Últimos assuntos
» 666
Seg Jun 26, 2017 9:58 pm por Gessimiel

» Pena de morte para bandidos
Seg Jun 19, 2017 6:50 am por Isaque palazon

» Os 7 (sete) Espíritos de YHWH
Qua Fev 22, 2017 12:16 am por azzi

» Apresente-se aqui
Qua Nov 23, 2016 2:40 pm por Paulo Henrique Gasparino

» Viver em Israel - Imigração
Dom Nov 20, 2016 1:43 pm por Oziel rodrigues

» Judeus Messiânicos e suas heresias.
Sex Out 21, 2016 6:59 am por EderTe

» A "Fé Evangélica" é genuinamente bíblica?
Ter Out 18, 2016 9:35 pm por Roberto Gavazza

» 2 samuel 24:1 x 1 cronicas 21:1
Ter Out 18, 2016 7:17 pm por Roberto Gavazza

» Bnei Noach
Ter Out 18, 2016 3:27 pm por Roberto Gavazza

» Decifrando o Apocalipse
Ter Out 11, 2016 11:05 pm por Gessimiel

Menu
  Add a Favoritos

  Home Page

  Regras do fórum

  Portal

  Fórum

  Registre-se

  Quem somos

  Normas e Dicas

  Estudos biblico

  Mapa de Israel

  História de Israel

  Aula de Hebraico

  Dicionário biblico

  Biblia em Hebraico


Calendário biblico
Estatísticas
Temos 4254 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Erick Silva

Os nossos membros postaram um total de 16978 mensagens em 1199 assuntos

Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Página 3 de 20 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11 ... 20  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Convidad em Qui Ago 27, 2009 7:02 am

Prezado Irmão Adalberto Santos
A passagem que citou de apocalipse fala que Deus irá poupar a Igreja da tentação que virá sobre o mundo, podendo se referir á época de hoje, pois nunca se viu tantos apóstatas na Igreja correndo atrás de riquezas (reinado de Mamom) ou pegando em armas para derrotar inimigos (reinado de Marte) ou então a um período pior do que este, mas que ainda não se refere à grande tribulação, que será um tempo de destruição em massa da parte de Deus com relação aos ímpios e suas obras ímpias com frutos ímpios.
A Passagem de Mateus fala sobre a volta do Messias Jesus depois do período da grande tribulação. Contudo isso acontecerá após o arrebatamento da Igreja, pois é preciso que o Espírito Santo seja retirado da Terra e onde houver um justo Deus não procederá com a destruição prometida na grande tribulação, como poupou Ló retirando-o de Sodoma antes de proceder com a destruição.
Há várias opiniões diferentes aqui, e todos se baseiam em opiniões próprias, e de outros pesquisadores, pois Deus não deixou claro este assunto, caso contrário não estaria criando tanta divergência. Aquilo que chamam de claríssimo, não está claro para aqueles que usam outros contextos para explicar a seqüência provável, ou teórica, ou possível desses acontecimentos, que estão interligados de muitas maneiras.
Sem mais, agradeço.
Fique na Paz do Senhor Jesus.
Pr. Ev. Roberto Knudsen

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Convidad em Qui Ago 27, 2009 7:40 am

Diego escreveu: brachoto!

Rápidos comentários, Veja o que diz I Cor 15:51,52: "Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados." Veja ainda o que diz I Tess 4:17: "Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor."

Quantos aqui conseguem ver que Paulo está se incluindo na geração do arrebatamento?
Acho que a conclusão foi unanime, porém os mid e os pré-tribulacionistas não conseguem enchergar algo que está claro veja:
Paulo além de se incluir na geração do arrebatamento vai além em seus comentários, Paulo acreditava que ainda estaria vivo para ver tal dia (“nos que ficarmos vivos”), isso nos mostra com clareza que Paulo não esperava ser arrebatado antes da tribulação, esperava sim passar pela tribulação em vida e ainda sim ver Jesus apontando no céu com poder e Glória. Veja que Paulo indica que a Vinda de Yashua se dará somente ao toque da ultima trombeta ver que a ultima trombeta é a setima relatada em Ap 11:15 onde Deus já haveria derramado sobre a Terra todo seu Juizo, ou seja, a Grande Tribulação já estaria no final, nesse momento é que Deus ressusitará os mortos e dára a paga sobre cada um (Ap: 11:18) Paulo ou qualquer escritor biblico fala em vinda invisível ou vinda dividida em partes, por favor se alguem souber de alguma passagem que se refira a isso favor indicar. A igreja primitiva não exprimia nenhuma idéia de um arrebatamento anti-tribulacional, essa idéia só veio a existir no ano de 1800 dc. As Escrituras é clara, a Vinda triunfal de Jesus será um evento visivel onde todo “olho o verá”, o proprio Jesus alertou que será após a grande tribulação:
“Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados. Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória.”Mateus 24:29-30. Não consigo entender o porquê de tanta discussão em torno de um assunto que Jesus deixou bem resolvido. Outra coisa que desmancha a teoria pré ou mid-tribulacional é o seguinte entendimento baseado em Apocalipse 20:4-6 onde fala da primeira ressurreição onde fica clara que só se sucederá após a grande tribulação, pois fala que só terá parte dela quem não tiver recebido o sinal da besta.. ora se os que não receberam a marca da besta fazem parte da primeira ressureição , fica claro duas coisas uma que se não receberam a a marca é porque passaram pela tribulação e outra que antes da tribulação não houve nenhuma outra ressurreição, então como explicar que a igreja teria sido arrebatada e os mortos ressuscitado antes da tribulação?(I Cor 15:51,52)
Muitos argumentos podem ser usados para mostrar que a Igreja será guardada na tribulação e não arrebatada antes dela .. o arrebatamento se dará ao final da Grande tribulação!
Aconselho a consulta do site www.projetoomega.com.br para maiores entendimento sobre esse assunto. Paz e Graça!


Prezado Irmão Diego

Como explicar que Jesus virá num piscar de olhos? Haverão dois, um será levado e o outro será deixado? Jesus virá como um ladrão, quando se menos espera. Mas por que então tanto sigilo se, segundo vossa teoria, o arrebatamento e a volta de Jesus ocorrerão ao mesmo tempo vindo em seguida o reino milenar, segundo escreveram em comentários passados?

A Grande Tribulação prevê destruição em massa de toda humanidade, creio que praticamente cerca de um terço de tudo que existe ou está vivo. Contudo Deus disse que enquanto houvesse um justo Ele não procederia com a destruição.

Existem várias versões da Bíblia, a minha não fala de tribulações, em Mateus 24, mas sim de aflições. Contudo essa passagem se refere à volta de Jesus, possivelmente resgatando aqueles que ficaram depois do arrebatamento e perseveraram até o fim sendo fiéis à Palavra de Deus, pois neste momento o Espírito Santo não mais estará na Terra.

Apocalipse 11: 18 E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.

Aqui nesta passagem está claro que Deus fala sobre o julgamento dos mortos que morreram não salvos, não participaram da primeira ressurreição e do arrebatamento da Igreja. Não faz qualquer referência sobre a grande tribulação.

Apocalipse 20:4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles aqueles a quem foi dado o poder de julgar. E vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na testa nem na mão; e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos. 5 Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele mil anos.

Onde está a relação desta passagem com a grande tribulação? Ela apenas constata aqueles que foram salvos e que participarão da primeira ressurreição dos mortos (sem referir quando isso aconteceu) e aqueles que não foram salvos e não ressuscitaram desta vez, e foram condenados por terem se sujeitado ao diabo.

Com relação ao que Paulo pensava ou achava, conforme citou (I Cor. 15:51,52; I Tess. 4:17) ainda hoje todos pensam a mesma coisa, que Jesus está às portas. E mais de dois mil anos já se passaram, e Jesus disse que somente Deus sabe quando será aquele dia, se referindo à Sua Volta. Contudo isso não quer dizer que Paulo sabia se a Igreja passaria, ou não, pela grande tribulação. Contudo Paulo, assim como muitos que morreram antes do arrebatamento, chegaram a pensar que não morreriam antes de vê-lo e participar dele. E o que isso quer dizer com relação à grande tribulação? Nada, que eu possa entender. Se a tribulação que Paulo passou não foi grande, então quão terrível será a verdadeira. Contudo sob que base vossa senhoria afirma que Paulo não esperava ser arrebatado antes da grande tribulação? Não obstante, Paulo disse o que o Espírito Santo lhe mandou escrever, ou dizer, e não porque Ele tinha plena consciência do que dizia. Pois se assim fosse todos os profetas poderiam decifrar todas as parábolas, sonhos e outros sinais que aprouve a Deus não revelar seu significado, sendo isto hoje motivo de muito estudo escatológico e de interpretações, onde todos fazem acusações mútuas contra os católicos, os judeus, etc., contudo sem terem de fato certeza de coisa alguma. Apenas observando os sinais.

Sem mais, agradeço

Atenciosamente, fique na Paz do Senhor Jesus.

PR. Ev. Roberto Knudsen
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Diego Yo'ets em Qui Ago 27, 2009 3:55 pm

Opa. Querido Irmão Roberto

Antes de tudo queria dizer que o amo em Cristo, e que vejo em você uma tentativa desenfreada para ajudar as pessoas entenderem sobre as escrituras, e isso é louvável, porém te vejo como Paulo viu a Apolo em seu primeiro encontro, como: uma pessoa zelosa pelas escrituras, mas que ainda falta conhecer Áquila e Priscila para poder aprender um pouco mais.
Quero gastar todo tempo possível para resolver essa questão com o Sr. Para mim tanto faz ser nesse fórum, como pessoalmente, como por MSN, email, estou disposto a estudarmos juntos sobre esse assunto, e como não sou dono da verdade apenas servo dela possivelmente irei aprender com o Sr. e também terei algo a ensinar.Comecemos:

“Como explicar que Jesus virá num piscar de olhos? Haverão dois, um será levado e o outro será deixado? Jesus virá como um ladrão, quando se menos espera. Mas por que então tanto sigilo se, segundo vossa teoria, o arrebatamento e a volta de Jesus ocorrerão ao mesmo tempo vindo em seguida o reino milenar, segundo escreveram em comentários passados?”
Medite: Quem será arrebatado? R. Os Justos de todos os tempos. Então fica claro que Jesus estava falando que no momento do arrebatamento um seria deixado e um seria levado, se isolarmos essa passagem ela não deixa claro qual será o momento (antes, depois ou meio), ela apenas nos indica que existem dois tipos de pessoas, as salvas e as condenadas, para as condenadas (náo aceitaram o modo de vida do Messias) para essas não haverá tempo para o arrependimento por isso a referencia de ser num piscar de olhos, nada alem disso. No caso de Jesus vir como um ladrão existe um texto de Paulo que está intimamente ligado a esse assunto e nos mostra quem será surpreendido pela vinda de Jesus vejamos: Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão; ( I Ts 5:4-8) A Escritura se completa e deixa claro que quem será surpreendido são os que NÃO cumprem a vontade de Deus, porém quem anda alinhado as vontades divinas estão plenamente ciente das profecias e os eventos que antecedem o retorno de Jesus ( assim como os "reis magos" estavam atentos ao tempo do nacimento do Messias). Não entendi a questão do sigilo, pois as Escrituras revelam que não há nada em oculto para os filhos de Deus. Deus não é um Deus ocultista, pelo contrário tudo quanto Deus vai fazer revela previamente aos seus profetas.Quem fala em sigilo é a vossa teoria , alegando a iminência da vinda de Jesus, Em Mateus 24 Jesus narra a ordem cronológica de todo o evento e afirma categoricamente que será após o período de aflição! Mas claro não sabemos o momento que iniciará a tribulação por isso a 2ª vinda se torna iminente!(MT 24;29-31 Mc 13:14,19,24,26, Lc 21:25-27).

“Contudo Deus disse que enquanto houvesse um justo Ele não procederia com a destruição.”

Existe um equivoco aqui no seu pensamento veja: Deus não está destruindo nada, quem veio pra destruir foi o diabo (Jo 10:10), humanos em sintonia com o diabo é que fazem a destruição da terra. No período tribulacional Deus estará agindo de varias formas a primeira será para mostrar para as nações o erro que foi servir ao diabo, por isso YHVH deixará o anticristo reinar. Evidentemente esse anticristo perseguirá os filhos de Deus, por isso Jesus orienta-nos fugirmos para os montes ( Mateus 24: 15-22), A segunda coisa que Deus estará realizando nesse período é a restauração de Israel, Veja os abalos climáticos que vemos relatados muito provavelmente não será puro milagre das mãos de Deus, existem estudos que mostram que a nossa poluição afeta até o sol, nós estamos destruído a Terra, para esses abalos começarem acontecer está muito fácil , vimos recentemente tsunamis, furacões tudo causado pela má utilização do homem.O que Deus sempre quis foi o homem reinando em uma Terra sadia, foi pra isso que Deus criou o Édem e colocou o homem como seu governante. Mas claro não podemos esquecer que Servos de Deus estarão nesse período tribulacional, com isso Jesus garantiu que se conseguirmos fugir para o monte, ou seja para longe dos que perseguem a Igreja ( se naõ fossemos passar para que fugir?), estaríamos protegido , se não fosse assim ele mandaria que nos entregasse, isso esta relacionado com a abreviação dos tempos e com a guarda sobrenatural que Deus irá realizar (AP 3:10), assim como guardou os tripulantes da arca de Deus (Noé), e do povo Judeu nas pragas do Egito.

“Apocalipse 11: 18 E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.

Aqui nesta passagem está claro que Deus fala sobre o julgamento dos mortos que morreram não salvos, não participaram da primeira ressurreição e do arrebatamento da Igreja. Não faz qualquer referência sobre a grande tribulação.?”

Veja amigo : Fala tanto dos mortos sem Cristo, como mortos em Cristo ( galardão é para quem?) , querido você atropelou as Escrituras , o período narrado está acontecendo sobre o toque da sexta corneta, se não for na Grande tribulação é quando? Vale te lembrar que isso João estava tendo uma visão do tempo do fim , e nesse momento está quase findando a sexta corneta e entrando para a sétima , por isso partiu a ordem de se entrar no tempo dos mortos e galardoar os santos , isso implica claramente que não ouve ainda a ressurreição, pois se tivesse existido os santos já teriam recebido o grande galardão que é a salvação, porém não é só nisso o meu pilar escatológico.

“Apocalipse 20:4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles aqueles a quem foi dado o poder de julgar. E vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na testa nem na mão; e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos. 5 Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele mil anos.

Onde está a relação desta passagem com a grande tribulação? Ela apenas constata aqueles que foram salvos e que participarão da primeira ressurreição dos mortos (sem referir quando isso aconteceu) e aqueles que não foram salvos e não ressuscitaram desta vez, e foram condenados por terem se sujeitado ao diabo.”
`
É mano você só esqueceu mais uma vez do contexto, percebo que vc se esquece que Apocalipse é uma narrativa , que vai acontecendo e João vai relatando tente se colocar no momento da visão e alinhar os fatos veja que Apocalipse 20 antecede o período milenar (vers.7), então perceba o seguinte: É necessário raciocínio nesse ponto: o texto é claro onde fala sobre os degolados pelo testemunho, e que não adoraram a besta e não receberam o sinal, ora se a Escritura fala desses como participante da primeira ressurreição é porque já foi passado o período tribulacional e é a hora de Jesus ressucitar a todos os crentes de todas as épocas inclusive do periodo tribulacional.. isso é pura lógica, e se esses fazem parte da primeira ressurreição é evidente que não houve outra ressurreição anterior a essa, então isso impossibilita a ressurreição pré-tribulacional que vc acreditava existir (passado, rsrsrs)

“Com relação ao que Paulo pensava ou achava, conforme citou (I Cor. 15:51,52; I Tess. 4:17) ainda hoje todos pensam a mesma coisa, que Jesus está às portas. E mais de dois mil anos já se passaram, e Jesus disse que somente Deus sabe quando será aquele dia, se referindo à Sua Volta. Contudo isso não quer dizer que Paulo sabia se a Igreja passaria, ou não, pela grande tribulação.”

Maninho nem todos pensam a mesma coisa, vc é uma prova disso, há uma incoerência muito grande no que vc disse, Paulo realmente não sabia o dia e nem a hora assim como Jesus também não sabia, porem ambos sabiam o que estaria acontecendo na história mundial. Veja: Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.(II Ts 2:3-5)

É obvio que Paulo falava aos irmãos primitivos do anticristo e como já afirmado anteriormente, Paulo passava pela tribulação de sua época, e jamais se colocou como de fora dela, Paulo sem muito entendimento escatológico achou-se no tempo do arrebatamento. E essa passagem de II Ts 2:3-5 mostra claramente que Paulo sabia que Jesus não voltaria sem que antes o anticristo não estabelecesse seu reino, o texto é claro! Alguém mal intencionado poderia dizer: “ é mas esse texto não fala de arrebatamento”, é só ler o vers. 1 e tudo resolvido. Então mano Paulo sabia que a Tribulação viria e somente depois se reuniria com Jesus. E quem sou eu para duvidar de Jesus e de Paulo?
OUtras incoerencia com o pensamento pré-tribulacional é conseguir expicar o que a Igreja fará durante o preiodo de sete anos... Sei que vão falar em bodas do cordeiro..Porem as bodas do cordeiro só será ANUNCIADA após a grande tribulação, após a queda da grande babilônia ou seja a falsa religiosidade,. Como 1 + 1 é 2 se as bodas só são ANUNCIADA após a Grande tribulação (AP 19:7-9) com a queda da babilônia fica claro que ainda não ocorreu até o fim da tribulação.(atente-se para o contexto)
Outro ponto seria... se a igreja estiver nas bodas, os crentes que estarão na tribulação , (obviamente aceitaram YHVH durante a Tribulação) ficaram de fora das bodas? segundo o estudo pré tribulacional sim, não há como enquadrar os crentes tribulaçionais nas bodas , pois segundo a teoria acontessem os fatos acontessem simultaneamente... Cruel isso! .. porém a Bíblia é clara todos os santos estarão diante a mesa do Cordeiro, inclusive os recem convertidos da tribulação.
Outro ponto controverso é que a Bíblia só fala de duas ressurreições uma de Justos (mediante sua vinda) e outra de ímpio após a milênio, então quando será a ressurreição dos justos que alcançarem a salvação no período tribulacional? A bíblia não fala deles?

brachoto!
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2103

Idade Idade : 34

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Xan Berg em Sex Ago 28, 2009 6:16 pm

pessoal


Atentem para um detalhe, por favor.

Na "semana de Daniel" ou o período da grande tribulação, não será o Eterno quem estará praticando os juízos na terra, mas este período estará sendo dominado (com permissão de D-us, apenas) pela abominação desoladora.

Após este periodo ocorrerá a vinda de Yeshua, cfme Mateus 24: 29-31 e a partir deste momento Yeshua passará a reger as nações com vara de ferro, os "ais" e os selos, até que entremos no milênio e aí haverá paz até que satanas novamente seja solto, etc, etc....
avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Xan Berg em Sab Ago 29, 2009 4:00 pm

robertoknudsen escreveu:Como explicar que Jesus virá num piscar de olhos? Haverão dois, um será levado e o outro será deixado? Jesus virá como um ladrão, quando se menos espera. Mas por que então tanto sigilo se, segundo vossa teoria, o arrebatamento e a volta de Jesus ocorrerão ao mesmo tempo vindo em seguida o reino milenar, segundo escreveram em comentários passados?

Prezado pr. Roberto,




Devemos analisar que não haverá sigilo algum na volta de Yeshua para o encontro com os fiéis nas nuvens, é certo que Yeshua virá como um ladrão, mas isso não quer dizer que ele virá secretamente para que quase ninguém saiba, somente os escolhidos que serão arrebatados secretamente. Isso está totalmente fora de cogitação.

Veja que as Escrituras também dizem que em sua vinda haverá um forte toque de trombeta (shofar) que reunirá os escolhidos dos quatro cantos da terra para o ajuntamento único nas nuvens (Mateus 24: 29 a 31) e em Apocalipse 1: 7 vemos mais um detalhe importante, ou seja, "Vede, ele vem com as nuvens e todo o olho o verá, até mesmo os que o trespassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém."

A vinda de Yeshua nas nuvens não será secreta, até os impios verão e lamentarão, porém ela também foi comparada com a vinda de um ladrão porquê ninguem sabe o momento que um ladrão virá, caso contrarário o pai de familia o supreenderia.

robertoknudsen escreveu:A Grande Tribulação prevê destruição em massa de toda humanidade, creio que praticamente cerca de um terço de tudo que existe ou está vivo. Contudo Deus disse que enquanto houvesse um justo Ele não procederia com a destruição.

Eita, assim não dá né, juntar metade de uma história com metade de outra para criar uma doutrina? Tenha dó!!!

Na "semana de Daniel" ou o período da grande tribulação, não será o Eterno quem estará praticando os juízos na terra, mas este período estará sendo dominado (com permissão de D-us, apenas) pela abominação desoladora que será a responsável pelas aflições.

robertoknudsen escreveu:Existem várias versões da Bíblia, a minha não fala de tribulações, em Mateus 24, mas sim de aflições. Contudo essa passagem se refere à volta de Jesus, possivelmente resgatando aqueles que ficaram depois do
arrebatamento e perseveraram até o fim sendo fiéis à Palavra de Deus, pois neste momento o Espírito Santo não mais estará na Terra.

Eu utilizo uma biblia que pertenceu ao meu avô, ela foi editada pela Sociedade Biblica Britânicca e Extrangeira (Londres, Lisboa) no ano 1939 e chegou as mãos dele em 16 de setembro de 1941, esta versão possue linguagem irudita e segundo lemos em Mateus 24: 29 encontramos TRIBULAÇÃO ao invés de aflição e a tal vinda de Yeshua ocorrendo depois daqueleo periodo para o unico encontro nas nuvens com os fiéis.

A versão biblica esponhola, Reina Valera, também descreve como TRIBULAÇÃO, vejamos:

24:29 E inmediatamente después de la tribulación de aquellos días, el sol se oscurecerá, y la luna no dará su resplandor, y las estrellas caerán del cielo, y las potencias de los cielos serán conmovidas.
24:30 Entonces aparecerá la señal del Hijo del Hombre en el cielo; y entonces lamentarán todas las tribus de la tierra, y verán al Hijo del Hombre viniendo sobre las nubes del cielo, con poder y gran gloria.
24:31 Y enviará sus ángeles con gran voz de trompeta, y juntarán a sus escogidos, de los cuatro vientos, desde un extremo del cielo hasta el otro.


robertoknudsen escreveu:Apocalipse 11: 18 E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.

Aqui nesta passagem está claro que Deus fala sobre o julgamento dos mortos que morreram não salvos, não participaram da primeira ressurreição e do arrebatamento da Igreja. Não faz qualquer referência sobre a grande tribulação.

Pois é, não falam sobre eles porque eles não eram salvos e este julgamento ocorrerá depois do milênio, e não no momento da vinda de Yeshua.

robertoknudsen escreveu:Apocalipse 20:4 E vi tronos; e assentaram-se sobre eles aqueles a quem foi dado o poder de julgar. E vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na testa nem na mão; e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos. 5 Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte, mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele mil anos.

Onde está a relação desta passagem com a grande tribulação? Ela apenas constata aqueles que foram salvos e que participarão da primeira ressurreição dos mortos (sem referir quando isso aconteceu) e aqueles que não foram salvos e não ressuscitaram desta vez, e foram condenados por terem se sujeitado ao diabo.

Novamente outro texto referente ao periodo do juizo final, e nao a grande tribulação.
avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Admin em Dom Ago 30, 2009 12:48 pm




Vejam como será fácil fácil as nações se voltarem contra Israel para que aconteça a guerra do ARMAGEDONN



avatar
Admin
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 244

Cidade Cidade : ישראל

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 14/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Profeta em Dom Ago 30, 2009 2:36 pm

:ns: Nossa, isso é impressionante.



Agora estou começando a entender porquê as nações virão contra Israel e porquê os crentes sofrerão na Grande Tribulação, como explicou o Xan.



Nossa, isso é sério mesmo.
avatar
Profeta
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 38

Cidade Cidade : Brasil

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 22/07/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Waldir em Dom Ago 30, 2009 9:10 pm

A igreja vem passando pelo "grande tribulo" já há quase 2.000 anos de História do cristianismo e os judeus pelo mesmo período de tempo passou pela maior de todas as diásporas (dispersão) até cuminar o ano de 1948 - Data base profética para se entender as Escrituras e para desencadear as últimas profecias antes da manifestação de Yeshua e do estabelecimento de seu reino milenar.

Para se entender a questão do arrebatamento, bem como as demais profecias acerca do fim, é necessário entendermos "o sábado como sombra" das coisas que haviam de vir...

Alguém aqui sabe dizer "o porquê" a igreja, juntamente com os judeus escolhidos terão que reinar 1.000 anos com Cristo antes da destruíção final do planeta terra e da inauguração dos "NOVOS CÉUS E NOVA TERRA"...?

Entendendo esta questão, fica mais fácil entender acerca do arrebatamento da igreja, onde somente os JUDEUS (ISRAEL) ficará na terra para testemunhar acerca de D'us e de Yeshua; enquanto isto, a igreja de todos os tempos estará na celebração das bodas do Cordeiro no céu ( onde quem deveria estar era os filhos ou herdeiros do reino - os judeus), portanto, as bodas do Cordeiro acontecerá em algumas horas no céu (no Kairós de Deus)...

estas poucas horas porém, serão 7 anos do governo do ANTICRISTO aqui na terra (tempo kronos - o que ocorre debaixo do sol).

Um abraço!

chaver!

Waldir
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 10

Cidade Cidade : Minas Gerais

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 28/03/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Admin em Dom Ago 30, 2009 9:30 pm

Waldir escreveu:A igreja vem passando pelo "grande tribulo" já há quase 2.000 anos de História do cristianismo e os judeus pelo mesmo período de tempo passou pela maior de todas as diásporas (dispersão) até cuminar o ano de 1948 - Data base profética para se entender as Escrituras e para desencadear as últimas profecias antes da manifestação de Yeshua e do estabelecimento de seu reino milenar.

Para se entender a questão do arrebatamento, bem como as demais profecias acerca do fim, é necessário entendermos "o sábado como sombra" das coisas que haviam de vir...

Alguém aqui sabe dizer "o porquê" a igreja, juntamente com os judeus escolhidos terão que reinar 1.000 anos com Cristo antes da destruíção final do planeta terra e da inauguração dos "NOVOS CÉUS E NOVA TERRA"...?

Entendendo esta questão, fica mais fácil entender acerca do arrebatamento da igreja, onde somente os JUDEUS (ISRAEL) ficará na terra para testemunhar acerca de D'us e de Yeshua; enquanto isto, a igreja de todos os tempos estará na celebração das bodas do Cordeiro no céu ( onde quem deveria estar era os filhos ou herdeiros do reino - os judeus), portanto, as bodas do Cordeiro acontecerá em algumas horas no céu (no Kairós de Deus)...

estas poucas horas porém, serão 7 anos do governo do ANTICRISTO aqui na terra (tempo kronos - o que ocorre debaixo do sol).

Um abraço!

chaver!




Waldir



O único problema para os que acreditam no arrebatamento da igreja antes da grande tribulação é que estão contradizendo as palavras de Yeshua dita em Mateus 24: 29-31.


Quantos arrebatamentos existirão?



avatar
Admin
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 244

Cidade Cidade : ישראל

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 14/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Waldir em Dom Ago 30, 2009 9:57 pm

Admin escreveu:
Waldir escreveu:A igreja vem passando pelo "grande tribulo" já há quase 2.000 anos de História do cristianismo e os judeus pelo mesmo período de tempo passou pela maior de todas as diásporas (dispersão) até cuminar o ano de 1948 - Data base profética para se entender as Escrituras e para desencadear as últimas profecias antes da manifestação de Yeshua e do estabelecimento de seu reino milenar.

Para se entender a questão do arrebatamento, bem como as demais profecias acerca do fim, é necessário entendermos "o sábado como sombra" das coisas que haviam de vir...

e Também: Alguém aqui sabe dizer "o porquê" a igreja, juntamente com os judeus escolhidos terão que reinar 1.000 anos com Cristo antes da destruíção final do planeta terra e da inauguração dos "NOVOS CÉUS E NOVA TERRA"...?

Entendendo estas questões, fica mais fácil entender acerca do arrebatamento da igreja, onde somente os JUDEUS (ISRAEL) ficará na terra para testemunhar acerca de D'us e de Yeshua; enquanto isto, a igreja de todos os tempos estará na celebração das bodas do Cordeiro no céu ( onde quem deveria estar era os filhos ou herdeiros do reino - os judeus), portanto, as bodas do Cordeiro acontecerá em algumas horas no céu (no Kairós de Deus)...

estas poucas horas porém, serão 7 anos do governo do ANTICRISTO aqui na terra (tempo kronos - o que ocorre debaixo do sol).

Um abraço!

chaver!




Waldir



O único problema para os que acreditam no arrebatamento da igreja antes da grande tribulação é que estão contradizendo as palavras de Yeshua dita em Mateus 24: 29-31.


Quantos arrebatamentos existirão?




Xan,

se você entender o que está destacado acima, ficará fácil entender e assimilar uma das maiores revelações do Brit Chadasha (Novo Testamento): O ARREBATAMENTO DA IGREJA PARA AS BODAS DO CORDEIRO

Um abraço!

Waldir
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 10

Cidade Cidade : Minas Gerais

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 28/03/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Admin em Dom Ago 30, 2009 10:14 pm

Waldir


Agora pergunto


O que você destacou acima está em harmonia com Mateus 24: 29 a 31 ou toda a seleção de versiculos contradizem as palavras do Mestre?

Quanto ao shabat, nele contem uma promessa descrita em Hebreus 4 (ver contexto), de entrarmos no descanso do Eterno, porem isso ocorrerá depois do milênio, e para voce poder ter noção correta do assunto é necessário utilizar o calendario biblico vigente até os dias atuais em Israel, ou seja, o calendario judaico lunar, caso contrario a chance de erros será grande.

Outrossim, as bodas do cordeiro está interligada a páscoa, e neste periodo das bodas do cordeiro nao será festinha no céu, mas juízos na terra, pois Yeshua estará pisando o lagar da ira do Senhor, ajuntando os animais de rapinas para cearem, pois a mesa estará prerarada e os escolhidos estarão juntamente com Yeshua governano as naçoes com vara de ferro.


Leia o contexto de Apocalipse 19 e verá realmente do que se trata as bodas do cordeiro.


avatar
Admin
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 244

Cidade Cidade : ישראל

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 14/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Waldir em Dom Ago 30, 2009 10:36 pm

Xan, as bodas do Cordeiro de APOCALIPSE 19: 09 é a que eu mencionei acima e coaduna com o que postei acima, agora...

a CEIA DO GRANDE DEUS (JUÍZOS DE DEUS NA TERRA) de APOCALIPSE 19: 17,18 não se co-relaciona com A CEIA DAS BODAS DO CORDEIRO.

E também...

para entender os versículos de MATEUS 24: 29 a 31, é necessário avaliar o contexto exegético a que os mesmos estão inseridos, para não incorrermos em distorção teológica.

Para tal, é interessante recorrermos ao versículo inicial deste "post" que você mesmo fêz menção: MATHEUS 24: 1 a 3...

é interessante saber discernir as palavras de Yeshua em resposta aos seus discípulos, pois é exatamente na questão levantada pelos discípulos que poderemos contextualizar todo o capítulo eh assimilarmos a resposta do Mestre, para "as indagações" dos discípulos, veja: Matheus 24:

3 E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo:

>> Dize-nos, quando serão essas coisas,
>> e que sinal haverá da tua vinda
>> e do fim do mundo?

Portanto, são 3 PERGUNTAS dos discípulos em uma só:

> DIZE-NOS, QUANDO SERÃO ESSAS COISAS: "que coisas" seriam estas???

RESPOSTA: É só contextualizarmos com o assunto anterior à pergunta dos discípulos, nos versículos de Matheus 23: 37 a 39 e 24: 01,02... OU SEJA:

1ª PERGUNTA:

- Quando acontecerá que o TEMPLO e a cidade de Jerusalém será destruida e aqui não ficar pedra sobre pedra?

Agora, observe a segunda pergunta dos discípulos:

2ª PERGUNTA:

- Que sinal haverá da tua vinda?

O sinal então da vinda de Jesus será dado em resposta à esta pergunta somente no versículo 29,30..."Então aparecerá no céu O SINAL" e as considerações de Yeshua sobre o assunto, que também precisa ser entêndido de forma espiritual e não natural ou racional...

3ª PERGUNTA:

- e do FIM DO MUNDO?

Então amigo Xan, é preciso enquadrar o contexto exegético da resposta de Jesus a cada uma das questões...

Um exemplo da profundidade do versículo 29:

> Será mesmo que ESTRELAS (astros gigantescos e bem maiores do que a terra e os demais planetas do sistema solar) irão cair sobre a terra?

Este versículo portanto, possui interpretação espiritual, pois não somos "HOMENS NATURAIS", devemos comparar coisas espirituais com espirituais.

Um abraço!

chaver!

Waldir
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 10

Cidade Cidade : Minas Gerais

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 28/03/2009


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Convidad em Seg Ago 31, 2009 10:21 pm

Admin escreveu:


Vejam como será fácil fácil as nações se voltarem contra Israel para que aconteça a guerra do ARMAGEDONN




Prezados Irmão deste Site e do mundo inteiro
O diabo é especialista em falar mentiras e enganar toda humanidade, principalmente divulgando dados estatísticos, e possivelmente verdadeiros, como estes que acabei de ouvir assistindo este vídeo muito bem postado para alerta de todos. Contudo tenho uma boa notícia:
JESUS JÁ HERDOU ESTE MUNDO COM TUDO QUE HÁ SOBRE ELE, sendo que os verdadeiros cristãos (selados com o Espírito Santo e lavados com o sangue de Jesus) estão apenas sendo provados até o fim, ou até a morte, em sua fidelidade a Deus e Sua Palavra.
Não obstante quem herdou a Terra juntamente com Jesus foi a Igreja de Deus, da qual fazemos parte. O que precisamos é realizar aquilo que Deus nos ensina, que é ensinar a Verdade ao mundo, pois será o próprio Deus quem converterá os judeus, os muçulmanos, os ateus, os gentios, etc., ao Messias Jesus. Pois a Bíblia diz:
João 6:44 Ninguém pode vir a mim, se o Pai, que me enviou, o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último Dia.
João 6:37 Tudo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. 38 Porque eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. 39 E a vontade do Pai, que me enviou, é esta: que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último Dia.
Romanos 8:17 E, se nós somos filhos, somos, logo, herdeiros também, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.
Todos que não crêem na Palavra de Deus, com seus 66 livros canônicos, serão destruídos por Deus num tempo apropriado que somente Deus sabe quando será. Portanto ainda que o mundo seja governado por ímpios, como foi no Antigo Testamento antes do dilúvio, todos serão destruídos por Deus, caso não aceitem a salvação pela graça que Deus está enviando ao mundo.
Não temos que nos preocupar nem nos assustar com o que a mídia divulga, mas temos que nos preocupar em falar do amor de Deus e praticar o verdadeiro cristianismo de Atos 2:42-47 e Mateus 25:31-46, entre outras, pois somente assim é que todos virão para o Evangelho e para Jesus.
Hoje a Igreja de Deus se tornou capitalista, e não dá bom exemplo de vida cristã. Por isso os muçulmanos estão aparentemente ganhando terreno, porém para sua própria perdição.
Deus já revelou vários projetos de como haveremos de atrair todos para Jesus restaurando toda a Terra (Igreja, natureza e economias), como predito em Mateus 17:11; Atos 3:19-22; Daniel 2:28-44; 7:18; Isaías 61:1-5, e outras. Não há falta de recursos da Terra, ou no Universo, o que falta é o ser humano voltar a ser governado por Deus, por meio do caminho único deliberado por Deus, para que assim todos os problemas do homem sobre a Terra sejam eliminados e voltemos a viver uma vida rica, abundante, com toda suficiência permitida por Deus.
Portanto, caros irmãos e irmãs, não temam, mas preguem dia e noite, a tempo e fora de tempo, o evangelho, pois tudo está nas mãos de Deus, e não da mídia ou das falsas doutrinas muçulmanas e de outra ordem que estão sendo divulgadas com a devida permissão de Deus, cujo objetivo é aumentar o contraste entre o joio e o trigo, o mal do bom, o injusto do justo, pois como a Bíblia diz:
Apocalipse 22:10 E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro, porque próximo está o tempo. 11 Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; {ou ainda mais} e quem é santo seja santificado ainda. 12 E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra.
Eclesiastes 12:13 De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem. 14 Porque Deus há de trazer a juízo toda obra e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.
Sem mais, agradeço, atenciosamente
Fiquem na Paz do Senhor Jesus.
PR. Ev. Roberto Knudsen
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Xan Berg em Ter Set 08, 2009 8:26 pm



avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Xan Berg em Ter Set 08, 2009 8:53 pm

Pr Roberto


Está certo que Yeshua recebeu de YHWH todo o poder e autoridade, mas os reinos ainda não passaram a Ele definitivamente.

As forças espirituais predominates na terra ainda são, infelizmente, as do mal, que tem como representante o principe deste mundo que é Satanas, que já está julgado mas a sentença por hora ainda não foi executada, logo, engana-se quem faz um fusuê em cima dos púlpitos desafiando ( ) o diabo, sendo que as Escrituras não dão permissão para qualquer indivíduo assimo o fazer e ainda deixa claro que nem Miguel, que é um arcanjo e um dos primeiros príncipes do reino de YHWH não OUSOU pronunciar sentenças ou desafios contra satanás.

O pessoal está precisando parar de fazer sensacionalismos e colocar as coisas no devido lugar.



Até +



avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Convidad em Qua Set 09, 2009 12:35 am

Prezado Irmão Xan
O diabo sempre me obedece, sempre que Deus me coloca em situação de enfrentá-lo. Nunca houve, nem nunca haverá, uma situação contrária a isso, para aqueles que estão em Cristo Jesus, são fiéis a Deus e Sua Palavra, e ao Messias Jesus, realizando apenas obra que Ele nos mandou, nada além disso.
Contudo não vou sair por ai realizando obras que Deus não mandou, ou não predisse na Bíblia. Não posso expulsar o demônio da Terra, mas sim de toda pessoas que Deus, por meio de Jesus e da Igreja, enviar até a minha pessoa, justamente para libertar o possuído, o enganado, dos laços do diabo e suas mentiras.
Tudo que lemos, ou ouvimos, no primeiro vídeo acima, é feito não necessariamente pelo diabo. Nunca soube ou ouvi falar que os muçulmanos estavam possuídos, contudo sei, pelas escrituras, que eles vivem enganados, e vivem enganando todas as pessoas no mundo. E o que pode libertar um muçulmano? Somente a Verdade, e somente se Deus assim o quiser, pois tenho consciência tanto de que Deus hoje está aumentando o contraste entre o joio e o trigo, o justo e o injusto, o santo e o ímpio, quanto quem salva e liberta o ser humano levando-o até a presença de Cristo para que conheça a Verdade e seja liberto do diabo e suas mentiras.
Posso até ser morto, mas sei que a autoridade e todos os bens da Terra, já pertencem a Cristo, e à Igreja, e que Deus os dá a quem Ele quiser (como deu até a um ímpio, que foi Nabucodonosor).
Mas lembre-se, sem fé é impossível agradar a Deus, ou obter qualquer favor da parte de Deus (Tiago 1:1-7).
Não estou dizendo que somos super-homens, ou que podemos derrotar as forças armadas dos EUA pela nossa palavra (que não vale coisa alguma, nesse sentido), mas digo que já reinamos com Cristo, desde há 2 mil anos atrás, contudo nossa arma é tão somente o bem, o sangue, a graça e a verdade. Por meio deles venceremos o mal e converteremos a Cristo todos que Deus quiser salvar, usando de toda estratégia para converter as pessoas (como disse que fazia o apóstolo Paulo).
Como cristãos verdadeiros que somos, não estamos aqui na Terra para acumular bens, riquezas, mesmo sendo filhos do dono de todas as coisas. Contudo as coisas não vão trocar de lugar, se nos tornarmos donos temporários delas, então porque a pressa de alguns. Logo estamos aqui para ensinar a Verdade, em nome de Jesus, pois este é o poder e a vitória que vence todo inimigo de Deus e dos homens, Pois somente a Verdade libertará os muçulmanos, e os judeus, e os falsos cristãos, das mentiras e enganos do diabo e dos homens.
Sem mais, agradeço.
Fique na Paz do Senhor Jesus. .
Pr. Ev. Roberto Knudsen
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Jarbas em Qua Set 09, 2009 4:11 am

Xan escreveu:
Pr Roberto


Está certo que Yeshua recebeu de YHWH todo o poder e autoridade, mas os reinos ainda não passaram a Ele definitivamente.

As forças espirituais predominates na terra ainda são, infelizmente, as do mal, que tem como representante o principe deste mundo que é Satanas, que já está julgado mas a sentença por hora ainda não foi executada, logo, engana-se quem faz um fusuê em cima dos púlpitos desafiando ( ) o diabo, sendo que as Escrituras não dão permissão para qualquer indivíduo assimo o fazer e ainda deixa claro que nem Miguel, que é um arcanjo e um dos primeiros príncipes do reino de YHWH não OUSOU pronunciar sentenças ou desafios contra satanás.

O pessoal está precisando parar de fazer sensacionalismos e colocar as coisas no devido lugar.



Até






Gostei do que o irmão Xan falou...

Há tempo para tudo debaixo do sol, e tem muita gente fazendo muitas coisas fora de tempo...


Maranata.
avatar
Jarbas
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 46

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/01/2009

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Diego Yo'ets em Ter Set 15, 2009 2:39 pm

A IGREJA E O ARREBATAMENTO



A seguir, abordaremos alguns tópicos que nos mostram claramente que o chamado “rapto” ou encontro dos salvos com Jesus, será um evento que acontecerá ao mesmo tempo da segunda vinda de Jesus em glória, ou seja, logo após a grande tribulação. Essa questão assume vital importância, pois observamos que muitos não estão preparados para essa realidade. Muitos sequer cogitam a possibilidade de passar por esses momentos de provação que virão sobre o mundo (I Pedro 1:7).

Da mesma maneira que a Igreja primitiva teve que escolher entre viver de acordo com os princípios espirituais e morais do império romano e a reclusão das catacumbas, devido à implacável perseguição desencadeada a partir do ano 64 d.C., a Igreja nos últimos tempos se verá diante de igual conjuntura. Aceitar a marca do anticristo ou viver à margem do sistema político, econômico, social e religioso que governará o mundo? Talvez você tenha que responder a essa pergunta num futuro muito próximo...

Acontecendo o arrebatamento antes, durante ou após a grande tribulação, o vital é que o cristão esteja preparado para esse momento maravilhoso em que aqueles que morreram em Cristo serão ressuscitados e os que estiverem vivos serão transformados recebendo corpos celestiais. O que nos preocupa é que, estando certa a nossa posição a respeito de quando acontecerá o arrebatamento, muitos não estejam realmente preparados para enfrentar esses dias difíceis, pois a maioria defende o arrebatamento como um evento pré-tribulacional. Muitos atualmente estão mais preocupados em estar cada vez mais inseridos na sociedade, aproveitando tudo o que ela pode oferecer, do que dedicados ao estudo das profecias escatológicas. Que tipo de postura essas pessoas terão diante dos últimos acontecimentos? É hora de se preparar, porque não sabemos o dia nem a hora em que Jesus virá (Mateus 24:42).

Analisemos alguns textos bíblicos que abordam os temas “arrebatamento” e “segunda vinda”.



VINDA LOGO APÓS A TRIBULAÇÃO



No sermão profético proferido pelo Senhor Jesus poucos dias antes de sua crucificação e registrado nos livros de Mateus, Marcos e Lucas, Jesus relaciona diretamente os dois eventos em questão, deixando claro que acontecerão ao mesmo tempo. Em Mateus 24:29-31 diz textualmente:



E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá , e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta os quais lhe ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus".



Nesse texto fica claro que a segunda vinda de Jesus acontecerá logo após a grande tribulação (Mateus 24:29), será visível a nível mundial e em glória (Mateus 24:30).

Fica patente então que Jesus, no sermão profético registrado em Mateus 24, menciona apenas uma vinda, na qual ocorrerá a reunião dos escolhidos "de uma à outra extremidade dos céus". Ao mesmo tempo, não há como associar exclusivamente o termo "escolhidos" à nação israelense, sob pena de negar a universalidade do ministério redentor de Jesus ao dizer que "não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós" (João 15:16) e sob pena de estabelecer uma distinção não ensinada pelo Senhor quando ordenou aos Seus discípulos que ensinassem a discípulos em todas as nações a guardarem todas as coisas que Ele tinha ensinado (Mateus 28:19-20). O Sermão Profético, descrito nos capítulos 24 e 25 de Mateus, e nos evangelhos de Marcos e Lucas, foi um dos últimos a serem ministrados pelo Mestre. Consequentemente, não nos parece apropriado fazer distinções entre "Igreja" e "Israel" dentro do Sermão Profético quando o Senhor se refere a "escolhidos". Fica a clara constatação de que nossa reunião com o Senhor, que nos escolheu, se dará no momento da única vinda descrita por Jesus no sermão profético: logo após a grande tribulação (Mateus 24:29-31).



VINDA GLORIOSA



Na primeira carta aos tessalonicenses, o apóstolo Paulo explica mais uma vez como acontecerão os fatos (I Tessalonicenses 4:13-18). No versículo 16 ele aborda a vinda do Senhor dando a entender que esta vinda não será “oculta” para as pessoas em geral e sim visível. A exemplo do que fez Jesus no sermão profético, Paulo relaciona diretamente a segunda vinda com o arrebatamento. Vejamos:



"Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz do arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar com o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor".



Fica claro que o apóstolo Paulo está falando sobre a segunda vinda de Jesus em glória, em estreita sincronia com aquilo que já havia sido revelado por Jesus no sermão profético! Note as semelhanças com a narrativa do Mestre e a sujeição de Paulo a ela: a) presença de anjos e arcanjos, b) o som das trombetas e c) grande brado, poder e glória.



PAZ e GRAÇA! (parte do site WWW.PROJETOOMEGA.COM.BR)
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2103

Idade Idade : 34

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Xan Berg em Ter Set 15, 2009 7:48 pm




Belo comentário Diego.


Interessante que está cheio de pessoas preocupadas se haverá uma terceira vinda ou chance de serem salvas, por que será heim?!?!?!


avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Convidad em Ter Set 15, 2009 8:00 pm

Diego escreveu:A IGREJA E O ARREBATAMENTO



A seguir, abordaremos alguns tópicos que nos mostram claramente que o chamado “rapto” ou encontro dos salvos com Jesus, será um evento que acontecerá ao mesmo tempo da segunda vinda de Jesus em glória, ou seja, logo após a grande tribulação. Essa questão assume vital importância, pois observamos que muitos não estão preparados para essa realidade. Muitos sequer cogitam a possibilidade de passar por esses momentos de provação que virão sobre o mundo (I Pedro 1:7).

Da mesma maneira que a Igreja primitiva teve que escolher entre viver de acordo com os princípios espirituais e morais do império romano e a reclusão das catacumbas, devido à implacável perseguição desencadeada a partir do ano 64 d.C., a Igreja nos últimos tempos se verá diante de igual conjuntura. Aceitar a marca do anticristo ou viver à margem do sistema político, econômico, social e religioso que governará o mundo? Talvez você tenha que responder a essa pergunta num futuro muito próximo...

Acontecendo o arrebatamento antes, durante ou após a grande tribulação, o vital é que o cristão esteja preparado para esse momento maravilhoso em que aqueles que morreram em Cristo serão ressuscitados e os que estiverem vivos serão transformados recebendo corpos celestiais. O que nos preocupa é que, estando certa a nossa posição a respeito de quando acontecerá o arrebatamento, muitos não estejam realmente preparados para enfrentar esses dias difíceis, pois a maioria defende o arrebatamento como um evento pré-tribulacional. Muitos atualmente estão mais preocupados em estar cada vez mais inseridos na sociedade, aproveitando tudo o que ela pode oferecer, do que dedicados ao estudo das profecias escatológicas. Que tipo de postura essas pessoas terão diante dos últimos acontecimentos? É hora de se preparar, porque não sabemos o dia nem a hora em que Jesus virá (Mateus 24:42).

Analisemos alguns textos bíblicos que abordam os temas “arrebatamento” e “segunda vinda”.



VINDA LOGO APÓS A TRIBULAÇÃO



No sermão profético proferido pelo Senhor Jesus poucos dias antes de sua crucificação e registrado nos livros de Mateus, Marcos e Lucas, Jesus relaciona diretamente os dois eventos em questão, deixando claro que acontecerão ao mesmo tempo. Em Mateus 24:29-31 diz textualmente:



E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá , e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta os quais lhe ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus".



Nesse texto fica claro que a segunda vinda de Jesus acontecerá logo após a grande tribulação (Mateus 24:29), será visível a nível mundial e em glória (Mateus 24:30).

Fica patente então que Jesus, no sermão profético registrado em Mateus 24, menciona apenas uma vinda, na qual ocorrerá a reunião dos escolhidos "de uma à outra extremidade dos céus". Ao mesmo tempo, não há como associar exclusivamente o termo "escolhidos" à nação israelense, sob pena de negar a universalidade do ministério redentor de Jesus ao dizer que "não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós" (João 15:16) e sob pena de estabelecer uma distinção não ensinada pelo Senhor quando ordenou aos Seus discípulos que ensinassem a discípulos em todas as nações a guardarem todas as coisas que Ele tinha ensinado (Mateus 28:19-20). O Sermão Profético, descrito nos capítulos 24 e 25 de Mateus, e nos evangelhos de Marcos e Lucas, foi um dos últimos a serem ministrados pelo Mestre. Consequentemente, não nos parece apropriado fazer distinções entre "Igreja" e "Israel" dentro do Sermão Profético quando o Senhor se refere a "escolhidos". Fica a clara constatação de que nossa reunião com o Senhor, que nos escolheu, se dará no momento da única vinda descrita por Jesus no sermão profético: logo após a grande tribulação (Mateus 24:29-31).



VINDA GLORIOSA



Na primeira carta aos tessalonicenses, o apóstolo Paulo explica mais uma vez como acontecerão os fatos (I Tessalonicenses 4:13-18). No versículo 16 ele aborda a vinda do Senhor dando a entender que esta vinda não será “oculta” para as pessoas em geral e sim visível. A exemplo do que fez Jesus no sermão profético, Paulo relaciona diretamente a segunda vinda com o arrebatamento. Vejamos:



"Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz do arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar com o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor".



Fica claro que o apóstolo Paulo está falando sobre a segunda vinda de Jesus em glória, em estreita sincronia com aquilo que já havia sido revelado por Jesus no sermão profético! Note as semelhanças com a narrativa do Mestre e a sujeição de Paulo a ela: a) presença de anjos e arcanjos, b) o som das trombetas e c) grande brado, poder e glória.



PAZ e GRAÇA! (parte do site [url=http://www.PROJETOOMEGA.COM.BR)
WWW.PROJETOOMEGA.COM.BR)[/quote[/url]]

Prezado Irmão Diego
Já vi estes mesmos comentários e interpretações pessoais várias vezes, e respeito seu ponto de vista, pois entendo que em sua análise desconsideram outras passagens da Bíblia que apontam em outra direção, mostrando a possibilidade de Deus livrar a Igreja da Grande tribulação, como atestam os testos a seguir:

a) A Igreja não está destinada a ira - " Logo muito mais, sendo agora justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira." - Romanos 5:9; "porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos entre vós, e como vos convertestes dos ídolos a Deus, para servirdes ao Deus vivo e verdadeiro, e esperardes dos céus a seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira vindoura.;" - I Tess 1:9,10; "porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo," I Tess 5:9.

b) Portanto, a Igreja não poderá entrar no "Grande Dia da Ira Deles" - "porque é vindo o grande dia da ira deles; e quem poderá subsistir?" Apocalipse 6:17.

c) A possibilidade do crente escapar da Tribulação é mencionada em Lucas 21:36: "Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que hão de acontecer, e estar em pé na presença do Filho do homem."

d) À Igreja de Filadélfia foi prometido livramento da "hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra" - Apoc 3:10 - E, dispensacionalmente falando, a Igreja de Filadélfia é a Igreja do Arrebatamento!

e) É uma das características da maneira divina de agir, o livrar aos crentes de qualquer juízo divino a ser infligido contra o mundo, conforme é ilustrado nos livramentos de: "Noé" e "Ló"

Veja o que diz em II Pedro 2:6-9: "se, reduzindo a cinza as cidades de Sodoma e Gomorra, condenou-as à destruição, havendo-as posto para exemplo aos que vivessem impiamente; e se livrou ao justo Ló, atribulado pela vida dissoluta daqueles perversos (porque este justo, habitando entre eles, por ver e ouvir, afligia todos os dias a sua alma justa com as injustas obras deles); também sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar para o dia do juízo os injustos, que já estão sendo castigados;

f) As Escrituras ensinam claramente que a Igreja inteira, e não apenas uma parte dela, será arrebatada quando da vinda de Cristo para a Sua Igreja - Veja o que diz I Cor 15:51,52: "Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados." Veja ainda o que diz I Tess 4:17: "Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor."

g) O Espírito Santo, na qualidade de "Restringidor do Mal" não poderá ser retirado do mundo, a menos que a Igreja, na qual habita o Espírito, for retirada ao mesmo tempo. A Grande Tribulação não poderá começar enquanto essa restrição não for suspensa.

h) O Espírito Santo, na qualidade de "Restringidor do Mal" será tirado do mundo antes de revelar-se o "iníquo" que dominará o mundo durante o período da Grande Tribulação - Veja o que diz II Tess 2:6-8:-

"E agora vós sabeis o que o detém para que a seu próprio tempo seja revelado. Pois o mistério da iniqüidade já opera; somente há um que agora o detém até que seja posto fora; e então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda;"

Diante das duas análises, com todas as suas evidências parciais, ou direcionadas, creio que tanto faz acreditar numa coisa, ou noutra, pois nada mudará aquilo que Deus irá fazer, de fato. Em verdade creio que a única coisa que poderá afetar a decisão de Deus, será a nossa postura religiosa à luz das Escrituras Sagradas, à pratica do verdadeiro cristianismo, e o quanto humildade possa ser as verdadeiras intenções de nosso coração. Verdadeiramente não me preocupo em estudar escatologia, apesar de gostar desse estudo, contudo me preocupa mais em estudar e colocar em prática, e viver uma vida cristã nos moldes do Messias Jesus e seus apóstolos escolhidos para conduzir os rebanhos.
Não obstante, a Bíblia às vezes se refere aos escolhidos como sendo apenas os sacerdotes, os pastores, os evangelistas, e outros escolhidos a ensinarem tudo que aprenderam de Jesus, E com relação aos demais cristãos, a Bíblia se refere como sendo os chamados, que são todos os que foram por Deus, a Igreja de modo geral. Também poderia entender que todos os chamados são também os escolhidos, claro, excluindo-se o joio que está no meio do trigo, que serão queimados antes da colheita, bem como todos os que foram incrédulos, que diziam Senhor! Senhor!, mas não fizeram a vontade de Deus, não sendo, portanto totalmente fiéis à Palavra de Deus e Seu Santo Evangelho do Reino Eterno de Deus. A Bíblia diz:
Mateus 22:4 Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos.
Romanos 8:28 E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto.
1 Coríntios 1:24 Mas, para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus.
Colossenses 3:25 E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.
Apocalipse 19:9 E disse-me: Escreve: Bem aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.
Quanto ao sofrimento, pelo fato de não estarmos preparados, o que posso dizer é, que se hoje a igreja já está apostatando da fé, se rendendo ao capitalismo mundial, ao reinado de Mamom, com pouca tribulação, quanto mais quando viver a grande tribulação, com todas suas ameaças de morte, que sobreviverá ou resistirá? Eu acredito que poucos dos escolhidos, quanto menos da Igreja de modo geral, suportarão esta tribulação. Por isso a Bíblia diz:
Mateus 24:22 E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas, por causa dos escolhidos, serão abreviados aqueles dias.
Mateus 24:24 porque surgirão falsos cristos e falsos profetas e farão tão grandes sinais e prodígios, que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
Sendo assim, creio que este assunto já discorreu todas as possibilidades de interpretação das escrituras, e que não conseguimos provar coisa alguma, mas que todas as explicações dadas são possíveis de serem realizadas, dependendo do ponto de vista em que viermos a nos fixar.
Sem mais, fique na Paz do Senhor Jesus.
Pr. Ev. Roberto Knudsen
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Convidad em Ter Set 15, 2009 8:58 pm

Xan escreveu:

Belo comentário Diego.

Interessante que está cheio de pessoas preocupadas se haverá uma terceira vinda ou chance de serem salvas, por que será heim?!?!?!

Irmão Xan, não zombe das pessoas, desdenhado-as, e nem crie palavras que não foram ditas por ninguém, a não ser por vossa própria senhoria, como disse: uma terceira vinda, assim nunca chegaremos a lugar algum.
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Xan Berg em Ter Set 15, 2009 9:34 pm

Pr. Roberto, shalom


Eu não direcionei estas palavras a vossa senhoria, e também não zombei de ninguém, apenas fiz um questionamento baseado em fatos reais por mim presenciado, ao "vivo e a cores".

Se porventura houver algum leitor que compactue deste mesmo pensamento (terceira vinda), gostaria que o mesmo compartilhasse seu ponto de vista para que juntamente venhamos analisar o tema exposto.


Espero ter me explicado



Abração


Xan


avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Diego Yo'ets em Ter Set 15, 2009 11:02 pm

Disse Pr Roberto: Sendo assim, creio que este assunto já discorreu todas as possibilidades de interpretação das escrituras, e que não conseguimos provar coisa alguma, mas que todas as explicações dadas são possíveis de serem realizadas, dependendo do ponto de vista em que viermos a nos fixar.
Sem mais, fique na Paz do Senhor Jesus.
Pr. Ev. Roberto Knudsen




Concordo plenamente com esse ponto e tambem quando vc diz que Deus será sábio o suficiente para resolver essa questão do jeito que ele achar melhor, porém tenho que firmar que a vontade de Deus é uma e somente uma. gostaria de apresentar ao amado Pastor uma interpretação diferente sobre os versiculos apresentados acima, claro nao quero forçar nada, apenas fornecer uma visão mais ampla do que julgo ser o entendimento correto.



a) A Igreja não está destinada a ira - " Logo muito mais, sendo agora justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira." - Romanos 5:9; "porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos entre vós, e como vos convertestes dos ídolos a Deus, para servirdes ao Deus vivo e verdadeiro, e esperardes dos céus a seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira vindoura.;" - I Tess 1:9,10; "porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo," I Tess 5:9.

b) Portanto, a Igreja não poderá entrar no "Grande Dia da Ira Deles" - "porque é vindo o grande dia da ira deles; e quem poderá subsistir?" Apocalipse 6:17.


Quando estudamos o conceito “ira”, observamos que a ira de Deus tem se manifestado durante toda a história humana diante do pecado e da desobediência do homem. Obviamente, os salvos e justificados já não estão debaixo dessa ira divina. Portanto, estamos livres da ira de Deus a partir do momento do novo nascimento, o que já aconteceu e continua acontecendo na vida de milhares de pessoas há centenas de anos. Esse livramento acontecerá também com a Igreja no fim dos tempos. Contudo, tal livramento não significa ausência física do mundo. Consequentemente, usar o texto supracitado como sustentáculo da teoria do arrebatamento anterior à tribulação com o objetivo de livrar a Igreja da ira divina, não nos parece o mais apropriado.

Note também a antítese que Paulo faz no versículo supracitado entre “ira” e “salvação”. Se seguirmos a tortuosa dedução pré-tribulacionista e associarmos o termo “salvação” a um arrebatamento com o objetivo de livrar a Igreja de uma perseguição física, estaríamos excluindo dessa “salvação” o próprio Paulo, pois o mesmo sofreu a morte física em meio a uma perseguição maligna e a uma tribulação impiedosa! O dano máximo que um verdadeiro cristão pode chegar a sofrer numa tribulação é a morte física, como aconteceu com o próprio apóstolo Paulo. A salvação independe totalmente dos danos físicos sofridos sob a perseguição de um sistema de governo maligno. Ao usar a antítese entre salvação e ira, Paulo estava referindo-se à condição espiritual diante de Deus dos seres humanos de acordo com as suas escolhas: salvação eterna ou castigo eterno.

Referente à “ira vindoura” descrita em I Tessalonicenses 1:10, entendemos essa ira como o clímax da ira divina no qual ocorrerá a destruição total dos exércitos do anticristo no Armagedom. Vejamos: “Seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro. Da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso” (Apocalipse 19:15). Nós seremos livres desse desfecho, pois, momentos antes, ocorrerá a ressurreição dos justos e a transformação dos vivos fiéis, que, como vimos anteriormente, serão eventos diretamente ligados à segunda vinda de Jesus em glória para derrotar os exércitos do anticristo, livrar a nação de Israel de uma destruição iminente e instaurar o Milênio.



c) A possibilidade do crente escapar da Tribulação é mencionada em Lucas 21:36: "Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que hão de acontecer, e estar em pé na presença do Filho do homem."



Pois é meu querido, entendamos do que o texto fala e do que podemos escapar, Vejamos o contexto:



E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia. Porque virá como um laço sobre todos os que habitam na face de toda a terra. Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem.

O que Jesus está alertando não é escapar da tribulação, mas escapar de sermos pegos de surpresa, ou seja, cometendo todos os tipos de pecados relacionados no texto e isso pode ocorrer por não estarmos atentos aos sinais, pois é disso que fala a parábola, do tempo exato em que as coisas vão acontecer. Jesus fala de conseguirmos amenizarmos a aflição durante a Tribulação, fugindo e nos escondendo (MT 24:15-21), mas não evitarmos de passar por ela, como sugere o irmão.





d) À Igreja de Filadélfia foi prometido livramento da "hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra" - Apoc 3:10 - E, dispensacionalmente falando, a Igreja de Filadélfia é a Igreja do Arrebatamento!



Corretissimo a respeito de ser Filadelfia a Igreja do arrebatamento, porém receber livramento não é o mesma coisa que ser que tirado da tribulação, o amado se lembra do Exôdo? Pois ali Deus derramou seu furor sobre a terra e nada sobreveio aos que com sangue marcaram suas portas, com noé a mesma coisa, foi preciso tirar noé da terra para derramar o diluvio? Claro que não bastou Noé estar em comunhão com Deus!

Muitos usam esse versículo (AP 3:10) para sustentar a tese do arrebatamento anterior à tribulação. Porém, note que o verbo utilizado no texto é guardar e não tirar. Fica subentendido que, aqueles que pertencem à igreja fiel (Filadélfia), serão protegidos pela mão do Senhor , que está no controle de tudo. O verbo guardar aqui está relacionado à idéia de livramento em meio à tribulação. Não significa que a Igreja será “tirada” da tribulação e sim que será “guardada” durante a tribulação. É bom salientar que “Igreja” não significa nenhuma denominação em particular, até porque muitas denominações e concílios entregarão sua soberania ao falso profeta e ao seu sistema ecumênico. A verdadeira Igreja é formada pelos servos fiéis ao Senhor, que não se dobrarão diante do sistema e que serão guardados pelo Senhor em meio à aflição . Como afirma o apóstolo Pedro, “...Mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes a se revelar no último tempo” (I Pedro 1:5).



f) As Escrituras ensinam claramente que a Igreja inteira, e não apenas uma parte dela, será arrebatada quando da vinda de Cristo para a Sua Igreja - Veja o que diz I Cor 15:51,52: "Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados." Veja ainda o que diz I Tess 4:17: "Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor."




Veja que interessante... Realmente querido toda igreja será arrebatada e não apenas uma fração dela. Mas dentro do prétribulacionismo nao cabe esse entendimento, me diga como Jesus arrebatará todos ao mesmo tempo, se pessoas ainda se converteram na tribulação sendo que a igreja já foi arrebatada?(reflita bem) Não há possibilidades segundo o pretribulacionismo de ser um unico evento para toda a igreja, será necessária duas ressureições (segundo o seu entendimento) uma no arrebatamento e outra após a tribulação, assim tambem como duas transformação corporea seguindo o mesmo modelo da ressurreição uma no arrebatamento e outra ao fim da tribulação (isso é pura lógica). Veja também que nesse texto Paulo achava que seria transformado, se Paulo pensava assim não fica claro que Paulo se considerava dentro do periodo tribulacional e que Jesus voltaria ainda em seu tempo? Fica mais que claro que Paulo nunca ensinou sobre a retirada da igreja antes o periodo tribulacional, em todos os textos biblicos o arrebatamento está vinculado com a 2ª vinda de Jesus que será única e vísivel (Ap 1:7)





h) O Espírito Santo, na qualidade de "Restringidor do Mal" será tirado do mundo antes de revelar-se o "iníquo" que dominará o mundo durante o período da Grande Tribulação - Veja o que diz II Tess 2:6-8:-

"E agora vós sabeis o que o detém para que a seu próprio tempo seja revelado. Pois o mistério da iniqüidade já opera; somente há um que agora o detém até que seja posto fora; e então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda;"




Onde fala do Espirito Santo aqui??? Se o Espirito Santo for tirado quem irá convencer o homem de seus pecados e faze-lo voltar a Deus durante a tribulação?

É visível na Bíblia a atuação do Espírito Santo mesmo em plena grande tribulação. Senão, como exerceriam o seu ministério as duas testemunhas descritas em Apocalipse 11:1-14? Elas profetizarão por mil duzentos e sessenta dias e serão mortas pelo anticristo (v.7), porém reviverão após três dias e meio de forma sobrenatural. O texto contido em Daniel 7:21, deixa transparecer que muitos santos serão martirizados na mesma ocasião da morte das duas testemunhas. Agora reflita um pouco: Para quem profetizariam essas testemunhas, se não existissem pessoas sedentas de ouvir seu testemunho? Como ouviriam e seriam convencidas se o Espírito Santo, que convence de todo pecado e testifica aos nossos corações, não estivesse agindo na Terra durante o ministério das duas testemunhas? Com que poder elas ressuscitariam, se não fosse o poder divino? É importante saber que, mesmo durante a grande tribulação, DEUS ESTARÁ NO CONTROLE DO UNIVERSO E DA TERRA. A revelação do Apocalipse deixa claro que um número considerável de pessoas não se dobrará diante do anticristo e se negará a receber a marca da besta, guardando sua fé até o fim (Apocalipse 7:9-17). Essas pessoas fazem parte do corpo de Cristo, ou seja, da Igreja. Isso sugere, mais uma vez, a atuação da Igreja em plena grande tribulação. No cenário apocalíptico, vemos uma Igreja que guarda os mandamentos de Deus e mantém o testemunho de Jesus, e vemos cristãos martirizados pelo governo do anticristo por seu testemunho (Apocalipse 12:17, 6:11, 20:4). Isso mostra a presença do Espírito Santo em meio à Igreja, mesmo após a revelação do anticristo, até porque o Espírito Santo foi enviado à Igreja e não ao mundo. Conseqüentemente isso descartaria uma possível "remoção" do Espírito Santo da Terra para que o anticristo possa se manifestar.


.. como dito no inicio Deus saberá resolver tudo. Graça a vc!
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2103

Idade Idade : 34

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Xan Berg em Sex Out 09, 2009 1:47 pm

Convidado


Vejamos o que está escrito em I Tessalonicenses 5: 1, 2 (ver contexto)



Mas, irmãos, acerca dos tempos e das épocas, não necessitais de que se vos escreva, pois vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite.

Quando andarem dizendo: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.

Este texto não se refere a um suposto rapto da igreja, como é ensinado, mas sim que o dia da vinda de Yeshua é comparada a um dia que não esperamos e ocorra algo "chocante", vamos assim dizer.


Este tempo em que se diz que haverá paz ocorrerá justamente na época em que a abominação da desolação estiver no seu governo durante os primeiros três anos e meio e a repentina destruição ocorrerá quando o lugar santo for por ele profanado, os últimos três anos e meio, dos sete anos ditos por Daniel, e Yeshua virá depois da aflição destes dias, cfme lemos em Mateus 24: 29-31.


avatar
Xan Berg
Administrador
Administrador

Mensagens Mensagens : 2636

Idade Idade : 40

Cidade Cidade : Israel

País País : Israel

Inscrição Inscrição : 18/12/2008

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://www.torahweb.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Jarbas em Sex Out 09, 2009 2:15 pm

Xan escreveu: Convidado


Vejamos o que está escrito em I Tessalonicenses 5: 1, 2 (ver contexto)



Mas, irmãos, acerca dos tempos e das épocas, não necessitais de que se vos escreva, pois vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite.

Quando andarem dizendo: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.

Este texto não se refere a um suposto rapto da igreja, como é ensinado, mas sim que o dia da vinda de Yeshua é comparada a um dia que não esperamos e ocorra algo "chocante", vamos assim dizer.


Este tempo em que se diz que haverá paz ocorrerá justamente na época em que a abominação da desolação estiver no seu governo durante os primeiros três anos e meio e a repentina destruição ocorrerá quando o lugar santo for por ele profanado, os últimos três anos e meio, dos sete anos ditos por Daniel, e Yeshua virá depois da aflição destes dias, cfme lemos em Mateus 24: 29-31.




Quando andarem dizendo: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.

Ihhh...Irmão Xan, no meu entendimento, essa passagem se refere ao princípio de tudo e não na metade da tribulação, isto é, isso acontecerá no ano que vem em 2010. Quando os judeus disserem isso: Há paz e segurança, fica esperto aí irmão.


Maranata.
avatar
Jarbas
Membro
Membro

Mensagens Mensagens : 46

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 01/01/2009

Religião Religião :
  • Evangélico


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Diego Yo'ets em Sex Out 09, 2009 2:35 pm

Jarbas escreveu:
Xan escreveu: Convidado


Vejamos o que está escrito em I Tessalonicenses 5: 1, 2 (ver contexto)



Mas, irmãos, acerca dos tempos e das épocas, não necessitais de que se vos escreva, pois vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite.

Quando andarem dizendo: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.

Este texto não se refere a um suposto rapto da igreja, como é ensinado, mas sim que o dia da vinda de Yeshua é comparada a um dia que não esperamos e ocorra algo "chocante", vamos assim dizer.


Este tempo em que se diz que haverá paz ocorrerá justamente na época em que a abominação da desolação estiver no seu governo durante os primeiros três anos e meio e a repentina destruição ocorrerá quando o lugar santo for por ele profanado, os últimos três anos e meio, dos sete anos ditos por Daniel, e Yeshua virá depois da aflição destes dias, cfme lemos em Mateus 24: 29-31.




Quando andarem dizendo: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.

Ihhh...Irmão Xan, no meu entendimento, essa passagem se refere ao princípio de tudo e não na metade da tribulação, isto é, isso acontecerá no ano que vem em 2010. Quando os judeus disserem isso: Há paz e segurança, fica esperto aí irmão.


Maranata.

Jarbas...

Atente-se para o seguinte , a grande tribulação é dividida em duas partes de 3.5 anos onde a primeira metade será tudo uma aparente paz, ou seja, o primeiro periodo será um regime de governo totalmente organizado e "justo", a pessoa do anticristo estabelecerá a "paz" e fará acordos com Israel , só que ao findar essa primeira metade o anticristo quebrará esse acordo , começando assim a segunda metade de 3.5 anos da tribulação, então após esse periodo entra o texto de I Tes 5: 1-2. Vc deve se lembrar que Jesus alertou duas coisas: Se possivel fosse até os escolhidos seriam enganados, decorrente da grande paz da primeira metade ou seja o grande sucesso da nova era (ordem mundial) muitas pessoas não exitaram de receber a marca desse sistema ai entra a aplicação de I Tes 5 dizendo que os servos de Yeshua não estão desprerados e saberão reconhecer tal periodo como maligno , porem as outras pessoas que padecem por falta de entendimento serão pegas de surpresa. Outra coisa que Jesus nos alertou é que decorrente a forte perseguição que se haverá no final de 3.5 anos da tribulação, o tempo será abreviado para que nem todos os justos padeçam. Entao amado isso é prova contundente que todos incluindo os justos passaram por ambos os periodos tribulacionais.. ... Maranata!
avatar
Diego Yo'ets
Moderador
Moderador

Mensagens Mensagens : 2103

Idade Idade : 34

Cidade Cidade : Fortaleza-Ce

País País : Brasil

Inscrição Inscrição : 13/08/2009

Religião Religião :
  • Judeu messiânico


http://adonayechad.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os fiéis passarão pela Grande Tribulação?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 20 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11 ... 20  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum