Últimos assuntos
» Os cinco pastores mais rico do Brasil
Ter Ago 21, 2018 11:45 pm por Leite de Oliveira

» 666
Seg Ago 20, 2018 8:48 pm por Leite de Oliveira

» Pena de morte para bandidos
Seg Jun 19, 2017 6:50 am por Isaque palazon

» Os 7 (sete) Espíritos de YHWH
Qua Fev 22, 2017 12:16 am por azzi

» Apresente-se aqui
Qua Nov 23, 2016 2:40 pm por Paulo Henrique Gasparino

» Viver em Israel - Imigração
Dom Nov 20, 2016 1:43 pm por Oziel rodrigues

» Judeus Messiânicos e suas heresias.
Sex Out 21, 2016 6:59 am por EderTe

» A "Fé Evangélica" é genuinamente bíblica?
Ter Out 18, 2016 9:35 pm por Roberto Gavazza

» 2 samuel 24:1 x 1 cronicas 21:1
Ter Out 18, 2016 7:17 pm por Roberto Gavazza

» Bnei Noach
Ter Out 18, 2016 3:27 pm por Roberto Gavazza

Menu
  Add a Favoritos

  Home Page

  Regras do fórum

  Portal

  Fórum

  Registre-se

  Quem somos

  Normas e Dicas

  Estudos biblico

  Mapa de Israel

  História de Israel

  Aula de Hebraico

  Dicionário biblico

  Biblia em Hebraico


Calendário biblico
Estatísticas
Temos 4255 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Gibassan

Os nossos membros postaram um total de 16985 mensagens em 1199 assuntos

O fim da Lei é o Messias

Página 13 de 16 Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14, 15, 16  Seguinte

Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Seg Fev 13, 2012 7:05 pm

CarlosB escreveu:Deus não ouve nem aceita ninguém pela lei, mas somente por o Messias e por isso ele dizia que era o caminho, a verdade e a vida, e ninguém ia a Deus a não ser por ele.

Quem falou alguma coisa diferente disso????

Se alguém tiver falado, vc me mostra que eu vou lá e dou uma porretada nele e excluo ele do fórum.

Ninguém se justifica pela Lei !!!!!!!!

Agora nenhum assasino, nenhum adultero, nenhum fornicador, nenhum cobiçador, nenhum mentiroso, nenhum profanador do Shabat, nenhum idolatra, vai herdar o Reino. Não guardamos a lei para nos salvarmos, guardamos a lei por já sermos salvos.

Não se esqueça que as obras devem andar junto com a fé (Tg 2:24) e essas obras mostram se o fruto é bom ou podre, se for podre serão cortados, por isso e só por isso devemos estar atentos a lei e não sermos contrários a ela (debaixo dela), porque um dia seremos julgados por ela:

Porque todos os que sem lei pecaram sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram pela lei serão julgados.
Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados. (Rm 2:12-13)

De fato, aquele que disse: "Não cometa adultério", também disse: "Não mate." Portanto, se você não comete adultério, mas mata, será condenado como violador da Lei.Falem e ajam como pessoas que vão ser julgadas pela lei da liberdade, (Tg 2:11-12)

Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Inscrição Inscrição : 13/08/2009


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Seg Fev 13, 2012 8:16 pm

Diego escreveu:

Não se esqueça que as obras devem andar junto com a fé (Tg 2:24) e essas obras mostram se o fruto é bom ou podre, se for podre serão cortados, por isso e só por isso devemos estar atentos a lei e não sermos contrários a ela (debaixo dela), porque um dia seremos julgados por ela:


Irmão Diego, a paz do Senhor Yeshua!

Pensei que você já tivesse entendido o significado do termo: "debaixo da Lei"
Link: http://www.torahweb.net/t1301p140-o-fim-da-lei-e-o-messias#17079

Debaixo da Lei significa estar em obediência à Lei

Yeshua nasceu debaixo da Lei: "Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei," (Gálatas 4 : 4)

Portanto J esus nasceu em obediência à Lei, mas antes de começar a pregar as boas novas ele teve que se batizar, ou seja, teve que "morrer" para a Lei de Moisés.
Link: http://www.torahweb.net/t1301p100-o-fim-da-lei-e-o-messias#17029

"Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus." (Gálatas 2 : 19)
"Mas agora temos sido libertados da lei, tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em novidade de espírito, e não na velhice da letra." (Romanos 7 : 6)

Após Yeshua morrer para a Lei, pode então ensinar nova doutrina, contrária ao "olho por olho e dente por dente". Pois a Lei de Yeshua é a Lei do amor!

Hoje, estamos debaixo da Lei de o Messias:
"Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve" (Mateus 11 : 29-30)

"Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de o Messias), para ganhar os que estão sem lei." (I Coríntios 9 : 21)

"Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar?" (Atos 15 : 10)

Obs.: Logo trarei sua resposta, se Deus permitir.


Última edição por Sharing em Qua Fev 15, 2012 4:58 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Seg Fev 13, 2012 8:41 pm

Sharing escreveu:
Diego escreveu:

Não se esqueça que as obras devem andar junto com a fé (Tg 2:24) e essas obras mostram se o fruto é bom ou podre, se for podre serão cortados, por isso e só por isso devemos estar atentos a lei e não sermos contrários a ela (debaixo dela), porque um dia seremos julgados por ela:


Irmão Diego, a paz do Senhor Yeshua!

Pensei que você já tivesse entendido o significado do termo: "debaixo da Lei"
Link: http://www.torahweb.net/t1301p140-o-fim-da-lei-e-o-messias#17079

Debaixo da Lei significa estar em obediência à Lei

Yeshua nasceu debaixo da Lei: "Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei," (Gálatas 4 : 4)

Portanto J esus nasceu em obediência à Lei, mas antes de começar a pregar as boas novas ele teve que se batizar, ou seja, teve que "morrer" para a Lei de Moisés.
Link: http://www.torahweb.net/t1301p100-o-fim-da-lei-e-o-messias#17029

"Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus." (Gálatas 2 : 19)
"Mas agora temos sido libertados da lei, tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em novidade de espírito, e não na velhice da letra." (Romanos 7 : 6)

Após Yeshua morrer para a Lei, pode então ensinar nova doutrina, contrária ao "olho por olho e dente por dente". Pois a Lei de Yeshua é a Lei do amor!

Hoje, estamos debaixo da Lei de o Messias:
"Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve" (Mateus 11 : 29-30)

"Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de o Messias), para ganhar os que estão sem lei." (I Coríntios 9 : 21)

"Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar?" (Atos 15 : 10)

Obs.: Logo trarei sua resposta, se Deus permitir.

Ahhhh amado Sharing, de novo o mais do mesmo???

Então a que se referia o apóstolo, ao dizer “debaixo da lei” e “debaixo da graça”?

• Referia-se à mudança do que ocorre no indivíduo por ocasião de sua conversão, mudança do “velho homem” para o “novo homem”, do pecado para a santidade, da condenação fatal para a graça livradora.

Paulo está se dirigindo a homens crentes, a cristãos batizados, a homens convertidos. Não a ímpios, pagãos ou a transgressores da lei divina. Leia Romanos 6:1 a 5. E prossegue o verso 6: “sabendo isto que o nosso homem velho foi com Ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não mais sirvamos o pecado”. Claro como a luz que o capítulo se refere à conversão e não à mudança de dispensações. Notemos cuidadosamente o que ele diz: “assim também considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para YHWH em HaMashiach Yeshua nosso Senhor.” (Romanos 6:11).

A respeito de quem se afirma isso? Somente a respeito do homem convertido – membros da igreja de Roma, que não mais transgrediam a Lei (deliberadamente), pois viviam em harmonia com ela. Paulo os exorta a não mais volverem ao pecado. “Não reine, portanto o pecado, em vosso corpo mortal…” (v. 12). Pecado – como define a Palavra de YHWH – é transgressão da Lei (I João 3:4). Paulo está exortando os romanos a não se deixarem arrastar pelas paixões carnais, voltando assim a transgredir a Lei de YHWH. E no (v. 14): “Porque o pecado não terá domínio sobre vós… Por quê? Por que a lei foi abolida? Não. Mas porque já tinham abandonado o pecado, cessaram de transgredir a Lei.

O próprio argumento de Paulo mostra, de modo inequívoco, que era precisamente isto que ele queria dizer. “…o pecado não terá domínio sobre vós, porque não estais debaixo da lei (não mais a transgredis, não estais mais sujeitos à sua condenação, não colocais debaixo dela como antes) mas debaixo da graça (do favor imerecido que YHWH vos concedeu de serdes redimidos por HaMashiach).”

→ O sentido exato e completo do v.14 é este: “tendo abandonado os vossos pecado, tendo cessado de quebrar a Lei, tendo crido em HaMashiach e sendo batizados, vós agora não sois mais governados pelos pelo pecado ou pelas paixões, nem sois condenados pela Lei, porque achastes graça à vista de YHWH, que vos concedeu este favor imerecido, e os vossos pecados foram apagados.”

Claríssimo! Portanto, não estar debaixo da lei, é não estar sobre a sua condenação. Não há conflito entre Lei e Graça. “Por quê? Pecaremos (isto é transgrediremos a lei) porque não estamos debaixo da lei (da sua condenação) mas debaixo da graça (do favor divino)? De modo nenhum.” Portanto, a própria conclusão do apóstolo Paulo destrói inteiramente a tese de um suposto conflito entre Lei e Graça. Mesmo porque se “não estar debaixo da lei” significa que não devemos obedecer-Lhe, segue-se portanto que podemos transgredir-la à vontade. Porém Paulo destrói imediatamente esta idéia blasfema com um categórico “De modo nenhum!”.

Credenciada autoridade evangélica sentenciou, com relação a Romanos 6:14: “A graça não importa em liberdade para pecar, mas numa mudança de senhores, e numa nova obediência e serviço. A graça não anula a santa Lei de YHWH, mas unicamente a falsa relação do homem para com ela.”

Outra passagem – muito ao gosto dos negadores da lei – é Gálatas 5:18: “… se sois guiados pelo Espírito não estais debaixo da lei.” Também neste caso, quais os que não estão debaixo da lei? Somente os que são guiados pelo Espírito, ou seja convertidos, os fiéis, os crentes, os que não seguem as concupiscências, os que não transgridem a Lei de YHWH – em suma os que não cometem pecado. Os ímpios os pecadores não são guiados pelo Espírito, por isso eles estão debaixo da lei, da sua condenação, porque as transgridem. Não há aí a mais leve alusão de abolição da Lei de YHWH. Só uma interpretação obtusa conduziria a tal conclusão.

Consideremos agora a absurda interpretação de alguns. Dizem que pela expressão “não estamos debaixo da lei” Paulo quis dizer que a lei foi abolida e, portanto, não precisamos mais cumprir os seus preceitos. Passou a lei, sua época e sua função – segundo dizem. Ora, se isto é verdade, então ninguém está debaixo da lei, quer seja ou não guiado pelo Espírito. Daqui não há como fugir. Mas Paulo combate este erro, declarando explicitamente que a fim de não estarmos debaixo da lei, temos que ser guiados pelo Espírito.

A idéia de se estar “livre da lei” e de sua obediência não é nova. Ela surgiu, pela primeira vez, em 608 A.C., aproximadamente, nos tempos do profeta Jeremias. Naquele tempo, este argumento indigno foi empregado pelo rebelde povo de Judá a fim de justificar a sua transgressão da lei de YHWH. Consulte-se, de preferência nas versões Brasileiras ou Trinitária, a repreensão de YHWH ao Seu povo, em Jeremias 7: 8 a 10: “Eis que vos confiais… furtareis, matareis, adulterareis… e direis: fomos livrados a fim de fazer todas estas coisas.”

→ Um fato inegável: os cristãos de qualquer denominação crêem que eles não devem jurar, matar, furtar, mentir, cobiçar, etc. Em outras palavras, crêem que devem guardar os mandamentos. Os judeus messiãnicos crêem o mesmo, com a diferença que o fazem em relação a toda a Torah, incluindo necessariamente o quarto mandamento.

Ora, se nós, os Judeus Messiânicos, estamos “debaixo da lei” porque cremos na guarda da Lei, então os demais cristãos estão nove décimos (ou noventa por cento) debaixo da lei, pelo fato de guardarem nove preceitos do Decálogo. “Coerência, és uma jóia.”

Outro fato de suma gravidade: costuma-se usar a expressão “não estar debaixo da lei” mas “debaixo da graça” unicamente para se “justificar” a desobediência ao quarto mandamento. Ninguém a emprega para justificar a quebra de outros mandamentos do Decálogo. Cremos honestamente que aqueles que a usam para fugir a guarda do sábado, não sentem nenhum desejo de roubar, matar ou adulterar. Certamente que essas coisas lhes causam horror. Mas, com tal atitude, apenas provam que não é o mandamento de YHWH que os inibe de fazer de adulterar, matar, cobiçar, etc., mas sim a educação que receberam, a vigilância social e a opinião pública. Se a prática desses horríveis pecados fosse coisa aceita (como o eram em alguns ritos bárbaros), então não hesitariam em dizer que praticariam tais coisas porque “não estão debaixo da lei, mas debaixo da graça”.

→ A tal extremo conduz o anominianismo, servindo-se de suas bases capciosas de argumentação. Note-se que há índios e nativos canibais que matam impiedosamente e a sua consciência não os acusa. Erro grosseiro é supor que a guarda dos mandamentos é questão de consciência. A religião cristã não se baseia na consciência, mas é uma religião revelada. Está escrito o que devemos fazer, e o que devemos evitar de fazer e isto é cumprido quando o Espírito nos toca o coração. A consciência, muita vezes, mesmo crendo estar sendo dirigida por YHWH, acomoda-se. A consciência não é um guia seguro. O seguro está na revelação. Vamos cumpri-la. A Escritura tem muito a dizer sobre a consciência, como base precária e enganosa. A Bíblia fala de “consciência cauterizada” (I Timóteo 4:2), consciência “fraca” (I Coríntios 8:7). Somente a revelação divina não se cauteriza nem se enfraquece. É inalterável porque o seu elemento é só divino.

Espero que VOCÊ tenha entendido, pois a falta é sua.

...
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Seg Fev 13, 2012 9:31 pm

Primeiramente Carlos, sua estratégia de debate é desleal, uma vez que vc despreza todo e qualquer comentário de uma refutação direta a sua postagem, ou seja, uma vez refutado abandona o debate em questão e sai catando outros versos das Escrituras, fazendo uma linkagem de textos sem os seus devidos contextos, como se isso fosse anuviar o vitupério que seus achismos são expostos.

Foi você por exemplo.
Porque quem tem o Messias morre para a lei.

Gálatas 2:9 - Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus.

Porque vc não presta atenção nos textos que cita???

Se acaso a lei tivesse sido abolida, como é que o Apostolo iria usá-la como régua para se identificar como morto para a Lei??

Ele diz: "Eu pela Lei" , ou seja, pelos parâmetros da lei ele estava morto para a lei. Não podemos nos esquecer que o texto tem um contexto, ou seja, Paulo tbm disse que estava "morto para o pecado", mas será que o pecado tbm foi abolido por essa frase idiomática, ou só a lei tem esse peso??? Estranho!!!! Pense!!!


Mais uma vez vou tentar explicar este verso de forma permonorizada para não haver dúvidas.

Mateus 5:17 Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumpri-los.



Era Yeshua que estava falando e acerca do que ele iria fazer, certo? Ele estava a dizer que veio cumprir a lei em relação a ele, não foi dele que a lei e os profetas falaram desde o principio? Repara que também está ali os profetas? Então cumpre os profetas como? Eles profetizaram os mandamentos ou o messias?

Não era dele que a lei falava através dos sacrificio dos cordeiros? Do sangue que tudo purificava, inclusive os homens? E os profetas, não foi dele que todos falaram? Não é dele que o salmo 22 fala? Não é dele que Isaias 53 fala? Era isso que ele não veio destruir mas cumprir, a profecia acerca dele. Não os mandamentos da lei, isso já há muito que eles tinham anulado. Vê em Jeremias:

Ainda bem, que vc percebeu que Yeshua venho cumprir e não descumprir como vc disse anteriormente.

E onde vc leu que uma vez o Messias cumprindo a Lei ela estaria invalidada??
Por acaso matar, roubar, adulterar, mentir deixou de ser pecado??? Tbm não sei porque o pecado deixou de ser a violação da lei se é isso que está escrito em I Jo 3:4.

E porque vc não citou o verso 18 e 19, onde fica claro que nem a terra e nem o céu passando a Torah seria invalidada?? Porque vc não nos disse que Yeshua garantiu que se alguém violasse o menor ponto da lei seria o menor no reino ? Porque vc não falou que Yeshua deixou escrito que se alguém ensinasse contra a Torah teria um castigo?? O verso que vc "não quis" comentar (claro, te compromete) deixa claro que os guardiões da lei serão recompensados. Mas perae, a lei não foi abolida??? Não, não foi!! E por isso Yeshua pediu no verso em questão que não PENSÁSSEMOS que a causa da sua vinda seria para abolir a lei, ou profetas então "não sei" porque vc está tão certo disso!

No mais anômico Carlos, seria estupidez de alguém achar que Yeshua cumpriu TUDO da Lei ou TUDO das profecias. Ainda temos parte da Lei a serem cumpridas pelo Messias, ou seja, os Juízos e tbm parte das profecias, como aquela que mostra o Messias vindo em plena Glória, portanto seu sofisma de atribuir que ele já cumpriu e abolido está, não passa de um tiro no pé.

Vê em Jeremias:

Jeremias 31 - Eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá. 32 - Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o SENHOR.

Qual seu problema com contexto???? Passe a lê-los ai talvez vc nos dê menos trabalho em ter que refutar o que é ululante.

O contexto fala realmente de um NOVO pacto, nova aliança, mas tbm fala em base a que essa aliança é firmada, vejamos a integra do texto, que vc sumariamente ceifou para sofismar:

31 Eis que chegarão dias - oráculo de YWHW - em que eu farei uma aliança nova com Ysrael e Yudá:
32 Não será como a aliança que fiz com seus antepassados, quando os peguei pela mão para tirá-los da terra do Egito; aliança que eles quebraram, embora fosse eu o Senhor deles - oráculo de YHWH.
33 A aliança que eu farei com Ysrael depois desses dias é a seguinte - oráculo de YHWH: Colocarei minha TORAH em seu peito e a escreverei em seu coração; eu serei o D'us deles, e eles serão o meu povo.

Me admira vir você aqui, se auto declarando como o "profeta" da nova aliança, o missionário que vai fazer os judeus se converterem, e abandonarem a Torah, quando na verdade na nova aliança A TORAH é inscrita e escrita no crente. Que mancada heim meu amigo!!! Quem tem que se converter aqui, são os violadores da Torah, pois sem Torah não tem ALIANÇA, segundo o texto, sendo assim procure a aliança meu caro.

Amiguinho, tu tem toda uma postagem anterior a essa, para explicar os textos a qual eu citei e refutar meus argumentos, ok... Seja um bom debatedor, antes de sair linkando as Escrituras esgote o assunto em questão.



Última edição por Diego em Seg Fev 13, 2012 9:45 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Seg Fev 13, 2012 9:41 pm

Diego escreveu:

......por isso e só por isso devemos estar atentos a lei e não sermos contrários a ela (debaixo dela), porque um dia seremos julgados por ela:


Irmão Diego, por favor responda:

Yeshua nasceu debaixo da Lei: "Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei," (Gálatas 4 : 4)

Mas segundo o seu texto, você está dizendo que o Nosso Salvador, nasceu contrário à Lei?
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Seg Fev 13, 2012 9:54 pm

Sharing escreveu:
Diego escreveu:

......por isso e só por isso devemos estar atentos a lei e não sermos contrários a ela (debaixo dela), porque um dia seremos julgados por ela:


Irmão Diego, por favor responda:

Yeshua nasceu debaixo da Lei: "Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei," (Gálatas 4 : 4)

Mas segundo o seu texto, você está dizendo que o Nosso Salvador, nasceu contrário à Lei?

Irmão Sharing, quem está dizendo que sob a lei é o mesmo que debaixo da lei é vc e não eu.
Yeshua nasceu sobre o rigor da lei, tendo a lei como diretriz, assim como todo e qualquer mortal, agora ele nunca esteve debaixo dela, pois nenhum ponto dela foi violada por ele. E nós não estamos debaixo dela justamente porque ele nos tirou dessa situação nos remediando com o perdão, daquilo que violamos da Torah.

Pecado é ou não a violação da Lei??? I Jo 3:4
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Seg Fev 13, 2012 10:13 pm

Diego escreveu:
Irmão Sharing, quem está dizendo que sob a lei é o mesmo que debaixo da lei é vc e não eu.

Quem diz isso é o texto bíblico, mas percebo que você não aceita, quando não lhe interessa.

A mesma palavra "sob" do grego, é usada nestes versículos:

Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. (Gálatas 5:1)

Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai. (Gálatas 4:2)


Diego escreveu:
Pecado é ou não a violação da Lei??? I Jo 3:4

O pecado é a violação da Lei para quem está debaixo da Lei (em obediência à Lei de Moisés).

Mas no caso do homem que morreu para a Lei......"Porque aquele que está morto está justificado do pecado." (Romanos 6 : 7)

Hoje, o pecado é não crer em Yeshua:

"E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim;" (João 16 : 9)
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Seg Fev 13, 2012 10:19 pm

Sharing escreveu:
Diego escreveu:
Irmão Sharing, quem está dizendo que sob a lei é o mesmo que debaixo da lei é vc e não eu.

Quem diz isso é o texto bíblico, mas percebo que você não aceita, quando não lhe interessa.

A mesma palavra "sob" do grego, é usada nestes versículos:

Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. (Gálatas 5:1)

Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai. (Gálatas 4:2)


Diego escreveu:
Pecado é ou não a violação da Lei??? I Jo 3:4

O pecado é a violação da Lei para quem está debaixo da Lei (em obediência à Lei de Moisés).

Mas no caso do homem que morreu para a Lei......"Porque aquele que está morto está justificado do pecado." (Romanos 6 : 7)

Hoje, o pecado é não crer em Yeshua:

"E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim;" (João 16 : 9)

BEIMMMMMMMM resposta errada.

I Jo 3:4 diz:

Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei.


avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Seg Fev 13, 2012 10:57 pm

Diego escreveu:

BEIMMMMMMMM resposta errada.

I Jo 3:4 diz:

Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei.



Sim irmão Diego, mas e o restante do texto de 1João 3???

O texto diz que o pecado é a transgressão da lei, mas e depois?

"E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado." (1 João 3 : 5)

Como é que ele tira os pecados?

"Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu." (1 João 3 : 6)

Temos que permanecer em Yeshua para não pecar!

"Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus." (1 João 3 : 9)

Este texto de Yeshua confirma tudo isso em poucas palavras:

"Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado." (Marcos 16 : 16)

Hoje, o pecado é não crer em Yeshua! O pecado é não permanecer nele! O pecado é não guardar seus mandamentos (João 14 : 21)
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Ter Fev 14, 2012 1:10 am

para todos!


Muito bem, conforme eu me comprometi, irei responder aos "disparates" do irmão CarlosB:


1º disparate:

"Por isso amigo, se você diz que crê em Yeshua e quer obedecer á lei com a desculpa que não é para a justificação, ainda é pior. Então porque a guarda? A prova que nós cremos na justiça de o Messias é que abandonamos a lei, o resto é conversa."

RESPSOTA:

Quem obedece a Lei para se justificar, jamais será justificado. Ninguém aqui no fórum que defende a vigência da Torah nunca afirmou, ou insinuou, que a Lei serve para justificar alguém, isto é coisa de fariseu hipócrita.
A pessoa que obedece a Lei, pela Fé no Messias, faz por amor e fidelidade a YHWH, demonstrando a sua Fé por meio das obras = OBEDIÊNCIA.
Como você ignora a Lei, não pode entender isto, já que você não a tem inscrita em seu coração por causa da sua "filiação" com o antimessias = o "anomos" = violador da Torah.
Na sua ignorância, você por acaso conhece, ou tem idéia do que significa o termo "iniquidade"?
Tenho certeza que não, mas com certeza já o leu nas Escrituras. Se lembra de Mateus 7:22,23? O que Yeshua disse?
"Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E, em teu nome, não expulsamos demônios? E, em teu nome, não fizemos muitas maravilhas?
E, então, lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade."
(ARC)
O termo "iniquidade" (do grego "anomos" = ausência de Lei, prática da violação da Lei, maldade; no hebraico "eola" = rebeldia, oposição à Lei), é conhecido no meio cristão (evangélicos e católicos) como sendo apenas "pecado", quando este é a transgressão da Lei, e não "ausência de Lei, prática da violação da Lei, rebeldia contra a Lei, oposição à Lei."

Ah, você só entende a Bíblia por meio do "espírito" então... Veja bem qual "espírito" tá te conduzindo, se não é o "espírito" do antimessias.


2º disparate:

"Querem por roupa velha em roupa nova; vinho novo em odre velho. Se soubesse o que quer dizer evangelho, nunca diria que devemos guardar as obras da lei."


RESPOSTA:

Como já vimos que você despreza a Antiga Aliança, esta palavrinha "evangelho" = Boas Novas, já existia muito antes do Messias vir anunciá-la:
Isaías 40:9: "Tu, anunciador de boas-novas a Sião, sobe a um monte alto. Tu, anunciador de boas-novas a Jerusalém, levanta a voz fortemente; levanta-a, não temas e dize às cidades de Judá: Eis aqui está o vosso Deus."

Isaías 41:27: "Eu sou o que primeiro direi a Sião: Eis que ali estão; e a Jerusalém darei um anunciador de boas-novas."

Isaías 52:7: "Quão suaves são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!"

Isaías 61:1: "O Espírito do Senhor JEOVÁ está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos e a abertura de prisão aos presos;"

Naum 1:15: "Eis sobre os montes os pés do que traz boas-novas, do que anuncia a paz! Celebra as tuas festas, ó Judá, cumpre os teus votos, porque o ímpio não tornará mais a passar por ti; ele é inteiramente exterminado." (ARC).

Você pode me indicar quem neste fórum disse que "devemos guardar as obras da Lei"??? Você sabe realmente o que é "obras da lei"???
Se soubesse, não falaria tanta tolice.

Análise de Gálatas 3:10 - quem eram os "das obras da lei"?
Resposta - aqueles que desejavam se justificar pelos dogmas farisaicos, religiosidade.

Por que os "das obras da lei" estavam "debaixo de maldição"?
Resposta - porque se estes obedeciam a dogmas para se justificarem, como poderiam obedecer à Torah? Sem fé no Messias Yeshua, sem ser justificado pela fé no Messias Yeshua, sem desenvolver a salvação pela fé no Messias Yeshua, ninguém pode obedecer à Torah verdadeiramente, pois na Brit Chadasha ela é inscrita nos corações (Jeremias 31:33).

O que era esta "maldição" em Gálatas 3:10?
Resposta - já que os "das obras da lei" não conseguiam obedecer à Torah pela fé em Yeshua, estes viviam debaixo da desobediência, isto é, debaixo do pecado, isto é, viviam transgredindo a Torah.

O que é "maldição da lei"? é a desobediência que acaba trazendo conseqüências.

O historiador Flávio Josefo afirmou que 90% das afiliações sectárias em Israel pertenciam a fariseus e essênios e em ambos os casos, a Torah (Lei de YHWH) era uma fração da lei judaica.
Muitos ainda desconhecem que na época do Messias existia um sistema religioso em Israel, que se preocupava mais com a religiosidade do que com a obediência a Torah do Eterno.

Em Romanos 7:22 ele diz: "Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na Lei de YHWH." A qual Lei ele se referia?

O que são as "obras da lei" (Gálatas 3:10)?
Durante séculos, o cristianismo tem alegado que quando o rabino Sha'ul se referiu às "obras da lei" estaria tratando da Torah (Lei de YHWH, Lei de Moisés).
Contudo, uma vez que pesquisamos o contexto judaico (que é o mais confiável possível) sobre as palavras de Sha'ul, aprendemos que o termo "obras da lei", no hebraico "Ma'assei HaTorá" se refere a prática rabínca de transformar um costume/hábito de grandes rabinos em mandamentos.

Ou seja, "obras da lei" seria a crença de que podemos ser jsutificados imitando os hábitos/costumes de pessoas "santas".
Enfim, esta interpretação do cristianismo não é bíblica.
O termo aparece frequentemente no Talmud, porém alguns cristãos alegavam que, como o Talmud é posterior, não havia comprovação de que na época de Yeshua o termo "obras da lei" já fosse um termo conhecido em Israel, e referido a atos rabínicos para a justificação por obras.
Porém, uma descoberta arqueológica nas cavernas de Qum'ran colocou totalmente por terra a falsa premissa do cristianismo. Eis um dos fragmentos do mar Morto:
"Agora escrevemos para vós algumas das obras da lei, aquelas que determinamos que fossem ser benéficas a todos...
E deverão ser reconhecidas por vós como justiça, em que vós têm feito o que é correto e bom perante Ele..."

(4QMMT (4Q394-399) Seção C linhas 26b-31).

Aqui vemos os oponemtes de Sha'ul saindo das páginas da Brit Chadasha e se materializando como figuras históricas: aqueles que criam na justificação pelas mesmas obras da lei.
O texto de Qum'ran é uma prova histórica e clara sobre o termo "obras da lei", sendo um termo teológico conhecido e explorado muito antes da vinda do Messias. Vemos também pelo texto uma alusão ás tradições rabínicas e não aos Mandamentos de YHWH.
Grupos como estes tentavam e ensinavam o povo a se jsutificarem diante de YHWH por hábitos/costumes, "as obras da lei" foram a base para as "takanot" (emendas á Torah), feita pelos rabinos.

A autora judia Tracey Rich, em seu livro "Judaism 101" (o "ABC" do judaísmo), admite na seção em que descreve a lei judaica:
"A Halachá também inclui leis que não se derivam das mitsvot (mandamentos da Torah)... Uma Takaná (lei rabíncia), assim como uma guezeirá (lei de cerca), é tão vigente quanto uma mitsvá da Torah."
Vemos claramente que, ao contrário da falsa alegação cristã, Sha'ul não falava da Torah, mas de um sistema religioso rabínico.
Existe uma profecia de Isaías sobre as "obras da lei": "Assim, pois, a palavra de ADONAI lhes será mandamento sobre mandamento, mandamento e mais mandamento, regra sobre regra, regra e mais regra: um pouco aqui, um pouco ali; para que vão, e caiam para trás, e se quebrantem, e se enlacem, e sejam presos.
Ouvi, pois, a palavra de ADONAI, homens escarnecedores que dominais este povo que está em Jerusalém.
Porquanto dizeis: Fizemos concerto com a morte e com o inferno fizemos aliança; quando passar o dilúvio do açoite, não chegará a nós, porque pusemos a mentira por nosso refúgio e debaixo da falsidade nos escondemos."
(Isaías 28:13-15).

Afinal, “Estamos ou não debaixo da graça e não debaixo da lei”? Será que Sha'ul anulou a lei que Yeshua não aboliu ( Mt 5:17) quando citou este versículo?
Não é difícil perceber que o contexto que Sha'ul aqui se refere, como judeu zeloso e cumpridor da Lei ( At 25:8;28:17), não é que a graça de ser salvo anulou a Lei, mas sim, aquele que teve a experiência do novo nascimento no Messias, ou seja, a natureza do pecado que habitava em nós deu lugar ao Espírito de YHWH, não estando mais sob o jugo da lei do pecado (natureza do pecado), que oprime, amarra e destrói o homem, o separando de YHWH, e nem do legalismo farisaico que impedia o homem de obedecer a Torah.
Uma coisa é entender o legalismo da lei, a outra é viver sob os princípios da Lei.
Se este versículo continua sendo entendido erroneamente pelos cristãos, então, é melhor que estes cristãos risquem todas as cartas de Sha'ul, os escritos dos profetas e toda a Torah de suas Bíblias, pois, encontramos nas Escrituras os inefáveis benefícios da Lei.


3º disparate:

"Claro que quem guarda a lei, não gosta disto, por isso os maiores perseguidores de Paulo eram os judeus de quem ele chamava de falsa circuncisão."

RESPOSTA:

Depende do modo como alguém a guarda: se é no modelo legalista, a pessoa precisa se converter a YHWH; se for no modelo do Messias, que OBEDECEU A LEI sem compactuar com o "fermento dos fariseus", tão combatido por Ele, que está ligado às "obras da lei" =- sistema legal farisaico, esta pessoa estará agradando a YHWH.
Os perseguidores de Sha'ul, além de estarem na incredulidade, eles não podiam compreender a Nova Aliança = que aperfeiçoou a Antiga.
Por isso, por causa desta incredulidade e desta falta de compreensão, é que foi escrito a Epístola aos Hebreus = que trata da superioridade a Nova Aliança sobre a Antiga.
Veja bem, neste aperfeiçoamento, houve substituição de muitas coisas feitas por esta Nova Aliança, e não por doutrinas cristãs, porém, o princípio espiritual permanece.
Porém, muitos destes princípios devem ser externados com boas obras,tanto para YHWH como para o próximo, as obras da Fé = OBEDIÊNCIA.



4º disparate:

"Mas o meu conselho é que se converta ao evangelho, e então Deus lhe dará olhos, ouvidos e coração para entender as coisas de Deus, que são espirituais, assim como o seu reino, sendo o próprio Deus também Espírito."

RESPOSTA:

Amado, eu não me converti ao evangelho. O evangelho é a abertura para o Reino de YHWH, que nos leva para o caminho estreito que conduz à Vida.
Eu me converti a YHWH, por meio da Pessoa e do Evangelho do Messias de Israel. O problema é que você não consegue enxergar as Escrituras de maneira espiritual, como você mesmo diz.
Você, com esta sua auto suficiência em relação a Israel, está aprisionado pelos dogmas do vaticano.
Que você possa se libertar por meio deste fórum.


5º disparate:

"Como disse a lei durou só até João batista. E Yeshua a cumpriu até que recebeu o ministério, a partir dai nunca mais a cumpriu."


RESPOSTA:

Esta declaração tão "tosca", já foi elucidada pelo nosso irmão Diego.


6º disparate:

"Afinal vocês não crêm na biblia? Para vocês o o Messias veio mas tudo fica na mesma. Quando jeremias diz que faz outra aliança porque eles inutilizaram a primeira, para vocês é mais uma. Paulo diz que tudo o que é da lei é maldição para vocês continua a ser bom."


RESPOSTA:

É até meio difícil responder este "disparate", por causa do tamanho da ignorância.
Quando Sha'ul disse que "tudo o que é da lei é maldição"??? Bom, deve ser na bíblia do antimessias.
Romanos 3:31: "anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma! Antes, estabelecemos a lei."

Romanos 7:12: "Assim, a lei é santa; e o mandamento, santo, justo e bom."

Romanos 7:14: "Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado."

Vemos as palavras de Sha'ul, que estão nas Escrituras Sagradas, contrariando as "supostas" palavras do Paulo.



7º disparate:

"Por isso ele dizia: vocés pensam que tem vida eterna na torah, mas ela fala é de mim. E nâo quereis vir a mim para terdes vida (joão 5:39-40). É por isso que paulo diz que o fim da lei é o Messias (rm.10:4.). Diz o fim da lei, e não a continuação. Ou seja: jà tem um raciocinio pre determinado e colocam a biblia dependente desse raciocinio, em vez do contrário.
Isso não é fé, é sofisma."

RESPOSTA:

Olha, você quis mudar o teor das palavras do Messias só para satisfazer sua crença, eim! Que absurdo!
Você quis usar o texto na LH e escreveu errado, e mudou o sentido da frase. Leia o texto como ele é:
"Vocês estudam as Escrituras Sagradas porque pensam que vão encontrar nelas a vida eterna. E são elas mesmas que dão testemunho a meu favor."(NTLH).

Yeshua disse que as mesmas Escrituras (Antigo Testamento = Lei e os Profetas), as mesmas, as idênticas, que os judeus procuravam buscar a vida eterna nelas (e eles não estavam longe da Verdade), estas mesmas é que davam testemunho Dele, o Messias.
Yeshua não invalidou o Antigo Testamento, isto é o que você quis dizer.

Veja o tamanho de sua tendenciosidade:

Aqui está o mesmo texto em 3 versões diferentes, sendo que uma delas está de acordo com os originais:
"Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam." (ARC);

"Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim." (ARA);

"Examinais o Tanach, porque julgais ter nele a vida eterna; e é ele que dá testemunho de Mim;" (Peshitta).

Viu a diferença??? Quer defender sua crença, faça isso sem "fantasiar" as Escrituras.


8º disparate:

"A lei dizia para guardar o sábado, ele transgredia-o, de tal forma que eles afirmavam que ele não era de Deus porque não guardava o sàbado.
Podia estar aqui com uma lista intetminável de transgressões da lei. E é por isso que estavam sempre a querer matá-lo. Tanto que transgredia que a escritura diz que ele se fez maldição, e por isso morreu na cruz conforme o ordenado na lei para o falso profeta (gl.3:13)."


REPOSTA:

Parece que você tem mais fé na doutrina dos fariseus (Mateus 16:12), do que nas Escrituras. Você já leu 1 João 3:4?
"Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei."

Você já leu Romanos 3:20?
"visto que ninguém será justificado diante dele por obras da lei, em razão de que pela lei vem o pleno conhecimento do pecado."

Use sua inteligência e deixe seus dogmas cristãos de lado, pelo menos por um instante:
Se Yeshua cumpriu a Lei, e se Ele não teve pecado, que é a transgressão da Lei, como se explica neste universo, neste mundo, nesta vida, QUE ELE VIOLOU O SÁBADO, QUE É O 4º MANDAMENTO???
Mas aí, você usando sua inteligência, me dirá: "está escrito em João 5:18!"

Continue usando sua inteligência e analise com calma o texto:
Nele, o apóstolo João aponta o motivo que despertou o desejo nos judeus incrédulos de matarem o Messias deles = violar o sábado e se fazer igual a YHWH.
Como já vimos que foi impossível o Messias ter violado o Sábado, segundo a Torah, eu te pergunto: alguma vez Yeshua quis se fazer igual a YHWH???
A resposta está nas Escrituras: Filipenses 2:6: "...que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus." (ARC);

"Ele tinha a natureza de Deus, mas não tentou ficar igual a Deus." (NTLH);

"...pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus." (ARA);

"...o qual existia na forma de Elohim mas não considerou o ser igual a Elohim como presunção." (Peshitta).

Apenas uma coisa Ele fez realmente, segundo o texto: dizia que YHWH era o Seu próprio Pai.

Então, por que o texto diz: "não só violava o sábado" e "fazendo-se igual a Deus", sendo que Ele não fez nenhuma das duas coisas???
É porque João escreveu este texto levando em conta a interpretação dos judeus incrédulos, isto é, segundo a interpretação dos judeus incrédulos, que se baseava no "fermento dos fariseus", Yeshua "violou" o sábado e quis se fazer igual a YHWH, dizendo ser Seu Filho.


9º disparate:

"Amigo, ou somos da graça, ou somos da lei; ou somos da fé ou somos das obras; ou somos sim ou somos não, o que passa disso, disse Yeshua que provém do maligno. Ou és frio ou és quente, porque o morno será vomitado.
Quanto ás ofensas, nem vou comentar. Eu só falei o que está escrito. Não é a biblia que tem de ser corrigida pelo homem, mas o homem pela biblia. E até agora só vi um forista neste tópico que realmente crê em Deus, que é o sargento. Crê no que está escrito e não dissimula."


RESPOSTA:

Amigo, crer no que está escrito é uma coisa. Agora, interpretar da maneira correta é outra coisa muito diferente!
Nós cremos no que está escrito, não segundo esta teologia cristã ligada em Roma, nem segundo a opinião de quem defende tradição alguma, nem em interpretações antissemitas.
O fato de defendermos a permanência da Torah, plenificada pelo Messias e aperfeiçoada pela Nova Aliança, não significa que "somos da lei", como eram os que quiseram se justificar por ela.
Você lê mesmo a Bíblia???
Então, leia Atos 21:20: "E, ouvindo-o eles, glorificaram ao Senhor e disseram-lhe: Bem vês, irmão, quantos milhares de judeus há que crêem, e todos são zelosos da lei."

A qual "lei" eles eram zelosos? A lei do Messias, que Ele praticou e ensinou?
Vamos para a Bíblia:
João 7:16,17: "J esus respondeu e disse-lhes: A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou.
Se alguém quiser fazer a vontade dele, pela mesma doutrina, conhecerá se ela é de Deus ou se eu falo de mim mesmo."
(ARC).

Qual é a doutrina de YHWH???
Torah = lei, instrução, ensino, doutrina.

Em Romanos 10:4, o termo "fim" substituiu o termo "finalidade"(propósito, alvo) do grego "teloes", para difundir a idéia de que a Lei acabou.
O mesmo termo "fim" é usado em 1 Pedro 1:9, no grego está também "teloes", indicando que a finalidade da fé é a salvação e não "o fim da fé é a salvação" (leia e entenda);
Em Apocalipse 22:14 o termo "lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro" não existe no grego, nem no hebraico e nem no aramaico! O termo traduzido corretamente é "guardam os Seus mandamentos".


Existem mais "disparates" seus, mas o irmão Diego já nos fez o favor de refutá-los.


Irmão CarlosB, se caso você quiser tratar sobre as Duas Alianças, fique à vontade e crie um tópico a respeito disto e ficaremos felizes em debater sobre este tema com você.



avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por tonycareca em Ter Fev 14, 2012 7:50 am

Carlos,
Nao adianta, a sua dureza de entendimento chega a ser dramatica....Voce le o texto e nao sabe o que veio antes faca um favor e leia a biblia,ja te falei que voce le e acredita so no que te interessa,que e desafiar as sagradas escrituras.leia com calma atos 21,mas leia com atencao a partir dos versos 21 ,que eles estavam ouvindo boatos,rumores, a repeito do nao cumprimento de votos e algumas ensinancas sobre a circunsisao.

Quando voce vai ao verso 24 que e, o versiculo em questao voce se apega nele de unhas e dentes e dai para entender isso e necessiario que compreenda de maneira correta a atitude do mesmo apostolo,voce quer ver?

Era necessario agir para evitar o confronto violento entre os " zelosos" pois eles acreditaram nos boatos do vesiculo 21:21.

Embora os argumentos do v.21 confirmem a lealdade de Paulo ao judaismo e a torah,muitos cristaos supoem que Paulo deixou de ser judeu quando passou a crer em yeshua,e que deixou de observar a lei, e comecou a ensinar outros judeus crentes a agir da mesma forma.Mas aqueles que sustentam essa opiniao( inclusive voce ) equivocada tem um problema grave com a etica desses versiculos. Se Paulo realmente nao fosse um praticante da torah,se ele realmente ensinou os judeus da diaspora a nao circuncidarem seus filhos e a nao seguirem as tradicoes,entao ele e Tiago ficam expostos por orquestrarem um embuste para enganar os judeus crentes e zelosos da torah,que tinha como objetivo descartar a verdade que tinham ouvido e, em vez disso,acreditar em uma mentira.Nao existe nada em nenhum trecho do novo testamento que justifique essa forma de compreender o comportamento de Tiago,Paulo ou de qualquer outro.

esta claro no verso 24 que os quatro homens eram pobres;caso contrario,eles poderiam pagar pelos proprios animais e presentes.Na qualidade de patrocinador,Paulo precisa fazer mais que meramente pagar as despesas: ele tambem precisa ser aceito pelos sacerdotes e ser purificado ritualmente.O processo levou varios dias.
Todos saberao do grego GNOSONTAI.Essa frase implica certo conhecimento do que e verdadeiro,em contraposicao `aquilo que "eles ouviram falar" ( v.21 ).Isso significa que Tiago ja compreendia perfeitamente,e que os crentes zelosos de jerusalem logo veriam,que nao a verdade nos rumores ouvidos a respeito de Paulo;ao contrario,nas palavras de Tiago a Paulo, voce se pauta ( do grego STOICHEIS,andar,ficar na linha; estar nas fileiras ") pela torah.A autoridade de Tiago esta por tras da afirmacao de que Paulo praticava a Torah.

Dessa maneira Carlos,mais uma vez voce esta conseguindo ter o privilegio de descobrir mais uma coisa que voce atribui ao Apostlo,mas que voce entende de forma diferente, e equivocada,so porque voce quer...ou melhor so para satifazer o seu ego,continuar duvidando,e criando polemica onde nao existe. .

tonycareca
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 67

Cidade Cidade : Dallas

País País : EUA

Inscrição Inscrição : 16/10/2011

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por tonycareca em Ter Fev 14, 2012 8:02 am

Para o sharim!
Meu amigo voce fala em lei de Moises,como se Moises tivesse escrito alguma lei...me mostra um versiculo que diga que Moises criou a lei..ou que saiu a ideia de escrever a lei da cabeca dele....voce e o Carlos tem feito confusao e misturando ensinamentos sobre a circunsisao,com a lei dos des Mandamentos,Nao estou confundindo voces,mas experimente agir de maneira equilibrada e procure com calma onde Moises escreveu alguma lei vinda dele mesmo...tudo o que foi escrito nos mandamentos foi dado ,ditado e escrito com o dedo de D-us...ou voce viu um lugar na biblia que esteja afirmando que ele Moises escreveu? me explica por favor porque era chamado lei de Moises,vamos ver se pelo menos isso voce consegue fazer de maneira correta sem e exageros e sem a distruicao do que esta escrito?

tonycareca
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 67

Cidade Cidade : Dallas

País País : EUA

Inscrição Inscrição : 16/10/2011

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por tonycareca em Ter Fev 14, 2012 8:04 am

Barreto!
Acertadissima sua descricao dos fatos e ocorrido.

tonycareca
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 67

Cidade Cidade : Dallas

País País : EUA

Inscrição Inscrição : 16/10/2011

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Diego Yo'ets em Ter Fev 14, 2012 12:09 pm

Sharing escreveu:
Diego escreveu:

BEIMMMMMMMM resposta errada.

I Jo 3:4 diz:

Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei.



Sim irmão Diego, mas e o restante do texto de 1João 3???

O texto diz que o pecado é a transgressão da lei, mas e depois?

"E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado." (1 João 3 : 5)


E o restante do texto, anulou o texto??? Pecado é ou não transgressão a Lei???
O Texto diz: PECADO É TRANSGRESSÃO DA TORAH. Quer que eu desenhe???

O fator de Yeshua nos retirar os pecados, justamente significa que transgredimos a Lei, e na misericórdia e graça de seu PAI, ele nos perdoa, por sermos fracos e dia após dias pecamos (transgredimos).

Como é que ele tira os pecados?

"Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu." (1 João 3 : 6)

Temos que permanecer em Yeshua para não pecar!

Só falta vc dizer que não comete pecados, que não transgride a lei.

Vc sabia que é mentiroso todo aquele que diz não ter pecado??? (I Jo 1:10)

Estando ou não no Messias cometemos pecados, a diferença é que estando no Messias os pecados são retirados, e não estando o pecado se revela e mata, sendo assim o crente tem que se policiar e não sair invalidando a segunda aliança para que não ocorra uma invalidação como na primeira aliança. O Crente deve buscar a SANTIFICAÇÃO que é o oposto da violação da TORAH. Na fé genuína as obras são assistidas.

"Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus." (1 João 3 : 9)

Linkagem de textos dá nisso. O Texto deve ser interpretado a luz do contexto, ou seja, levado em consideração que o perdão existe, o pecado existe e assim o novo nascido tem que se esforçar para não entrar em ilegalidades, ou será que sua carne não guerreia com seu espírito? Ou será que sua carne não vence vez por outra??


Este texto de Yeshua confirma tudo isso em poucas palavras:

"Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado." (Marcos 16 : 16)

Hoje, o pecado é não crer em Yeshua! O pecado é não permanecer nele! O pecado é não guardar seus mandamentos (João 14 : 21)

De fato não crer no Messias é um pecado, até porque é dele que a Lei fala, logo não obedecer a Lei é transgressão, como diz João.

Não cumprir os mandamentos de Yeshua é sim pecado, concordo, até porque o MODO de vida de Yeshua (o qual temos que nos espelhar) demonstra fielmente como guardar a lei do Pai, que Yeshua tanto ensinou.

Conclusão: Pecado é a transgressão da TORAH e I Jo 3:4 não pode estar mentindo uma vez que se a lei estivesse abolida outros texto tbm estariam errados ( RM 2:12,13. Tg 2: 11,12 etc, etc, etc, etc....)

..
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2106

Idade Idade : 35

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Qua Fev 15, 2012 4:24 pm

Irmão Diego, quem conhece a Lei sabe que não era permitido fazer nenhum tipo de trabalho no sábado:

"Seis dias se trabalhará, porém o sétimo dia é o sábado do descanso, santo ao Senhor; qualquer que no dia do sábado fizer algum trabalho, certamente morrerá." (Êx 31:15)

Veja o que aconteceu com o homem que estava apenas apanhando lenha no sábado:

"Estando, pois, os filhos de Israel no deserto, acharam um homem apanhando lenha no dia de sábado. E os que o acharam apanhando lenha o trouxeram a Moisés e a Arão, e a toda a congregação. E o puseram em guarda; porquanto ainda não estava declarado o que se lhe devia fazer. Disse, pois, o SENHOR a Moisés: Certamente morrerá aquele homem; toda a congregação o apedrejará fora do arraial. Então toda a congregação o tirou para fora do arraial, e o apedrejaram, e morreu, como o Senhor ordenara a Moisés. (Números 15:32-36)

Ou seja, pela Lei também não era permitido o trabalho de colher alimentos no sábado. Mas, Yeshua e seus discípulos colheram no sábado. E qual foi a explicação do Nosso Senhor sobre isso?

Mateus 12:
1 Por aquele tempo, em dia de sábado, passou Yeshua pelas searas. Ora, estando os seus discípulos com fome, entraram a colher espigas e a comer.
2 Os fariseus, porém, vendo isso, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos fazem o que não é lícito fazer em dia de sábado.
3 Mas Yeshua lhes disse: Não lestes o que fez Davi quando ele e seus companheiros tiveram fome?
4 Como entrou na Casa de Deus, e comeram os pães da proposição, os quais não lhes era lícito comer, nem a ele nem aos que com ele estavam, mas exclusivamente aos sacerdotes?
5 Ou não lestes na Lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado e ficam sem culpa? Pois eu vos digo:
6 aqui está quem é maior que o templo.
7 Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero e não holocaustos, não teríeis condenado inocentes.
8 Porque o Filho do Homem é senhor do sábado.

Veja bem, Yeshua confirma que não era lícito a Davi fazer tal coisa, mas profeticamente Davi representa o Rei dos reis Yeshua. Neste sentido quem está no Rei dos Reis e Senhor dos Senhores não sofre a condenação da Lei, por isso é que não peca, entendeu?

Quem está inserido em C risto, faz parte do seu corpo. Ele é a cabeça e nós os membros, portanto somos um só corpo (Rom 12:5). Quem permanece no corpo do Messias não peca segundo a Lei.

"Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu." (1João 3:6) "Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca." (1João 5:18)

Não peca segundo a Lei do Antigo Testamento, porque morremos para a Lei pelo batismo, para sermos nova criatura em C risto J esus.

É claro que o pecado ainda existe no mundo, e ainda sofremos tentações na carne, mas a Lei do Antigo Testamento não tem poder sobre aquele que é nascido da água e do espírito. (Rom 7:6)

A força do pecado é a Lei, mas quem está morto para a Lei, logo o pecado não tem força sobre ele. Não podemos ser condenados por uma lei que não vivemos nela (Rom 4:15). "Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus." (Gálatas 2 : 19)

Imagine alguém sendo julgado pela Lei de outro país, sendo que ela nunca saiu do seu próprio país. Isso não funciona, não é? Pois é, por isso nós vivemos pela Lei do Espírito / Lei do Messias e não pela Lei da Antiga Aliança. (Rom 8:2)

Paz!


Última edição por Sharing em Qua Fev 15, 2012 7:34 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Sharing em Qua Fev 15, 2012 5:36 pm

tonycareca escreveu:Para o sharim!
... me explica por favor porque era chamado lei de Moises,vamos ver se pelo menos isso voce consegue fazer de maneira correta sem e exageros e sem a distruicao do que esta escrito?

Olá Tony,

A Lei é chamada de "Lei de Moisés" porque Moisés foi o mediador da Antiga Aliança:

"Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro." (Gálatas 3 : 19)

Portanto, não é errado dizer Lei de Moisés, veja:

"Filipe achou Natanael, e disse-lhe: Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: Yeshua de Nazaré, filho de José." João 1:45
"E de tudo o que, pela lei de Moisés, não pudestes ser justificados, por ele é justificado todo aquele que crê." Atos 13:39

Até mesmo Yeshua falou sobre a "Lei de Moisés"

"E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos." (Lucas 24:44)
"E Yeshua, respondendo, disse-lhes: Pela dureza dos vossos corações vos deixou ele escrito esse mandamento;" (Marcos 10:5)
"Se o homem recebe a circuncisão no sábado, para que a lei de Moisés não seja quebrantada, indignais-vos contra mim, porque no sábado curei de todo um homem?" (João 7:23)

"Não vos deu Moisés a lei? e nenhum de vós observa a lei. Por que procurais matar-me?" (João 7:19)
avatar
Sharing
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 77

Idade Idade : 47

Cidade Cidade : São Paulo

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 18/10/2011

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qua Fev 15, 2012 11:38 pm

para todos!


Irmão Sharing, qual é o seu problema????

Já foi provado para você biblicamente aqui mesmo,

http://www.torahweb.net/t1301p20-o-fim-da-lei-e-o-messias

que as expressões Lei de YHWH e Lei de Moisés são a mesma coisa, e você insiste em afirmar que elas são coisas distintas!

Vai lá, clica no link acima, releia o post de novo e nos prove, BIBLICAMENTE, que Lei de Moisés e Lei de YHWH são distintas, mas não venha só com teologia cristã não, mostre na Bíblia.

O próprio ICP (Instituto Cristão de Pesquisas = http://www.icp.com.br/), em uma de suas apostilas apologéticas, na parte onde eles tratam dos Adventistas do 7º dia, eles admitem que não há distinção entre Lei de YHWH e Lei de Moisés.

Pare de fazer esta diferenciação sem contextos bíblicos.

avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Convidad em Qui Fev 16, 2012 12:00 am

Sharing escreveu:

Veja bem, Yeshua confirma que não era lícito a Davi fazer tal coisa, mas profeticamente Davi representa o Rei dos reis Yeshua. Neste sentido quem está no Rei dos Reis e Senhor dos Senhores não sofre a condenação da Lei, por isso é que não peca, entendeu?


Interpretação totalmente equivocada irmão Sharing, isto porque você não estudou sobre a Torah, nem sobre o "fermento" dos fariseus.

Preste atenção:

Por que o Sacerdote DEU a Davi os Pães Sagrados???
Yeshua já nos disse: PORQUE DAVI TEVE FOME.

E na Torah, A VIDA VALE MAIS DO QUE O PRECEITO.

É lícito, é permitido transgredir a Torah para preservar a vida de alguém ou a sua própria!

Há exceções? Sim!

Pelo menos 3: Idolatria, relações sexuais ilícitas e entregar alguém para morrer no seu lugar.

E por que Yeshua disse que os Sacerdotes violavam o Sábado e ficavam sem culpa?
Esta, vou deixar para ver se você sabe a resposta para nós.

Tente responder, e então continuaremos o assunto....









avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O fim da Lei é o Messias

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 13 de 16 Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14, 15, 16  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum