Últimos assuntos
» 666
Seg Jun 26, 2017 9:58 pm por Gessimiel

» Pena de morte para bandidos
Seg Jun 19, 2017 6:50 am por Isaque palazon

» Os 7 (sete) Espíritos de YHWH
Qua Fev 22, 2017 12:16 am por azzi

» Apresente-se aqui
Qua Nov 23, 2016 2:40 pm por Paulo Henrique Gasparino

» Viver em Israel - Imigração
Dom Nov 20, 2016 1:43 pm por Oziel rodrigues

» Judeus Messiânicos e suas heresias.
Sex Out 21, 2016 6:59 am por EderTe

» A "Fé Evangélica" é genuinamente bíblica?
Ter Out 18, 2016 9:35 pm por Roberto Gavazza

» 2 samuel 24:1 x 1 cronicas 21:1
Ter Out 18, 2016 7:17 pm por Roberto Gavazza

» Bnei Noach
Ter Out 18, 2016 3:27 pm por Roberto Gavazza

» Decifrando o Apocalipse
Ter Out 11, 2016 11:05 pm por Gessimiel

Menu
  Add a Favoritos

  Home Page

  Regras do fórum

  Portal

  Fórum

  Registre-se

  Quem somos

  Normas e Dicas

  Estudos biblico

  Mapa de Israel

  História de Israel

  Aula de Hebraico

  Dicionário biblico

  Biblia em Hebraico


Calendário biblico
Estatísticas
Temos 4254 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Erick Silva

Os nossos membros postaram um total de 16978 mensagens em 1199 assuntos

Yeshua principio criador ou principio criado ?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Camilo em Sab Jan 15, 2011 12:24 am

Yeshua PRINCIPIO CRIADOR OU PRINCIPIO CRIADO???



Seria Yeshua o Criador de Tudo ou Criado por YHWH???



Vamos analisar todos os versos bíblicos!



(Apocalipse 3:14) - E ao anjo da igreja que está em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de YHWH:



(Colossenses 1:15) - O qual é imagem do YHWH invisível, o primogênito de toda a criação;



Quando diz principio da Criação não está dizendo que ele é principio criado, em gênesis diz que ele é Principio Criador:



(Gênesis 1:1) - NO princípio criou YHWH os céus e a terra.



Isaias e Jó dizem que ele (Yeshua) criou tudo sozinho:

(Jó 9:8) - O que sozinho estende os céus, e anda sobre os altos do mar.



(Isaías 44:24) - Assim diz o SENHOR, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o SENHOR que faço tudo, que sozinho estendo os céus, e espraio a terra por mim mesmo;



Mas quem é este que no principio fez tudo sozinho???



A Bíblia em todos os seus versos diz ser YEHOSHUA HÁ MASHIAH (Yeshua haMashiach)



(João 1:1) - NO princípio era o Verbo e o Verbo era YHWH.



(João 1:3) - Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.



(João 1:10) - Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu.



(Colossenses 1:16) - Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.

(Colossenses 1:17) - E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.



Observemos se tudo foi criado NELE, POR ELE E PARA ELE então Yeshua é o Criador e não criação ou criatura, a interpretação das escrituras tem que se basear em todos os versos, note abaixo que Yeshua é o pai da Eternidade e como sendo YHWH não teve principio de criação e nem fim de vida segundo a figura de Melquisedeque..



(Isaías 9:6) - Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, YHWH Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.



(Hebreus 7:3) - Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida...



E como explicar porque primogênito de toda criação???

1º lugar primogênito significa PRIMO (primeiro) GÊNITO (gerado)



De toda a criação Yeshua é primeiro humano Gerado por YHWH no mundo e gerado dos mortos.



(Hebreus 1:6) - E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de YHWH o adorem.

(Colossenses 1:18) - E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência ou em tudo ele é o primeiro ou está em primeiro lugar.



E quando se compara Yeshua com a Sabedoria???

Se Yeshua é a Sabedoria e foi Criado ai então a discrepância e grave erro!

Pergunto eu!!!



Como YHWH criou a Sabedoria sem ter sabedoria???

Se houve um tempo no qual a sabedoria não existia então também houve um tempo em que YHWH não tinha sabedoria???

Falta de sabedoria é afirmar que YHWH criou a Sabedoria sem ter Sabedoria!!!



(Provérbios 8:22) - O SENHOR me possuiu no princípio de seus caminhos, desde então, e antes de suas obras.

(Provérbios 8:23) - Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra.

(Provérbios 8:24) - Quando ainda não havia abismos eu já existia, quando ainda não havia fontes carregadas de águas.

(Provérbios 8:25) - Antes que os montes se houvessem assentado, antes dos outeiros, eu já existia.

(Provérbios 8:26) - Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem o princípio do pó do mundo.

(Provérbios 8:27) - Quando ele preparava os céus, aí estava eu, quando traçava o horizonte sobre a face do abismo;

(Provérbios 8:28) - Quando firmava as nuvens acima, quando fortificava as fontes do abismo,

(Provérbios 8:29) - Quando fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando, quando compunha os fundamentos da terra.



A verdade é que Yeshua dev ser adorado como Eterno Criador de tudo e não criatura ou criação!



(Mateus 2:2) - Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.

(Mateus 2:11) - E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram...



(Romanos 1:20) - Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;

(Romanos 1:25) - Pois mudaram a verdade de YHWH em mentira, e honraram e adoraram mais a criatura do que o Criador, que é Yeshua bendito eternamente. Amém.
avatar
Camilo
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 411

Cidade Cidade : Lorena sp

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 06/06/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Xan Berg em Sab Jan 15, 2011 8:24 am

Camilo escreveu:Yeshua PRINCIPIO CRIADOR OU PRINCIPIO CRIADO???

Seria Yeshua o Criador de Tudo ou Criado por YHWH???

Vamos analisar todos os versos bíblicos!

(Apocalipse 3:14) - E ao anjo da igreja que está em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de YHWH:



(Colossenses 1:15) - O qual é imagem do YHWH invisível, o primogênito de toda a criação;



Quando diz principio da Criação não está dizendo que ele é principio criado, em gênesis diz que ele é Principio Criador:

(Gênesis 1:1) - NO princípio criou YHWH os céus e a terra.
....


Camilo

Bem... a coisa não é por aí pois em Apocalipse vemos que Yeshua é o principio, o primeiro, de toda a criação de YHWH.

Em Genesis 1:1 nos textos em hebraico nos informam que quem criou o mundo não foi nem Yeshua, nem Elohim, mas YHWH, assim como lemos na Torah que YHWH é um, logo, querer confundir a pessoa de Yeshua (filho) com YHWH (Pai) é um erro sem precendentes.

Quanto aos outros argumentos relacionados a adoração a Yeshua e unicidade do Pai, nós ja temos um topico relcionado a este tema e o Valdomiro ja bem explanou esta questão, confira os links abaixo e tire suas duvidas.


http://www.torahweb.net/t784p160-yeshua-j-esus-deve-ser-adorado#12670


http://www.torahweb.net/t784p120-yeshua-j-esus-deve-ser-adorado#12600

avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Camilo em Sab Jan 15, 2011 11:18 pm

Camilo

Bem... a coisa não é por aí pois em Apocalipse vemos que Yeshua é o principio, o primeiro, de toda a criação de YHWH.

Em Genesis 1:1 nos textos em hebraico nos informam que quem criou o mundo não foi nem Yeshua, nem Elohim, mas YHWH, assim como lemos na Torah que YHWH é um, logo, querer confundir a pessoa de Yeshua (filho) com YHWH (Pai) é um erro sem precendentes.


xã shalom.
A coisa é por aqui sim!
Erro sem precedentes ao meu ver é deixar de dar a Yeshua a sua glória devida, mas aquele tem ouvidos para ouvir que ouça, Yeshua é o D'eus da Glória e criador de todas as coisas ele é o primeiro e o último, antes e depois dele não há ninguém e nem nada que possa supera-lo.

(Apocalipse 1:11) - Que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro; e o que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia.
(Apocalipse 2:8) - E ao anjo da igreja que está em Esmirna, escreve: Isto diz o primeiro e o último, que foi morto, e reviveu: (Apocalipse 22:13) - Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro.
YHWH disse através de Isaías: "Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há YHWH" (Is. 44:6). Yeshua, quando apareceu a João na ilha de Patmos, lhe disse: "Não temas; eu sou o primeiro e o último. Eu sou o que vivo..." (Ap. 1:17-18); portanto, dado que não há ‘dois primeiros e dois últimos’ Yeshua haMashiach é YHWH. Yeshua não disse ser o segundo (neste caso seria como dizer que ele tinha sido criado antes da fundação do mundo), mas disse ser o primeiro, fazendo-se assim igual a YHWH Pai. Presunção porventura? Para todos nós que o conhecemos não, porque Ele em verdade é o único verdadeiro YHWH que é de eternidade a eternidade. "

Este é o meu D'eus que também é o mesmo D'eus de Israel

Ÿ Nos Salmos está escrito: "Pela palavra do Senhor foram feitos os céus..." (Sal. 33:6), e como Yeshua haMashiach é a Palavra de YHWH feita carne ("E a Palavra se fez carne" [João 1:14]), tanto é que o seu nome é a Palavra de YHWH, ele não pode ser um YHWH inferior ao grande YHWH porque num outro lugar está escrito que "no princípio criou YHWH os céus..." (Gen. 1:1). Em outras palavras, como a criação dos céus é atribuída tanto a YHWH como à Palavra de YHWH, esta é YHWH: e como Yeshua é a Palavra de YHWH, ele é YHWH.

E

Nos Salmos está escrito: "Eu clamo: YHWH meu, não me leves no meio dos meus dias, tu, cujos anos alcançam todas as gerações. Desde a antiguidade fundaste a terra; e os céus são obra das tuas mãos. Eles perecerão, mas tu permanecerás; todos eles, como um vestido, envelhecerão; como roupa os mudarás, e ficarão
mudados. Mas tu és sempre o mesmo, e os teus anos não acabarão" (Sal. 102:24-27). Estas palavras (de "Desde a antiguidade fundaste a terra..." em diante) na carta aos Hebreus são aplicadas pelo escritor ao Filho de YHWH porque antes de citá-las está dito: "Do Filho Yeshua diz" (Heb. 1:8) e depois: "Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra..." (Heb. 1:10). Ora, dado que sabemos que aquele que no princípio criou os céus e a terra é YHWH, por conseguinte, o Filho é YHWH.

O meu testemunho é a vida eterna.
shalom.
avatar
Camilo
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 411

Cidade Cidade : Lorena sp

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 06/06/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Camilo em Sab Jan 15, 2011 11:31 pm

Xã para vc e o Valdomiro que são Dualistas, diga-me em Nome do Eterno qual dos dois é o primeiro e qual é o último?
Yeshua ou YHWH?
Pode me responder???

(Isaías 44:6) - Assim diz o YHWH, Rei de Israel, e seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há YHWH.

(Apocalipse 2:8) - E ao anjo da igreja que está em Esmirna, escreve: Isto diz o primeiro e o último, que foi morto, e reviveu:

Não podem haver dois primeiros e dois últimos podem????????????????
avatar
Camilo
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 411

Cidade Cidade : Lorena sp

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 06/06/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Camilo em Dom Jan 16, 2011 3:37 am

Pois é jefté bom entendedor é vc amado!

(Gênesis 1:1) - NO princípio criou D'eus (O mundo) os céus e a terra.

(Jeremias 51:15) - Ele fez a terra com o seu poder, e ordenou o mundo com a sua sabedoria, e estendeu os céus com o seu entendimento.

(João 1:10) - Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu.

(Atos 17:24) - O D'eus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;

O D'eus que fes o mundo é Yeshua!
avatar
Camilo
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 411

Cidade Cidade : Lorena sp

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 06/06/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por haShaliach em Qui Fev 24, 2011 1:08 pm

Interessante seu posicionamento irmão camilo. Aliás, né?

Mas então me diga uma coisa, desta forma você crê que Yeshua NÃO FOI CRIADO e portanto existe desde sempre?

Mas se ele não foi criado como pode ser o princípio da criação de YHWH?

Ou crê que, apesar de ter sido criado, o mesmo ainda assim é YHWH?
avatar
haShaliach
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 669

Cidade Cidade : Esparta

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 06/01/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Yeshua principio Criador ou Principio Criado

Mensagem por Hilel em Qui Fev 24, 2011 11:57 pm

Olá amigo Camilo! gostaria de comentar este assunto se você me permitir é claro!
Bem, este é um assunto bem debatido entre as muitas religiões, gostaria de expressar aqui não um ponto de vista religioso mas, o que a meu ver é a essencia das escrituras.
Primeiro, se acreditarmos que YHWH e Yeshua são a mesma pessoa temos então que explicar muitas contradições nas escrituras, por exemplo: Todos acreditam que Yeshua morreu por nossos pecados, então ele não poderia ser D-us, pois D-us não pode morrer, se Yeshua fosse o Proprio YHWH, quem então ressucitou a Yeshua? ele se auto-ressucitou? apesar de haver passagens no NT que parecem indicar que Yeshua as vezes personifica a pessoa do Proprio D-us, não devemos nos confundir, pois Yeshua é um servo do altissimo, e mediador, não existe mediação de si mesmo.
Quando João escreve que no principio era o "verbo"... ele não está especifica e literamente falando da pessoa de Yeshua, ele está falando de "logos" ou seja a palavra de D-us, que se manisfestava, se materializava a cada expressão sagrada, Yeshua é na realidade uma realização ou cumprimento da palavra de YHWH, mas isso não significa que Yeshua era um ser consciente antes de nascer de Maria, ele existia somente nos planos de D-US, veja o que Yeshua diz em Jo 5:41. Yeshua é chamado de primogênito da criação devido ao fato de Yeshua ser considerado um Adão ICor 15:45, perfeito tal qual era o primeiro Homem antes de pecar, nosso D-us ver em Yeshua um novo começo, todas as coisas criadas por YHWH, são na verdade "logos de Theos" ou DEVARIM Elohim, (palavras de YHWH) que estavam no inicio com YHWH e eram parte do próprio YHWH...

Hilel
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 28

Cidade Cidade : Ipueiras-ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 19/08/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Yeshua Principio Criador ou Principio Criado

Mensagem por Hilel em Sex Fev 25, 2011 8:01 pm

Olá novamente amigos, apesar de vocês não terem respondido as minhas perguntas com argumentos, mas apenas citaram outras passagens, eu vou responder as vossas citações: Jo. 8:58, essa expressão usada por Yeshua não é literal, ele estava apenas citando um texto da torah onde o próprio D-us usou o seu nome o tetra grama que expressa a existencia de de Elohim, ali também era um anjo falando com Moisés, veja que Yeshua não diz "antes que Abraão existisse, eu (existo) mas eu "SOU" querendo dizer que estava em conformidade com Hashem, para D-us, é como se Yeshua já existisse mesmo ainda não existindo, da mesma forma entendemos que D-us, é D-us de Abraão, Isaac e Jacó, mesmo Ele não sendo D-us de mortos, pois para Ele é como se os patriarcas estivessem vivos. Cor, 10:04, ali fala da pedra espiritual da qual os israelita beberam no deserto, bem você acredita que isso é literal, então podemos dizer que Yeshua já foi uma pedra? E devemos crê que Moisés feriu Yeshua com um cajado e que dele saiu água? Amigos devemos entender as escrituras também através da lógica, veja que Shaul fala que a pedra era Mashia e não Yeshua, e há diferença? deixa eu explicar, toda vez que Hashem ministra uma salvação ao povo de Israel, por meio de alguém ou algo, manifesta neste intermediário a figura de Mashia, ou seja (Ungido) o próprio

Rei Ezequias foi comparado ao Mashia Isaias,9:6-7,Saul também foi chamado Mashia ISamuel,24:06.E disse aos seus homens: O SENHOR me guarde de que eu faça tal coisa ao meu senhor, ao ungido do SENHOR, estendendo eu a minha mão contra ele; pois é o ungido (Mashia) do SENHOR. O conceito Mashia para Israel representa um livramento de D-us através de um escolhido, porém Yeshua foi quem melhor expressou este conceito. Podemos dizer que toda vez que D-us salvou Israel, o fez pelo espirito de Mashia.

Jo,1:10,"Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu."
Neste caso se você comparar em versões mais recentes da Biblia vai ver que João está se referindo a (LOGOS) Ou "palavra de D-eus, algumas bíblia citam assim: Jo,1:9-10, O verbo era a verdadeira luz que, vindo ao mundo, ilumina todo homem. Ele estava no mundo e, por ele mundo foi feito, e o mundo não o conheceu.
(Biblia TEB)
Aqui João faz um jogo de palavras onde menciona O verbo de D-us e Yeshua, pois como eu disse Yeshua é de fato manifestação do mesmo verbo... em outras versões é usada a expressão "Ela" e não "ele" se referindo a palavra.

Você cita Apocalipse 1:8, porém é bom dá uma olhada no contexto, veja o verso Primeiro onde diz:1 REVELAÇÃO de Yeshua haMashiach, a qual YHWH lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo; quem notificou a João não foi próprio Yeshua mas Um Anjo, muitas vezes nós vemos os anjos do Eterno falando como se fossem o Próprio Adonay, veja esse exemplo Gen,16:7,13 E o anjo do SENHOR a achou junto a uma fonte de água no deserto, junto à fonte no caminho de Sur.
E ela chamou o nome do SENHOR, que com ela falava: Tu és YHWH que me vê; porque disse: Não olhei eu também para aquele que me vê?
Gen,18:1DEPOIS apareceu-lhe o SENHOR nos carvalhais de Manre, estando ele assentado à porta da tenda, no calor do dia.
2 E levantou os seus olhos, e olhou, e eis três homens em pé junto a ele. E vendo-os, correu da porta da tenda ao seu encontro e inclinou-se à terra,
Primeiro Hagar chama de D-us ao Anjo que falava com ela, e na outra passagem vemos que O Eterno apareceu a Abraão, mas também vemos que não eram realmente Adonay que estava ali, mas sabemos eles falavam como se fossem o Proprio D-us, mas se eu lhe perguntar qual do três homens era o próprio YHWH, o que você me responderia?
Ora o memo se dá com o Anjo que fala com João, e ainda que Yeshua tenha pronuciado Alfa e Ômega, isso não prova que ele era YHWH, também sabemos que Ele disse: Eu e o Pai somos um, não disse somos a mesma pessoa, também disse em Jo,17:22 E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um. Por esse versiculo podemos dizer; se Yeshua e YHWH são um assim como Nós e Yeshua também somos Um, então eu também posso dizer que sou Yeshua. O quê que você acha?




Hilel
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 28

Cidade Cidade : Ipueiras-ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 19/08/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Yeshua PRINCIPIO CRIADOR OU PRINCIPIO CRIADO

Mensagem por Hilel em Seg Fev 28, 2011 8:28 pm

Amigo Jefter, sobre o que você argumentou, o ser que ficou falando com Abraão, a escritura prova que os três eram apenas anjos, porém os três tinham autoridade para falarem em nome do Eterno como se fossem Ele mesmo, veja esse verso na mesma leitura em que diz:Gen 18:20-22 Disse mais o SENHOR: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito,
21 Descerei agora, e verei se com efeito têm praticado segundo o seu clamor, que é vindo até mim; e se não, sabê-lo-ei.
22 Então viraram aqueles homens os rostos dali, e foram-se para Sodoma; mas Abraão ficou ainda em pé diante da face do SENHOR.

Você percebe que a Torah diz que o Eterno desceria até Sodoma e Gomorra para ver as obras daquelas pessoas? Isso refuta o seu Argumento de que aquele Aquele que ficou com Abraão era o proprio Adonay. Sabemos que os três eram anjos porque o Eterno não pode ser visto por nenhum nenhum Homem.

Quanto ao que João viu, em nenhum momento prova que Yeshua é Adonay, primeiro porque ele não esteve literalmente em lugar algum pois se tratava apenas de uma visão e a grande maioria das coisas que Ele viu, eram apenas sibolismos, você tem que ver no grego original o que significa ser arrebatado em espírito.
Caro Jefte você está coberto de contradições, e ao invés de buscar uma resposta lógica que a própria escritura nos dá, você está se enrolando mais ainda, veja bem; se Yeshua É o próprio D-us, explique como você entede esses versos: Apoc.3:12. A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu YHWH, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu YHWH, e o nome da cidade do meu YHWH, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu YHWH, e também o meu novo nome.
se Ele é a mesma pessoa porque diz vai escrever o nome de seu YHWH e seu proprio nome? YHWH também tem um YHWH? outra coisa, existe alguma coisa que o Eterno não saiba? Explique isso: Marc. 13:32.Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai. explique como Yeshua pode está asentado a direita dele mesmo: Marc 16:19. Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de YHWH. Yeshua orava a si mesmo?, Romanos 8:34.Quem é que condena? Pois é haMashiach quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de YHWH, e também intercede por nós. você sabe o significa interceder? Dá uma olhadinha no Dicionário! O Meu D-us é eterno nunca foi visto, por homem algum, meu D-us nunca nasceu, e não pode morrer pois é imortal. , Você já viu alguém enviar a si mesmo? Se Yeshua é mesmo D-us, então você concorda com quem diz que Maria é a mãe de YHWH... Amigo as escrituras são profundas,você citou texto no seu argumento que talvez nem sabe explicar, por exemplo, como você explica "cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo? Yeshua não foi morto desde a fundação do mundo ou foi? Yeshua não é o todo poderoso, a biblia afirma que D-us recebeu o sacrificio de Yeshua, não diz que o Próprio Eterno oferecu a si mesmo como sacrificio Heb.10:12.Mas este, havendo oferecido para sempre um único SACRIFÍCIO pelos pecados, está assentado à destra de YHWH, segundo o seu ponto de vista. YHWH gerou a si mesmo e se tornou pai de si mesmo, e se enviou, para ser sacrificado a YHWH, para pedir perdão pelos pecadores a si mesmo, morreu e foi ressucitado por si mesmo, embora estivesse morto, subiu ao céu, até onde já estava, foi recebido por si próprio, ganhou a oportunidade de sentar a direita de si mesmo em seu proprio trono, e agora suplica a si mesmo por nós. Vejo que você não fala com coerência, apartir de agora você deve responder todas estas questões primeiro para poder, citar outros trechos assim como eu fiz com os textos que você citou um a um. esse é um desafio...








Hilel
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 28

Cidade Cidade : Ipueiras-ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 19/08/2010


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Convidad em Dom Jul 24, 2011 10:18 pm

para todos!

Em primeiro lugar, cabe uma observação: o texto de Marcos 12:29 que diz "E Yeshua respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor", contém mais uma adulteração. A tradução correta é "E Yeshua respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor, nosso Elohim, É UM."
Vamos á tradução dos originais de 1 João 5:20: "E sabemos que já o Filho de Elohim é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Yeshua HaMashiach. Este é o verdadeiro Elohim e a vida eterna."
O termo "Elohim" nas Escrituras quando se refere ao Eterno significa que Ele é o Criador de todas as coisas.
É um título oferecido a D'us, um plural majestático de "Deus" em hebraico (todos os poderes, potestades, forças e autoridades, pertencem a esse único ser que é YHWH). "No princípio criou YHWH (D'US) os céus e a terra." (Bereshit, Gênesis 1:1): O Eterno emanou o Seu poder através da Palavra (Yeshua) para criar todas as coisas. Um único poder usado para criar tudo. Porém, para cada criação um tipo de ação, dando-nos a idéia de "poderes".
Yeshua também é chamado de Elohim: "No princípio era o VERBO e o VERBO estava com Elohim (D'us, o Eterno, Criador de todas as coisas) e o VERBO era Elohim (Divino, da mesma essência (DNA) do Eterno). Ele (VERBO) estava no princípio com Elohim (D'us, o Eterno".(João 1:1,2).
Também em Hebreus 1:9; Apocalipse 21:7). Mas neste caso de 1 João 5:20 o "verdadeiro Elohim e a vida eterna" refere-se ao Pai, o Eterno, pois também juízes, anjos e deuses são chamados de "elohim" nas Escrituras. Por isto, Ele É O VERDADEIRO ELOHIM (de Gênesis a Apocalipse), enquanto Yeshua "era Elohim" (Divino).
Ele é aplicado ao Messias por causa da Sua unidade com o Pai, sendo Aquele que cooperou na criação, pois ELE É DIVINO, REALIZA COISAS ESTANDO NO PAI PARA GLORIFICÁ-LO, E O PAI REALIZA COISAS ATRAVÉS DO FILHO PARA GLORIFICÁ-LO. O PAI É GLORIFICADO NO FILHO E O FILHO É GLORIFICADO NO PAI:
"Tendo ele, pois, saído, disse Yeshua: Agora é glorificado o Filho do homem, e Elohim é glorificado nele. Se Elohim é glorificado nele, também Elohim o glorificará em si mesmo, e logo o há de glorificar." (João 13:31,32).
O Pai não deu a Sua glória ao Filho, pois o Filho FOI GERADO TENDO A GLÓRIA DO PAI NELE.
Yeshua disse: "E, agora, glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com AQUELA GLÓRIA QUE TINHA CONTIGO antes que o mundo existisse.
E eu dei-lhes A GLÓRIA QUE A MIM ME DESTE, para que sejam um, como nós somos um. Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a MINHA GLÓRIA QUE ME DESTE; porque tu me hás amado antes da criação do mundo."

O que o apóstolo João, inspirado pelo Espírito do Santo, quis dizer com estas palavras de 1 João 5:20?
1- Yeshua (o Filho) veio e nos fez entender como conhecer o verdadeiro (o Pai - Mateus 11:27);
2- Estamos no Pai, isto significa, no Messias Yeshua, pois se não estivermos no Messias não estamos no Pai.
Yeshua nos liga diretamente ao Eterno, SOMENTE ELE pode fazer isto, SOMENTE ATRAVÉS DELE, recebemos o Espírito do Eterno;
3- Este, (o Pai) no qual estamos através do Filho, este É O VERDADEIRO ELOHIM E A VIDA ETERNA.
Existem outros que são chamados de Elohim, até mesmo o próprio Yeshua, porém SÓ O UM (O Pai-YHWH) É O VERDADEIRO, VERDADEIRO PARA SER ADORADO, PARA QUE O BUSQUEMOS, CLAMEMOS A ELE, PARA ALCANÇARMOS A VIDA ETERNA, TUDO ATRAVÉS DO SEU FILHO.

Agora, sobre isto:
• (Gn. 1:26) Façamos o Homem.
• (Gn. 3:22) o Homem se tornou como um de Nós.
• (Gn. 11:7) Desçamos e Confundamos.
• (Is. 6:8) quem há de ir por Nós.
Colossenses 1:13 a 20 diz: “O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor;
Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; O qual é imagem do Elohim invisível, o primogênito de toda a criação; Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades.
Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. E ele é a cabeça do corpo, da Congregação; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.
Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse, e que, havendo por ele feito a pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus.”

O Filho de D'us JÁ EXISTIA NA ETERNIDADE, "pois, nele, foram criadas todas as coisas," através DELE, por isso estas passagens estão no plural. E assim esse termo hebraico ELOHIM se repete por várias vezes no relato da criação nesse capítulo primeiro de Bereshit, Gênesis, porém sempre com o verbo no singular, com exceção do verso 26, demonstrando não se tratar de várias pessoas, mas sim de uma só.
No entanto sabemos pelo contexto (Bereshit, Gênesis 1:26 e 2:7) que o VERBO, o Filho de D'us ou o Mashiach participou também da criação, pois a palavra de ordem criativa que Elohim dizia, na verdade, poderia ter sido dita pelo próprio Mashiach e a execução dessa palavra pelo D'us único, o Pai. Quanto a Gênesis 1.26, especificamente a expressão "façamos o homem" - refere-se ao Pai (o Criador) e a Yeshua que por ser a "Palavra" executou os comandos do Pai, participando dos atos da criação de D’us, conforme João 1.1-3, dentro da "parceria submissa" de Yeshua para com o Pai.

Cremos sim, que o Filho de Elohim, o Messias Yeshua é DIVINO, possui atributos do Pai, o Eterno, bendito seja ELE!. Isto por causa de Sua Unidade perfeita com o Eterno: João 10:30 "Eu e o Pai somos um." João 17:22,23 (palavras de Yeshua) "E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como NÓS SOMOS UM. Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim e que tens amado a eles como me tens amado a mim."
Tendo sido gerado com substância Divina, Yeshua nunca usurpou ser igual ao Eterno, pois embora tenha a aparência de Elohim, ele não é o Pai.
Por outro lado ao manifestar-se em um corpo carnal, não se importou em ficar parecido conosco, homens terrenos, embora ele não seja igual a nós, pois como já foi dito, ele é o primeiro homem espiritual, que teve origem nos céus e por isto é chamado também de homem celestial.
Em outras palavras, Yeshua teve todo o cuidado de não usurpar a posição do Pai, que é o Senhor do universo, mas não se envergonhou de parecer conosco, embora seja incomparavelmente maior do que nós.
Embora o Mashiach não possa ser adorado nem receber culto, ele pode ser louvado, engrandecido e honrado através de palavras e canções em razão das suas obras que trouxeram à existência a salvação do Eterno aos judeus e a todos aqueles entre as nações que receberam o seu testemunho.
Nos manuscritos gregos, todas as vezes que as pessoas se prostravam a Yeshua, o termo usado foi “proscuneo”, que era a saudação usual feita às pessoas importantes e reis, prostrando-se diante deles como sinal de honra e respeito. Quanto ao ato exclusivo de adoração, existe um termo específico em grego que é “sebomai”, e ele só é usado com relação ao Eterno.
Assim, embora o Filho de Elohim deva ser engrandecido por nós e possa receber dos homens e dos seres espirituais honra e louvor e glória, só o Eterno, bendito seja Ele, pode receber adoração e culto.
O Mashiach cumpre plenamente a função de Sumo Sacerdote, que é interceder pelo povo, oferecer ofertas (as orações dos justos) ao Eterno, representar o povo diante do Eterno e representar o Eterno diante do povo e ser aquele que guia todos a adorarem o Todo Poderoso, bendito seja Ele.
Em Colossenses 2:9 está escrito: "porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade."
Esta plenitude são os atributos do Eterno para que, através do Seu Filho e somente através Dele, o homem possa ter acesso ao Pai, pois ninguém se aproxima do Eterno diretamente.
Estes atributos nos fazem conhecer o Pai através do Filho o suficiente, dentro do limite máximo do nosso entendimento (plenitude da divindade) para podermos crer Nele: João 12:44,45 "E Yeshua clamou e disse: Quem crê em mim crê não em mim, mas naquele que me enviou.
E quem me vê a mim vê aquele que me enviou." João 14:9 "Disse-lhe Yeshua: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?"
Só Yeshua pode nos revelar o Eterno porque Ele, só Ele conhece o Pai verdadeiramente.

É Yeshua o Salvador?
Sim, porque a obra de salvação foi executada por Ele.
É o Eterno o Salvador?
Sim, porque Ele enviou o Seu Filho para executar a obra de salvação.

Yeshua teve autoridade para perdoar pecados?
Sim, por causa da autoridade concedida pelo Pai. De fato YHWH fez Dele o ser mais poderoso do sistema espiritual e concedeu a Ele o direito de Juiz, daí o direito de perdoar pecados sendo o Justo Sacrifício e o Justo Juiz.

É Yeshua Onisciente?
Não, porque Ele mesmo disse que, quanto a Sua segunda vinda, nem os anjos, nem o Filho sabem o dia e a hora, mas unicamente o Pai, HaShem.
Textos que são usados pelos que defendem a Onisciência do Messias: Mateus 9:04; Colossenses 2:2,3.
Conhecer os pensamentos de algumas pessoas e ter "escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência", não pode significar Onisciência, pois ela é o "Atributo pelo qual D'us conhece perfeita e eternamente todas as coisas passadas, presentes e futuras". Viu a diferença?

É Yeshua Onipresente?
Não, porque Ele mesmo disse que foi enviado a esse mundo pelo Pai e também que algum dia voltará. Ora quem é ONIPRESENTE não se desloca de um local para o outro. A Onipresença é "Atributo pelo qual D'us está presente em toda parte."
Textos que são usados pelos que defendem a Onipresença do Messias: Mateus 18:20; 28:20.
Em João 14:26 Yeshua afirmou: "Mas aquele Consolador, o Ruach HaKodesh (Espírito do Santo), que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito." Também em Romanos 8:9 lemos:
"Vós, porém, não estais na carne, mas no Ruach (Espírito), se é que o Ruach (Espírito) de Elohim habita em vós. Mas, se alguém não tem o Ruach (Espírito) de Mashiach (Messias), esse tal não é dele."
Colossenses 1:27: "Aos quais Elohim quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os goim (gentios), que é Mashiach (Messias) em vós, esperança da glória." e 1 Pedro 1:11:"Indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Ruach de Mashiach (Espírito do Messias), que estava neles, indicava, anteriormente testificando os sofrimentos que a Mashiach (Messias) haviam de vir, e a glória que se lhes havia de seguir."
Entendemos que através do Espírito do Santo HABITANDO EM NÓS, quando nos reunimos em nome de Yeshua, nos lembramos de Suas palavras e assim tratamos do motivo de estarmos reunidos em Seu nome. Isto simboliza a Sua presença em nosso meio.
E qual seria o Espírito do Messias? Claro que é o próprio Ruach HaKodesh (Espírito do Santo) - Lucas 4:1.
O Rabino Sha'ul (Apóstolo Paulo) escreveu em Romanos 8:9 sobre o "Ruach (Espírito) de Elohim" e "Ruach (Espírito) de Mashiach (Messias)". Não são dois Espíritos habitando em alguém, mas apenas um. O Eterno É O PRÓPRIO ESPÍRITO EMANADO, enquanto Yeshua TEM O ESPÍRITO, Espírito de Elohim (do Santo), o mesmo que habita nos salvos.
E um dos propósitos do Espírito do Santo em nossas vidas é "Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Elohim, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Mashiach (Messias)" Efésios 4:13.
Sendo assim podemos entender que se alguém tem o Espírito do Santo, o mesmo que está no Messias, este tem também virtudes do Filho de Elohim, como o Rabino Sha'ul (Apóstolo Paulo) declarou: "Sede meus imitadores, como também eu de Mashiach." (1 Coríntios 11:1);
"Já estou crucificado com o Mashiach (Messias); e vivo, não mais eu, mas Mashiach (Messias) vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Elohim, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim."

É Yeshua Onipotente?
Não, porque Ele mesmo disse que o Pai é maior do que todos e também do que Ele. Onipotência é "Atributo pelo qual D'us pode tudo."
Texto que é usado pelos que defendem a Onipotência do Messias: Mateus 28:18.
Yeshua não disse que tem "todo o poder", Ele afirmou "é me dado todo o poder NO CÉU E NA TERRA", todo o poder ou toda a autoridade sobre os homens e seres espirituais. O Pai Lhe concedeu tal honra - Filipenses 2:9-11.

É Yeshua eternamente preexistente?
Não, porque Ele afirmou "Eu sou o Aleph e o Tav (o Alfa e o Ômega), o cabeça (o primeiro, o líder, o que está na frente) e o derradeiro (o último, o que está no final, atrás), o início e o término (o princípio e o fim)."
Textos que são usados pelos que defendem a Eternidade do Messias: Miquéias 5:2; João 8:58; Colossenses 1:17.
O texto de Miquéias nos revela exatamente o contrário da afirmação de que o Messias é Eterno: ""E tu, Beit-Lechem (Belém - casa do pão) Efratah (frutífera ou fértil), embora sejas pequeno entre os Clãs de Judah, de ti sairá para mim aquele que será líder em Israel. E SUAS ORIGENS SÃO DESDE O PRINCÍPIO, DESDE OS DIAS DA ETERNIDADE."
Yeshua antes de ser gerado fisicamente no ventre de Miriam (Maria), Ele foi gerado espiritualmente pelo Eterno numa determinada era da eternidade.
Os textos de João 8:28,58 e 13:19 não estão ligados ao de Êxodo 3:14.

Descarta-se a possibilidade de Êxodo 3:14 ser uma referência de João 8:28,58 e 13:19, ou de ter alguma conexão com estes versículos. Portanto, é uma exegese ruim tentar conectar estes dois textos, que não têm nenhuma relação entre si, porque segundo a Septuaginta, D'us diz: “Assim dirás aos filhos de Israel: Ho ōn apestalken me pros hymas.(Aquele que é me enviou a vós)".
D'us não usa aqui a frase "EU SOU: EGŌ EIMI", usada por Yeshua conforme João 8:28,58 e 13:19.
Algumas traduções até mesmo colocam a expressão "egō eimi" de Yeshua em João 8:28,58 e 13:19 em letras maiúsculas (EU SOU), dando a indicação de que Yeshua estava se identificando com o D'us Eterno.
O Eterno é identificado no texto grego da Septuaginta pelo título "ho ōn (Aquele que é/o Ser)", e não "egō eimi" (EU SOU). O texto correto seria: "E disse D'us a Moisés: EGŌ EIMI HO ŌN (Eu sou Aquele que é). Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: HO ŌN APESTALKEN ME PROS HYMAS (Aquele que é me enviou a vós)."
O que devemos entender é que, independente de Yeshua ter usado os hebraicos "anî hayîtî (ou apenas hayîtî)", "anî hû (ou apenas ’anî, ou apenas’anōkkî)", o aramaico "anā hû (ou apenas ’anā)" ou mesmo o grego "egō eimi" para o termo "Eu sou", as palavras faladas por Ele eram palavras normais, comuns, que eram usadas no dia-a-dia.
Eram expressões normalmente usadas para auto-identificação ou, às vezes, para expressar a simples existência; não tinham nenhum significado teológico/teofânico e metafísico, ou especial, fora do comum, conforme defendido pelo Trinitarismo.
Em Colossenses 1:17 afirma que "Ele é antes de todas as coisas e todas as coisas subsistem por Ele".
Isto não significa Eternidade, pois Yeshua foi gerado antes que todas as coisas viessem a existência, por isso "Ele é antes de tudo". Em Mateus 11:27 Yeshua diz: "Todas as coisas me foram entregues por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar." Por isso todas as coisas subsistem (existem, vivem, se mantém, se conservam) por Ele.

Ele é o representante do Eterno, não por causa de uma procuração, mas porque ELE É O SEU FILHO UNIGÊNITO:
Mateus 10:40; Lucas 10:16; João 4:34; 5:19;30;36,37; 6:29;38;44;57; 7:16;28; 8:29;42; 9:04; 12:45;49; 13:20.
Nestes textos, comprovamos que Yeshua representou o Seu Pai estando em carne (Cordeiro de D'us), na forma de Servo - Romanos 8:3; Filipenses 2:5-8; Hebreus 2:17. O propósito do Messias quando enviado na forma humana (Cordeiro de D'us), não foi SOMENTE para representar o Pai, mas Ele não deixou de representá-Lo diante dos homens, e ainda O representará em Sua 2ª vinda, porém revestido de poder e autoridade de Rei, Forte e Valente como um leão. Pois Ele é o Leão da Tribo de Judá!

Como vimos, o nome do D'us de Israel é impronunciável, sendo assim, foi criada uma forma alternativa de chamá-lo, neste caso, a expressão ADONAI, que quer dizer simplesmente “SENHOR”. Conclui-se então, que D'US é UM e seu nome é YHVH (ADONAI).
Partindo desta tese, retoma-se a pergunta inicial: “YESHUA (Yeshua) É D'US?”.
Se esta pergunta é formulada com o sentido de “YESHUA (Yeshua) É ADONAI?”, a resposta é: NÃO!
Por quê? Por um motivo simples, o próprio Yeshua deixou claro em várias citações sua distinção do PAI (ADONAI); veja este exemplo: "Em verdade, em verdade, digo-vos que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se não vir fazer o Pai; porque tudo o que o Pai faz o Filho faz igualmente.
Porque o Pai ama o Filho e lhe mostra tudo o que faz; e Ele lhe mostrará maiores obras do que estas para que vos maravilheis. Porque, assim como o Pai ressuscita os mortos e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer. E também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo" (João 5.19-22).
Este texto é muito interessante, pois demonstra claramente que Yeshua e o Pai possuem funções distintas e que o poder dEle depende completamente de Adonai, como diz o trecho: “[...] o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma [...]”.
Além disso, também fica claro que existe uma poderosa unidade entre ambos - unidade não no sentido de serem a mesma 'entidade', mas de parceria, união - [...] porque tudo o que o Pai faz o filho faz igualmente [...].
Por isto em outro trecho, Yeshua dirá “Eu e o Pai somos UM”. O que se percebe é que Yeshua tem uma autoridade divina – o que não o transforma no PAI. Porém, esta depende profundamente de ADONAI, Ele não tem autoridade ou poder divino por si só, ele depende da unidade com Seu Pai.
Outro detalhe importante é perceber a submissão de Yeshua, pois como ele mesmo disse: “[...] vou e volto para junto de vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai, pois O PAI É MAIOR DO QUE EU” (João 14:28).
Isto deve ficar claro, pois o problema é que a doutrina da trindade, vem ignorando o fato importante de que Yeshua está submetido à autoridade do Pai (ADONAI), e que o PAI, conseqüentemente é maior do que o Filho. Existe um caráter hierárquico aqui.

Agora, voltando à pergunta, “Yeshua é D'us”? Se esta sentença tiver o mesmo sentido de perguntas como: “Yeshua é divino”? ou “Yeshua possui atributos divinos”? Ou ainda “Yeshua tem autoridade divina?”.
Se ela for formulada com estes significados, não há problemas em responder que SIM, Yeshua é D’us (divino). Pois de fato, Yeshua tem atributos e autoridade divinas, mas não porque ele é o PAI, ou ADONAI, mas, porque o PAI lhe concedeu tal poder – como foi visto em texto anteriormente citado.
Vale fazer outra citação antes de prosseguir: “No princípio era o Verbo, o Verbo estava com D'us, e o Verbo era D'us” (João 1:1). Este texto significa que lá em Gênesis (Bereshit em hebraico) a PALAVRA (gr. LOGOS ou hb. DAVAR) estava com D’us, sabe-se que ela é YESHUA (Yeshua), porém o texto ainda diz que Ele O VERBO (A PALAVRA) era D'us.
Não seria esta uma refutação a teoria apresentada neste texto? De forma alguma! Basta observar a estrutura deste versículo em grego.
Toda vez que se usa um termo grego para se referir a um substantivo, usa-se um artigo definido antes dele, a ausência deste artigo indefine automaticamente o substantivo.
Por exemplo, quando o substantivo masculino ocorre (em grego) e se quer fazer uso de um artigo definido, usa-se a expressão “rô” 1.
O estranho é que neste texto João, o final da sentença está: “kai (e) théos (D'us) en (era) ró (o) logos (verbo)”. Observe a ausência do artigo “ró” antes de D'us (théos), já antes da palavra “logos” ele ocorre. Como no grego a ausência de artigo definido, indica automaticamente indefinição, daí que alguns grupos concluíram a tradução do texto como “um D'us” – os Testemunhas de Jeová por exemplo – traduzindo o texto com um artigo indefinido antes de theós. Porém, esta tradução também é errada, uma solução simplista e que fere a idéia de um único D'us.
Pois, ao por D'us no indefinido “um”, supõe-se a existência de outros deuses, e aí cai-se novamente no 'politeísmo'. Finalmente, qual seria a solução para este texto? Qual seria a melhor tradução?
Devemos lembrar que o evangelho de João possui um grego muito pobre, provavelmente escrito por alguém que tinha pouco domínio da língua, conforme esclarece o Dr. Russel Champlim: “O grego ali usado é próprio de um autor que falava o aramaico (sic) [hebraico], e que adquiriu o grego como segundo idioma. Há muitos erros gramaticais no original...” (CHAMPLIM, R.N. Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia. Ed. Candeia, São Paulo: 1995, Pg. 544).
O que parece é que João queria usar o substantivo theos (D'us) como um adjetivo, não no sentido do 'verbo ser D'us', mas, que o 'verbo é DIVINO'. O que esclarece definitivamente o texto. Fato é, João não estava dizendo através deste texto que Yeshua é ou era ADONAI. Mas, que Ele é divino, o que muda completamente o sentido do versículo.
Para entender definitivamente a função de Yeshua, deve-se usar o princípio da representatividade. Yeshua REPRESENTA o Pai. Por ser seu representante legal é também possuidor da autoridade dAquele a quem representa, é divino, não no sentido de ser o PAI, mas no sentido de vir do D'US ADONAI.
Por isto a Bíblia o chama de “D'US FORTE” (Isaías 9:5) e “D'US CONOSCO – EMANUEL” (Isaías 7:14). Pois, YESHUA 'REPRESENTA' ADONAI ENTRE NÓS, sendo assim, quem honra o Filho, honra o Pai (João 5:23).
Existem vários textos que demonstram este caráter representativo de Yeshua, vejamos: “... o qual (Messias) é a imagem do D’us invisível, o primogênito de toda a criação” (Cl. 1:15).
Aqui o Messias é a “imagem do D’us invisível”, ninguém pode ver ao Eterno (YHWH), mas todos podemos vê-lo em Seu Filho o Messias Yeshua. Outro texto interessante é o que está em Hebreus 1:3: “Ele, que é o resplendor da glória e a expressão do Seu Ser”. Vale observar a má tradução feita pelas versões Almeidas (ARC e ARA) que colocam o versículo como: “... a expressão ‘exata’ do Seu ser...” esta palavra – exata – simplesmente não existe no original, a palavra grega aqui é ‘character’ que foi melhor traduzida pela versão americana King James como sendo: “a imagem expressa do Seu ser”. Yeshua é a uma expressão cognoscível, em que é possível conhecer D’us (YHWH).
D’us o Pai, o ETERNO (YHWH) é intenso, é icongnoscível, é extenso, transcendente, enorme, é Eterno ou como dizem os cabalistas o EIN-SOF (Sem Fim), nem um homem em seu estado de mortalidade pode conhecê-lo, por isto enviou Ele um mediador (um representante), no qual é possível perceber todos os Seus atributos de uma forma compreensível a mente e as condições espirituais do homem.
O D’us icongnoscível se torna congnoscível através de Seu Ungido o Messias YESHUA.
Por isto João diz: “Ninguém jamais viu a D’us; o Filho unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou” (João 1:18) [Observação sobre as versões que põe este verso como: ‘... o D-us o unigênito o revelou...’ estão no final do artigo na nota #2].
Ninguém jamais viu a D’us, por Isto agora podemos vê-lo em Seu filho, é como o próprio Yeshua disse em Mateus 11:27 “... ninguém conhece o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar”.
Aí reside o que chamo de “Divindade Representativa” – ninguém pode conhecer o Pai, ninguém pode percebê-lo, Ele é incompreensível se o vermos em nossas limitações intelectuais e espirituais, por isto Ele enviou seu FILHO em quem habita corporalmente (em forma de corpo) sua plenitude, a fim de torna-se compreensível aos olhos humanos.
Assim, o D’us único revela seu poder e atributos através de seu Ungido.
Chocante para os que formulam D’us dentro do conceito trinitariano é pensar na possibilidade que Yeshua (Yeshua) tem um D’us, sim, Paulo faz menção a isto quando diz: “Bendito seja o D’US, e PAI de nosso Senhor Yeshua o Messias, o Pai das misericórdias...” (II Co 1:3 e Ef 1:3).
Como pode Ele ser o D’us de si mesmo?
Encerra-se dizendo: “Depois virá o fim, quando houver entregado [YESHUA] o Reino a D-us, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império e toda a potestade e força. Porque convém que [YESHUA] reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés. Porque todas as coisas (o Messias) sujeitou debaixo de seus pés.
Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua Aquele [O PAI] que sujeitou todas as coisas.
E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas [A YESHUA], então também o mesmo Filho se sujeitará Àquele [AO PAI – ADONAI] que todas as coisas lhe sujeitou, para que D-us seja tudo em todos” (I Co.15:24).
Este texto significa que D’us (O PAI) deu autoridade máxima a Yeshua nestes tempos, para destruir principados, aniquilar impérios, para subjugar o inimigo e conquistar o Reino, finalmente, quando o Messias cumprir sua missão, Ele devolverá o Reino pronto para PAI, para que ELE (D’US – ADONAI) seja tudo em todos.

1 - “Rô” (aspiração áspera + ómicron) ocorre quando o substantivo está no nominativo, quando se está no acusantivo é o artigo “ton”(tau + ómicron + ní). Nos substantivos femininos são outras ocorrências.

2 - As versões Almeida em Português adotaram a tradução “D-us Unigênito”, tradução esta rejeitada por várias versões clássicas e modernas, como a King James, a NVI e outras. Pois em alguns manuscritos antigos ocorre como “Filho Unigênito” e João raramente usa a expressão em grego para unigênito (monoguêne gr.) ligado a “D-us”, o sempre faz ligado a “Filho”. Como os manuscritos antigos do N.T. abreviavam nomes sagrados como “D-us”, “Filho”, “Israel”, (isto é chamado entre os estudiosos de nomina sacra), a similaridade das duas letras minúsculas Teta e Sigma que juntas eram uma abreviação para a palavra “D-us” e as letras Ypsilon e Sigma, que juntas eram uma abreviação para a palavra “FILHO”, poderiam ser facilmente confundidas por um tradutor. Daí a ocorrência em alguns manuscritos traduzirem o versículo como “Filho” e outras como “D-us”. Como João nunca usa a expressão “Unigênito” associada a D’us, mas várias vezes associada a Filho, as boas traduções não usam mais esta versão: “O D-us unigênito o revelou” e sim “O Filho unigênito o revelou...”.








Última edição por Randfal em Sab Jul 30, 2011 4:53 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Diego Yo'ets em Ter Jul 26, 2011 3:42 pm

Muito bom Randfal!!!
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2103

Idade Idade : 34

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Convidad em Sab Jul 30, 2011 1:16 am

para todos!

Que o Eterno, o D'us de Israel seja louvado, amado irmão Diego!

Outra coisa importante que não podemos esquecer é que esta doutrina chamada "trindade", no meu entendimento, é uma das piores já criadas pelo cristianismo.
Isto porque ela vai contra, não só a Torah, mas também a pessoa do nosso D'us, YHWH.

A base da fé judaica e de toda a Torah está no SHEMA:
"Shema Yisrael Adonai Eloheinu Adonai Echad!" = Ouve, Israel, Adonai, nosso Elohim, É UM." (Devarim 6:4).

O SHEMA foi declarado por Yeshua (Marcos 12:29), e mencionado pelo rabino Sha'ul (1 Coríntios 8:4,6; Gálatas 3:20; Efésios 4:6; 1 Timóteo 2:5). Por Tiago também (Tiago 2:19).
O SHEMA também deveria fazer parte da fé cristã (messiânica), mas o cristianismo como religião católica/protestante, baniu os alicerces da fé de Abraão manifestada pelo próprio YHWH, ratificada pela Torah, pelos profetas, pelo Messias e pelos apóstolos.
A "trindade" fere intencionalmente o SHEMA, para que a "fé cristã católica/protestante" pudesse substituir a Fé genuína.
O que era judaico, virou grego-romano, homens pagãos decretaram em concílios as bases desta religião e definiram como ‘heresia’ tudo o que era judaico messiânico.
No 1° século, a Congregação era um grupo de homens e mulheres, judeus e gentios, unidos e centrados no Messias vivo. Então, ela chegou à Grécia e tornou-se uma filosofia. Depois, chegou até Roma e tornou- se uma instituição. Em seguida, à Europa, e tornou-se uma cultura. E finalmente, chegou à América,e tornou-se "business".





Última edição por Randfal em Sab Jul 30, 2011 7:58 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Xan Berg em Sab Jul 30, 2011 12:27 pm

Randfal

Interessante considerar que a pregação principal e originalmente apostólica encontrada nos evangelhos afirma e confirma que devemos crer em Yeshua sendo o Messias (o C risto), e não num tipo de deus.

Vejamos alguns exemplos, dentre muitos versiculos.


Mat 16:16 - E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo.

Joa 17:3 - E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só (YHWH), por único Deus verdadeiro, e a Yeshua o Messias, a quem enviaste.

Joa 20:31 - Estes, porém, foram escritos para que creiais que Yeshua é o Messias, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.

Ato 9:20 - E logo nas sinagogas pregava o Messias, que este é o Filho de Deus.

1Co 8:6 - Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Yeshua o Messias, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele.

1Ti 2:5 - Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Yeshua o Messias homem.

avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Convidad em Sab Jul 30, 2011 8:39 pm

Shabat irmão Xan!


Eis o dilema.
Os cristãos sabem que, para Yeshua ser o Salvador da humanidade, Ele tem que ser D'us também, segundo eles.
Se ele não é D'us, então Ele não pode ser o Salvador. Sua morte não teria sentido. Portanto, os cristãos inventaram a "Santíssima Trindade" para explicar a divindade do Messias, como sendo D'us em igualdade com o Todo-Poderoso.

Ele é 100% homem. Ele é 100% D'us. Ele é ambos.
Ele tem que ser, para poder ser o Salvador.
Infelizmente, Ele é, no melhor dos casos, indeciso.

Os cristãos apelam para as coisas mais estranhas para provar o dogma da Santíssima Trindade, inclusive declarar que ela é um "mistério" e que "nós somos muito limitados para entender".
A Bíblia é a Palavra perfeita e infalível de D'us? A doutrina da Santíssima Trindade que os cristãos criaram e as contradições em que ela implica gritam que "Não" ! Mas então como foi que o dogma veio a existir?

As origens da doutrina da Santíssima Trindade são chocantes.
Como no caso da maioria das questões históricas relativas à cristandade, houve muita fraude e derramamento de sangue. Muitas vidas foram perdidas antes que o Trinitarianismo fosse enfim adotado.
Como muitos cristãos sabem, a palavra "trindade" não aparece na Bíblia.
E não aparece porque é uma doutrina que evoluiu aos poucos no início do cristianismo. Foi um processo manipulado, sangrento e mortal até que finalmente se tornou uma doutrina "aceita" da Igreja.

CONSTANTINO - COMEÇA A CRIAÇÃO DA TRINDADE

Flavius Valerius Constantius (c. 285-337 AD), Constantino o Grande, era filho do imperador Constâncio I.
Quando seu pai morreu em 306 AD, Constantino tornou-se imperador da Bretanha, Gália (atual França) e Espanha. Aos poucos, foi assumindo o controle de todo o império romano.
Divergências teológicas relativas a Yeshua começaram a se manifestar no império de Constantino quando dois oponentes principais se destacaram dos outros e discutiram sobre se o Messias era um ser criado (doutrina de Arius) ou não criado, e sim igual e Eterno como D'us, seu Pai (doutrina de Atanásio).
A guerra teológica entre os adeptos de Arius e Atanásio tornou-se acirrada. Constantino percebeu que seu império estava sendo ameaçado por esta divisão doutrinal.
Constantino começou a pressionar a Igreja para que as partes chegassem a um acordo antes que a unidade de seu império ficasse ameaçada. Finalmente, o imperador convocou um concílio em Nicéia, em 325 AD, para resolver a disputa.
Apenas 318 bispos compareceram, o que equivalia a apenas uns 18% de todos os bispos do império.
Dos 318, apenas uns 10% eram da parte ocidental do império de Constantino, tornando a votação tendenciosa, no mínimo. O imperador manipulou, pressionou e ameaçou o concílio para garantir que votariam no que ele acreditava, não em algum consenso a que os bispos chegassem.

As igrejas cristãs hoje em dia dizem que Constantino foi o primeiro imperador cristão, mas seu "cristianismo" tinha motivação apenas politica. É altamente duvidoso que ele realmente aceitasse a doutrina cristã.
Ele mandou matar um de seus filhos, além de um sobrinho, seu cunhado e possivelmente uma de suas esposas. Ele manteve seu título de alto sacerdote de uma religião pagã até o fim da vida e só foi batizado em seu leito de morte.

OS DOIS PRIMEIROS TERÇOS DA TRINDADE - O CONCÍLIO DE NICÉIA

A maioria dos bispos, pressionada por Constantino, votou a favor da doutrina de Atanásio. Foi adotado um credo que favorecia a teologia de Atanásio.
Arius foi condenado e exilado. Vários bispos foram embora antes da votação para evitar a controvérsia. Yeshua foi aprovado como sendo "uma única substância" com D'us Pai.
É significativo que até hoje as igrejas ortodoxas do leste e do oeste discordem entre si quanto a esta doutrina, ainda consequência de as igrejas do oeste não terem tido nenhuma influência na "votação".
Dois dos bispos que votaram a favor de Arius também foram exilados e os escritos de Arius foram destruídos. Constantino decretou que qualquer um que fosse apanhado com documentos arianistas estaria sujeito à pena de morte.

Mesmo com a adoção do Credo de Nicéia, os problemas continuaram e, em poucos anos, a facção arianista começou a recuperar o controle.
Tornaram-se tão poderosos que Constantino os reabilitou e denunciou o grupo de Atanásio.
Arius e os bispos que o apoiavam voltaram do exílio. Agora, Atanásio é que foi banido. Quando Constantino morreu (depois de ser batizado por um bispo arianista), seu filho restaurou a filosofia arianista e seus bispos e condenou o grupo de Atanásio.
Nos anos seguintes, a disputa política continuou, até que os arianistas abusaram de seu poder e foram derrubados.
A controvérsia político/religiosa causou violência e morte generalizadas. Em 381 AD, o imperador Teodósio (um trinitarista) convocou um concílio em Constantinopla. Apenas os bispos trinitaristas foram convidados a participar.
150 bispos compareceram e votaram uma alteração no Credo de Nicéia para incluir o Espírito Santo como parte da divindade. A doutrina da Trindade era agora oficial para a Igreja e também para o Estado.
Os bispos dissidentes foram expulsos da Igreja e excomungados.

O CREDO DE ATANÁSIO COMPLETA A DIVINDADE TRINA

O Credo (trinitário) de Atanásio foi finalmente estabelecido (provavelmente) no século V. Não foi escrito por Atanásio mas recebeu seu nome. Este é um trecho:

"Adoramos um só Deus em Trindade ... O Pai é Deus, o Filho é Deus, e o Espírito Santo é Deus; e contudo eles não são três deuses, mas um só Deus"

Por volta do século IX, o credo já estava estabelecido na Espanha, França e Alemanha. Tinha levado séculos desde o tempo do Messias para que a doutrina da Trindade "pegasse".
A política do governo e da Igreja foram as razões que levaram a Trindade a existir e se tornar a doutrina oficial da Igreja.
Como vocês viram, a doutrina trinitária resultou da mistura de fraude, política, um imperador pagão e facções em guerra que causaram mortes e derramamento de sangue.

A TRINDADE CRISTÃ - MAIS UMA NO DESFILE DE TRINDADES

Por que surgiu esse clamor para elevar Yeshua e o Ruach HaKodesh (Espírito do Santo) a posições iguais à do D'us de Israel, QUE É UM?
Simplesmente porque o mundo pagão estava habituado a ter "três deuses" ou "trindades" como divindades. A trindade satisfazia à maioria de cristãos que tinha vindo de culturas pagãs. O cristianismo não se livrou das trindades pagãs, ele as adotou assim como adotou tantas outras tradições pagãs.

OUTRAS TRINDADES

O hinduísmo abraçou a divindade trina de Brahma, deus da criação; Vishnu, deus da manutenção, e Siva, deus da destruição. Uma das muitas trindades do Egito era Hórus, Ísis e Osíris.
Os fundadores da primitiva igreja cristã não tinham idéia de que o conceito de trindade iria surgir, ser votado por políticos, imposto por imperadores e um dia se tornaria parte integral do cristianismo moderno. Não é nenhuma surpresa que tal conceito seja "difícil" de explicar.

Há um só D'us ou três em um? A maioria das igrejas cristãs apóia a doutrina da trindade, mas ainda há algumas que rejeitam o ensinamento.
Hoje em dia, temos a liberdade de acreditar em uma possibilidade ou outra, mas corremos o risco de sermos ridicularizados se negarmos a crença na trindade.


avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua principio criador ou principio criado ?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum