque eu não conheceria a cobiça, se a Torah não dissesse: Não cobiçarás."

A "força" do pecado é a Torah porque ela mostra o que é realmente o pecado, sem cortes, sem disfarces, pois foi YHWH quem estabeleceu a Torah e não o homem.
O pecado só tem força pelo conhecimento da Torah, pois na Bíblia, que é a Verdade de YHWH, "pecado" é a transgressão da Torah (1ª João 3:4).


2) 1ª Coríntios 7:18: "Foi chamado alguém, estando circuncidado? Permaneça assim. Foi alguém chamado na incircuncisão? Não se circuncide."
Será que o rabino Sha'ul neste texto estava tratando de Lei, legalismo, circuncisão ou incircuncisão?
Vamos para o contexto correto para que haja uma interpretação correta deste texto, para que ele não seja usado de forma equivocada:

Primeiramente, qualquer um atesta que no capítulo 7 de Romanos, o rabino Sha'ul tratou sobre a questão do casamento.
No verso 17, ele diz: "E, assim, cada um ande como YHWH lhe repartiu, cada um, como o Senhor o chamou. É o que ordeno em todas as Igrejas."
Neste verso, podemos entender que Sha'ul sai de uma forma direta da questão do casamento e entra indiretamente na questão do chamado de YHWH, pois este chamado muitas vezes está ligado à questão do matrimônio conjugal.

Continuando a tratar do chamado de YHWH, ele diz:
"A circuncisão nada é, e também a incircuncisão nada é, mas sim a observância das Mitsvot (Mandamentos) de Elohim.
Que todo homem permaneça no chamado em que foi chamado.
Foste chamado sendo escravo? Não te dê cuidado; mas se ainda podes tornar-te livre, aproveita a oportunidade.
Pois aquele que foi chamado no Senhor, mesmo sendo escravo, é um liberto do Senhor; e assim também o que foi chamado sendo livre, escravo é do Mashiach."
(Romanos 7:19-22).

No verso 19, ele afirma que ninguém que foi chamado deva se considerar "alguma coisa", por causa de sua condição de judeu ou de gentio, porém o que importa para quem foi chamado é a observância dos Mandamentos de YHWH = Torah.


Todo o contexto original e geral das Escrituras converge para a permanência da Torah em todas as Alianças que YHWH estabeleceu com Israel, inclusive na Brit Hadashah (Nova Aliança).
Mas o cristianismo romano (católicos/protestantes), infelizmente despreza esta Verdade, com base nas traduções e interpretações oriundas de Roma.















Última edição por Randfal em Qui Nov 17, 2011 4:05 am, editado 1 vez(es)
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 1:38 am

para todos!

Por que a Igreja de hoje continua rejeitando a permanência da Torah?

Vamos agora de forma sucinta descrever o desvio da Igreja, a fim de que todos possam voltar as veredas antigas.
Como já vimos, a Igreja do Messias se afastou das suas raízes bíblicas judaicas a partir do terceiro século.
Houve na época uma influência muito forte dos costumes e práticas do paganismo, que entraram na igreja pela influência do império romano. Em contrapartida, ocorreu um grande afastamento das raízes bíblicas judaicas, que por sua vez trouxe um grande prejuízo para a Igreja do Messias.
Conseqüentemente foram adotados referenciais falsos e contrários as instruções do Eterno e ao plano de salvação de YHWH, e a cada concílio da Igreja, pela influência de Roma, ela se distanciava ainda mais das suas raízes e se misturava ao paganismo.
Não resta dúvida que as intenções dos líderes estavam contaminadas por questões políticas e econômicas, na velha busca do homem pelo poder e no velho erro do homem de tirar proveito da posição de liderança espiritual para benefício próprio.
Isto durou até 1517, quando se deu início à Reforma Protestante, através de Martinho Lutero, que considerou um abuso a venda de indulgências, que eram doações dadas pelos fiéis à igreja romana, para escaparem do inferno.
Este protesto foi feito por escrito com noventa e cinco teses e fixado na porta da igreja romana de Wittenberg, na Alemanha, afirmando entre outras coisas, que as indulgências não eram bíblicas.
A Reforma Protestante, como o próprio termo diz, reformulou alguns aspectos, sendo o mais importante a questão da salvação pela fé. Porém, vários conceitos da igreja romana, que biblicamente estão equivocados, infelizmente foram mantidos pelos protestantes.

Surgiu então o que ficou conhecido como o Movimento Evangélico, tendo como base à Reforma Protestante, e recebendo maior destaque a partir de 1750, com o surgimento de grandes evangelistas, tais como: John Wesley na Inglaterra, e George Whitefield, Charles Finney, Charles Spurgeon e Dwight Moody, entre outros, na América e na Europa.
Com o passar do tempo surgiram várias denominações, e mais reformulações foram feitas, sem, no entanto, o completo rompimento com os conceitos teológicos equivocados, oriundos dos concílios promovidos pela igreja romana.
Certamente a Reforma Protestante e posteriormente o Movimento Evangélico, tiveram aspectos positivos, pois a Boas Novas da Salvação em Yeshua, o Messias, desde então tem sido anunciada em todo o mundo.
Podemos ressaltar outro importante aspecto do Movimento Evangélico, que é o fato de ter abolido completamente a idolatria e a veneração às estátuas e imagens de escultura, que segundo a Bíblia, são uma prática abominável para YHWH.

Contudo, por não ter havido um retorno às raízes bíblicas judaicas, que era o padrão referencial da Igreja do primeiro século, houve uma proliferação de teologias diversas e divergentes, que impulsionaram o mundo cristão evangélico, a uma multiplicação de doutrinas, costumes, métodos e formas de culto, que trazem nos nossos dias uma crescente divisão entre as igrejas.
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 4:25 am

para todos!

Anteriormente, tratamos sobre a questão das palavras do rabino Sha'ul ditas para Kefa em Gálatas 2:

"O que Sha'ul quis dizer a Kefa foi o seguinte: "Você é judeu, do grupo da circuncisão, mas não está vivendo como judeu deste grupo e sim como não-judeu. Então, como é que você quer obrigar os não-judeus a viverem como os das circuncisão?”

Mas, Kefa realmente vivia como um "não judeu"?
Por que Sha'ul disse isto?
Quando Kefa dissimulou diante de Sha'ul, foi porque temeu os da circuncisão, deixando claro que, apesar de participar da mesa com os gentios crentes, ele ainda seguia o pensamento deste grupo.
E para o grupo da circuncisão, qualquer judeu crente que tivesse comunhão com algum gentio, mesmo sendo crente, e se caso este gentio crente fosse "incircunciso", aquele judeu crente seria considerado pelo grupo como um "não-judeu".
Sabendo disto, Sha'ul usa contra Kefa estas palavras com base nestas coisas, sendo assim, ele quis dizer mais claramente:
"Você é judeu, do grupo da circuncisão, mas não está vivendo como judeu deste grupo e sim como não-judeu, segundo afirma este grupo. Então, como é que você quer obrigar os não-judeus a viverem como os das circuncisão, se você está vivendo como um não-judeu, e não como aqueles da circuncisão?”

Resumindo, diante da atitude de Kefa, Sha'ul diz: "Kefa, saia de cima do muro, decida-se!"

avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Qui Nov 17, 2011 10:19 am

Diego escreveu: "Da Torah, vc retira versos que apontam pecados mortais, até mesmo no juízo vindouro, enquanto das palavras do Messias vc tira um texto que aponta picuinhas meramente pessoais. Como comparar textos de contextos tão diferentes???"

Picuinhas meramente pessoais?

"Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.
Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;"
(Mateus 5 : 43-44)

Irmão, Yeshua está preparando o seu povo para ser injuriado, perseguido, maltratado e até morto e você chama de picuinhas?

“Orar pelos que nos maltratam e nos perseguem”... foi exatamente o que fez Yeshua quando estava sendo crucificado: "E dizia Yeshua: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes." (Lucas 23 : 34)

E também Estevam, quando estava sendo morto, fez a mesma coisa: "E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Yeshua, recebe o meu espírito. E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu." (Atos 7 : 59-60)

Na “Torah de Moisés”, o povo fazia justiça com as próprias mãos (após julgamento do sinédrio - Como vemos claramente em Deuteronômio 17:7) mas na “Torah do Messias” isso foi abolido.

"Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi pelo Messias abolido;" (II Coríntios 3 : 14)
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Qui Nov 17, 2011 12:50 pm

sem a necessidade de passarem pela circuncisão, segundo o conselho dado pelos líderes da Igreja do primeiro século.

como assim?
a lei não vale mais?
a circuncisão é legalismo da lei?
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Leite de Oliveira em Qui Nov 17, 2011 12:58 pm

se voce afirma que a circuncisão foi abolida
voce aboliu um pedaço da lei
e a lei não é para ser cumprida toda, até o til
como voce afirma que não deve circuncidar?
por acaso a circuncisão é "legalismo da lei"?
avatar
Leite de Oliveira
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 1457

Idade Idade : 53

Cidade Cidade : Natal RN

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/09/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qui Nov 17, 2011 3:51 pm

para todos!

Mais uma vez a gente escreve, escreve, e aparece aqueles que não fazem o mínimo esforço para tentarem entender o que escrevemos, e ainda citam coisas que nunca dissemos:

Quem disse que a circuncisão foi abolida?
Quem disse que a circuncisão é "legalismo"?

A circuncisão é a evidência da Aliança Eterna que YHWH estabeleceu com Abraão, e que foi ratificada na Torah. É algo exclusivo para do povo judeu.
O uso incorreto da circuncisão, assim como do Shabat, das Festas Bíblicas, etc., é o que corresponde a legalismo, assim como também o uso incorreto da Tevilah (batismo), e de outras coisas no meio cristão.

É só ler Atos 15:1-31, que entendemos o motivo que suscitou o 1°Concílio da Igreja em Jerusalém.
Isto está muito claro nos textos, não sei por que ao invés destes irmãos lerem antes e depois tentarem entender, eles dizem o que nunca afirmamos.

Agora, o problema é que, nem o que a gente escreve eles tentam entender (mesmo com várias explicações), quanto mais o que está escrito na Bíblia!


Última edição por Randfal em Sex Nov 18, 2011 12:57 am, editado 1 vez(es)
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 16 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10 ... 16  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum